Esporte São Bento

São Bento acerta contratação do técnico Edson Vieira

Treinador volta ao time de Sorocaba sete anos após comandar a conquista do Paulista da Série A3
Edson Vieira comandou o São Bento na conquista do título do Paulista da Série A3 em 2013. Crédito da foto: Emídio Marques (21/08/2013)

*Atualizada às 12h20

Edson Vieira é o novo técnico do São Bento. A contratação foi confirmada pelo clube no final da manhã desta quarta-feira (26). Horas antes, o União Barbarense já havia divulgado a saída do treinador após ele aceitar a proposta do Azulão.

O nome de Edson Vieira vinha sendo ventilado desde a noite desta terça-feira (24). No mesmo dia, no início da tarde, a diretoria havia anunciado a saída em comum acordo de Léo Condé, que deixou o clube após a derrota por 3 a 1 para o São Caetano, em casa.

Vieira, de 54 anos, é um velho conhecido do torcedor beneditino, já que comandou o São Bento na conquista do título do Paulista da Série A3 em 2013. Na época, comandou o time em 45 partidas (23 vitórias, 15 empates e 7 derrotas), tendo um aproveitamento de mais de 60%.

Ele também atuou como auxiliar e treinador em diversas equipes brasileiras, mexicanas e europeias. Em São Paulo, ele passou pelo Atlético Sorocaba, Comercial, XV de Piracicaba, União São João de Araras, São Caetano, Sertãozinho, Taubaté, Matonense, Rio Branco e São Carlos, entre outros. 

Zona de rebaixamento

Condé deixou o cargo com seis pontos conquistados em oito rodadas do Campeonato Paulista da Série A2 — aproveitamento de 25% — e tendo somado apenas uma vitória, contra a Portuguesa, na segunda rodada. Foram mais três empates e quatro derrotas – um desempenho muito ruim para um time que foi montado com a premissa de retornar à elite do futebol paulista.

O São Bento tem a segunda pior campanha da Série A2, estando na vice-lanterna e na zona do rebaixamento para a Série A3. A equipe está a cinco pontos de entrar no G8 — grupo que classifica os times para a fase de mata-mata.

O próximo jogo será no sábado, às 15h, contra o Rio Claro, fora de casa.

Comentários