Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Ponte Preta confirma quatro casos de coronavírus no elenco

04 de Março de 2021

Camilo foi um dos jogadores que testou positivo para Covid-19 nesta quinta (4). Crédito da foto: Álvaro Jr./PontePress.

A Ponte Preta confirmou, na manhã desta quinta-feira (4), dia de jogo contra o Santo André, que quatro jogadores testaram positivo para coronavírus. São eles o volante Barreto, o meia Camilo, o zagueiro Rayan e o goleiro Pedrão. Todos estão isolados e sob cuidados do Departamento Médico.

Barreto já estava afastado anteriormente pois apresentou sintomas gripais na manhã da partida contra o Novorizontino, no sábado (27). Os goleiros Ygor Vinhas e Guilherme testaram negativo, mas como apresentaram sintomas muito específicos da Covid-19, como perda de olfato e paladar, seguem isolados e são tratados como "falsos negativos". A previsão é de que eles sejam liberados para voltar a treinar nesta sexta (5). Os demais atletas receberam resultados negativos para os exames.

A Ponte Preta informa que todos os infectados estão clinicamente bem e segue acompanhando e dando suporte médico a todos os casos, com a execução rigorosa dos protocolos sanitários. A Macaca ainda revelou que em alguns casos, como de Camilo e Rayan, o resultado inicial havia sido inconclusivo, e o exame foi refeito.

A equipe, que faz parte do grupo B, mesmo do São Bento, entra em campo neste quinta-feira, às 19h, para enfrentar o Santo André, no Moisés Lucarelli, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. No domingo, viaja para pegar o Corinthians, que também confirmou recentemente casos de contaminados no elenco. 

Paulista não vai parar

O Estado de São Paulo regredirá à fase vermelha do plano de contenção do coronavírus a partir do próximo sábado (6) até o dia 19 de março, conforme informado nesta quarta-feira (3) pelo governador João Dória (PSDB), em entrevista coletiva. Mesmo assim, o futebol paulista não irá parar.

A fase vermelha é a mais restritiva possível, com abertura apenas de estabelecimentos considerados essenciais, casos dos supermercados, hospitais e farmácias. Porém, em contato com a reportagem, a Federação Paulista de Futebol, responsável pela organização do Campeonato Paulista, informou que não o futebol não está incluído no anúncio.

“As competições organizadas pela FPF estão mantidas, seguindo o rigoroso protocolo de saúde aprovado pelo Centro de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo. A informação foi confirmada hoje durante entrevista coletiva concedida pelo Governo do Estado”, diz o comunicado enviado. (Da Redação)