Esporte

Paulo Roberto Santos é demitido no mesmo dia que o técnico do São Bento

Apesar da coincidência, não foi divulgada nenhuma informação que indique que ele voltará a comandar o time de Sorocaba
Paulo Roberto estava à frente do Brasil de Pelotas desde novembro. Foto: Carlos Insaurriaga / GE Brasil

*Atualização às 13h: São Bento anuncia a contratação do técnico Silas

O técnico Paulo Roberto Santos, 60 anos, foi demitido pelo Brasil de Pelotas – RS neste domingo (10), no mesmo dia em que Marquinhos Santos deixou o comando do Esporte Clube São Bento. O ex-Bentão, que conduziu o time de Sorocaba até junho do ano passado, teve o anúncio de sua saída comunicada à noite, pela página oficial do time gaúcho no Facebook. Apesar da coincidência, não foi divulgada nenhuma informação que indique que Paulo Roberto voltará a comandar o Azulão.

Paulo Roberto deixou o Brasil de Pelotas após uma derrota por 3 a 1 pelo Aimoré, na tarde de ontem, em jogo válido pelo Campeonato Gaúcho. O Xavante, como é conhecido, ocupa a lanterna da competição. Neste ano, em seis jogos, a campanha do técnico à frente do time resultou em três empates e três derrotas. Ele estava no comando do Brasil desde novembro de 2018. A equipe gaúcha publicou que “agradece o treinador pelos serviços prestados”. Ainda não foi anunciado um novo nome para o cargo.

À frente do São Bento, Paulo Roberto se tornou o técnico mais longevo do Brasil. Foto: Erick Pinheiro (23/11/2017)

À frente do São Bento, Paulo Roberto se tornou o técnico mais longevo do Brasil. Ele chegou ao clube em novembro de 2013 – ano em que o time tinha subido da Série A3 para a A2 com o técnico Édson Vieira, indicado pelo próprio Paulo Roberto. De lá para cá, ele deixou o clube duas vezes, em 2014 e 2015, quando não havia calendário no segundo semestre para o Bentão, e assumiu São Caetano e Guarani, respectivamente. O retorno definitivo foi em outubro de 2015. Desde então, foram 34 meses na equipe, com 127 partidas à frente do comando técnico (51 vitórias, 49 empates e 27 derrotas).

São Bento: nome indefinido

O São Bento também ainda não bateu o martelo sobre quem ocupará o cargo vago após a demissão de Marquinhos Santos, que foi anunciada na manhã de ontem. A assessoria de imprensa do clube só informou, por enquanto, que “comunicará a imprensa assim que tiver novidades”.

Marquinhos Santos deixou o clube após ter comandado a equipe na Série B do Brasileiro e no Campeonato Paulista. Na sexta-feira (08), o treinador alcançou a marca de 30 partidas à frente do São Bento, com 8 vitórias, 9 empates e 13 derrotas.

Marquinhos deixou o São Bento após 30 partidas no comando do time. Foto: Erick Pinheiro (06/02/2019)

O presidente do clube, Márcio Rogério Dias, já havia indicado que faria mudanças. No Paulistão 2019, o São Bento estreou com um empate diante do Botafogo pelo placar de 1 a 1. Depois, o time perdeu para o Santos (4 x 0) e para o Ituano (2 x 0), empatou com o São Caetano (1 x 1), foi derrotado pelo São Paulo (1 x 0) e ficou no 0 x 0 com a Ferroviária.

A diretoria do Azulão divulgou ainda que “agradece Marquinhos Santos e Edison Borges pelo trabalho desenvolvido junto ao elenco e deseja sorte na continuidade da carreira”.

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO