Covid-19 Sorocaba e Região

BOS prevê retomar ritmo pré-pandemia de transplantes em até 2 meses

Hospital registrou alta nas doações de córneas em outubro após retomada dos procedimentos
BOS reinicia captação de córneas e transplantes
Cirurgias ficaram suspensas durante seis meses por conta da pandemia do coronavírus, para evitar a contaminação de equipes e receptores. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (24/9/2020)

O Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) anunciou nessa quarta-feira (28) que espera retomar o volume normal de transplantes de córneas em até dois meses. Após ter os procedimentos suspensos e estoques zerados por conta da pandemia de Covid-19, o hospital registrou uma alta no número de doações de órgãos em outubro. Atualmente, 760 pacientes aguardam na fila por transplantes na região atendida pelo BOS, considerado referência no país.

Na semana passada, o hospital registrou o maior número de doações de córneas do ano, considerando inclusive o período anterior a pandemia do novo coronavírus. A nova marca foi alcançada na terça-feira (20), com a captação de 48 córneas em um único dia. O número só não supera o recorde histórico de 2011, quando o hospital chegou a captar 56 córneas em um mesmo dia. Segundo o BOS, a data em 2020 é marcante principalmente porque se estima uma redução de 30% nas captações diárias devido as novas medidas e procedimentos de segurança por conta do vírus SARS-CoV-2.

Leia mais  UTIs da UPH Zona Leste já estão em operação

Durante a pandemia, o número de captações caiu quase 98% em Sorocaba, chegando a apenas 20 no mês. Pela primeira vez na história os estoques da instituição chegaram a ficar zerados por conta das mudanças nos protocolos determinadas por órgãos de saúde. Os transplantes também foram suspensos. Os procedimentos foram retomados em setembro, depois de seis meses de restrições.

Estoque de órgãos usados em transplantes no BOS chegou a ficar zerado. Crédito da Foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (24/09/2020)

A queda nos estoques foi o que levou a família da consultora financeira Fátima Rodrigues, de 34 anos, a autorizar a doação das córneas do pai, que tinha 70 anos e faleceu em decorrência de um câncer no último dia 17. “Ficamos agradecidos em saber que as córneas do meu pai devolveram a visão para duas pessoas. Na nossa família já decidimos que somos todos doadores”, conta. Durante a abordagem, a equipe do BOS explicou que, se caso as córneas não estivessem em condições ideais para doações, poderiam ser usadas em pesquisas.

Banco de Olhos de Sorocaba completa 39 anos de atividades
Edil Vidal de Souza é o superintendente do BOS. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (16/3/2016)

Alta supera expectativas

De acordo com o superintendente do grupo BOS, Edil Vidal, a alta superou as expectativas da direção do hospital.

Leia mais  Covid-19: vacinação em Sorocaba começa nesta quarta-feira (20)

“A população atendeu o nosso apelo e, com as doações nesse volume, calculamos voltar bem antes do previsto ao ritmo normal de atividades. Antes, a expectativa era levar mais de um ano para voltar a apenas 50% da capacidade de transplantes”, explica. Para ele, o trabalho da imprensa ao divulgar a situação dos estoques foi fundamental para a retomada no número de doações.

Segundo as informações do boletim divulgado pelo hospital, em todo o Estado, há cerca de 3,5 mil pacientes cadastrados na fila de espera por córneas. 760 deles estão na região atendida pelo BOS.  Atualmente, o hospital é responsável por mais de 90% de todas as captações que estão acontecendo em São Paulo durante a pandemia.

Campanha busca conscientização

O número de doações, entretanto, ainda depende da consciência das famílias sobre a importância de devolver a visão a quem precisa. Isso porque os órgãos só podem ser captados com a autorização dos familiares após o falecimento do doador.

Para isso, o BOS está lançando a campanha “Devolva as cores para a vida de alguém”. Com o slogan “Doe seus olhos. Dê cor à vida”, a ação é um convite para a sociedade enxergar nitidamente esse problema. As mensagens demonstram o quanto o gesto de doação é necessário, com alusão às cores da primavera e à renovação da vida.

Leia mais  Inscrições para transferência de escola começam nesta terça em Sorocaba

O interessado em demonstrar o seu desejo em vida pode fazer o Cartão de Doador, pelo site: www.bos.org.br ou pelo telefone: 0800 770 3311. O cartão não estabelece a obrigação de doar, mas tem a função de informar sobre essa vontade e conscientizar os familiares acerca do assunto. (Jomar Bellini)

Comentários