Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

São Bento dá vexame e perde do São Caetano no CIC por 3 a 1

24 de Fevereiro de 2020

Com três gols no primeiro tempo, São Bento foi atropelado pelo São Caetano em pleno CIC: 3 a 0. Crédito da Foto: Fábio Rogério (24/2/2020)

“Vexame” define bem o que viveu o São Bento na noite da segunda-feira de Carnaval. Com uma atuação vergonhosa no primeiro tempo, , no qual sofreu três gols, o Azulão perdeu do São Caetano por 3 a 1 em pleno Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC). Com isso, jogou fora toda a boa expectativa de iniciar uma recuperação no Campeonato Paulista da Série A2 após uma semana inteira de treinos e poucos desfalques por lesões.

[irp posts="220565" ]

 

O resultado mantém o São Bento na vice-lanterna e na zona de rebaixamento à Série A3, com seis pontos em oito jogos e a cinco de entrar na zona de classificação. São seis rodadas sem vencer. O próximo jogo será no sábado, às 15h, contra o Rio Claro, fora de casa. No mesmo dia e horário, o São Caetano, que subiu para a sexta posição, recebe a Portuguesa no ABC.

O primeiro lance do jogo já antecipou o roteiro de terror: falta cobrada por Alex Reinaldo que exigiu boa defesa de Lucas Macanhan. Aos 7 minutos, Jean Dias limpou dois marcadores, cortou para o meio e Bruno Moraes chutou. A bola desviou em Evandro e entrou no canto esquerdo do gol beneditino: São Caetano 1 a 0.

Aos 10’, Erick Luiz exigiu defesa de Luiz Daniel ao desviar cobrança de escanteio. Mas o São Bento continuou batendo cabeça e sofreu o segundo gol em falha do zagueiro Douglas Assis, aos 24’. Em uma bola fácil, o defensor errou o cabeceio, Jean Dias agradeceu e obrigou Lucas Macanhan a sair de soco da sua área. Bruno Moraes recebeu, dominou e chutou para o gol vazio, ampliando o placar.

O show de horrores prosseguiu aos 37’. Marcos Martins errou o passe, Alex Reinaldo invadiu a área pela direita e chutou. A bola desviou na zaga, passando entre o goleiro do São Bento e o poste, e colocando 3 a 0 no placar em pleno primeiro tempo. Na única chance de diminuir antes do intervalo, Marcos Martins cruzou para o meio da área, mas Diego Tavares não conseguiu o desvio e a bola se perdeu pela linha de fundo.

A saída dos jogadores do São Bento para o vestiário foi tensa. “A gente toma uns gols que são inexplicáveis”, reconheceu Evandro, à rádio Cruzeiro FM 92,3. Perguntado sobre o que tinha acontecido ao time no primeiro tempo, o zagueiro Flávio Boaventura -- o mesmo que trocou ofensas com a torcida beneditina no CIC no último jogo em casa -- preferiu ser ríspido ao responder o repórter Caio Rossini: “Você não viu o jogo?”

Segundo tempo

Léo Condé trocou Thiago Primão por Wellington Bruno e Marcos Martins por Ruan no segundo tempo para tentar reverter o desastre. O São Bento até fez um gol, aos 3 minutos, mas Erick Luiz estava impedido e o tento foi anulado.

A noite foi tão infeliz que nem a sorte ajudou o São Bento. Aos 24’, Erick Luiz recebeu de frente para Luiz Daniel e bateu de primeira. O rebote do goleiro do ABC ainda voltou para o camisa 16 beneditino, que cabeceou na trave e perdeu o gol. O São Caetano também teve um gol anulado por impedimento, de Emerson Santos, aos 34’.

No último lance do jogo, Erick Luiz chutou cruzado, o goleiro Luiz Daniel rebateu e Ruan diminuiu o placar. Mas não diminuiu a vergonha do torcedor e do próprio elenco. “Isso (a atuação) é medo de jogar. A gente tem que passar por cima disso”, resumiu Wellington Bruno. (Eric Mantuan)

Ficha técnica

São Bento 1 x 3 São Caetano

São Bento - Lucas Macanhan; Marcos Martins (Ruan), Flávio Boaventura, Douglas Assis e Allan Vieira (Luis Henrique); Fábio Bahia, Evandro e Thiago Primão (Wellington Bruno); Diego Tavares, Jheimy e Erick Luiz. Técnico: Léo Condé

São Caetano - Luiz Daniel; Alex Reinaldo, Índio, Matheus Salustiano e Acácio (Di Maria, depois Gustavo); Emerson Santos, Jean Dias, Cuadrado (Esley) e Anderson Rosa; Bruno Moraes e Ronaldo. Técnico: Alexandre Gallo

Gols - Bruno Moraes, aos 7 e aos 24, e Alex Reinaldo, aos 37 minutos do primeiro tempo; Erick Luiz, aos 48 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Allan Vieira e Douglas Assis (São Bento), Matheus Salustiano (São Caetano)

Árbitro - Lucas Canetto Bellote (SP)

Local - Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), em Sorocaba