Sorocaba e Região

Sucessora de Costa na presidência do GPACI fala sobre próximos passos

Costa faleceu neste sábado (27), aos 77 anos, vítima do coronavírus
Hospital é referência em pesquisa e assistência a crianças com câncer. Crédito da foto: Divulgação.

Maria Lúcia Neiva de Lima deve ser a substituta de Carlos Camargo Costa na presidência do Conselho Administrativo do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil). Costa faleceu neste sábado (27) em decorrência do coronavírus aos 77 anos.

“Hoje está sendo um dia de muita dor. Logicamente deveremos fazer uma reunião do Conselho, mas, embora o Carlos venha a fazer muita falta, o objetivo de todos é que o GPACI continue a ser o hospital de referência que se tornou”, afirmou Maria Lúcia, que atualmente é a vice-presidente e já esteve no cargo acima deste por 18 anos.

Ela ainda falou da surpresa com a morte do colega. “Embora o Carlos viesse há algum tempo tendo alguns problemas de saúde e tivesse, durante todo esse ano, trabalhado à distância, não imaginávamos que nada de tão grave pudesse acontecer”, lamentou.

Leia mais  Três pessoas ficam feridas em acidente entre motos na avenida Ipanema

Agora, Maria Lúcia deve seguir o mesmo caminho percorrido por Carlos Camargo Costa na presidência do GPACI. “Os passos serão os mesmos, contando sempre com o apoio da população de Sorocaba e da região e de vocês da imprensa, que tanto nos ajudam na divulgação dos nossos trabalhos e das nossas necessidades”, finalizou.

Clique aqui e saiba mais sobre a vida de Carlos Camargo Costa

Antes, esse posicionamento já havia sido dado pelo Dr. Lázaro Paulo Escanhoela, Presidente do Conselho Deliberativo do hospital.

“Pessoa excepcional, que, nos últimos anos, se dedicou à causa do GPACI de corpo e alma. Foi-se o corpo, mas sua alma continuará acompanhando toda a comunidade. O GPACI e seus integrantes continuarão firmes em sua trajetória, agora iluminados pelo inesquecível Carlinhos”.

Carlos Camargo Costa deixou a esposa Maria Helena. (Da Redação)

Comentários