Sorocaba e Região

Sem romaria de Aparecidinha, igreja se adapta para manter celebração

Por conta da pandemia, Arquidiocese decidiu adiar a mais antiga peregrinação religiosa de Sorocaba
Sem romaria, Arcebispo Dom Julio Endi Akamine levou imagem de Nossa Senhora Aparecida até a Catedral de carro. Crédito da Foto: Cortesia / Padre Tadeu Rocha Moraes

Mesmo sem a romaria em Sorocaba, a igreja católica se adaptou para manter a celebração à Nossa Senhora Aparecida no primeiro dia do ano. Por conta da pandemia de Covid-19, a Arquidiocese de Sorocaba decidiu adiar, pela segunda vez, a mais antiga peregrinação religiosa da cidade.

Tradicionalmente em 1º de janeiro, a imagem da santa padroeira do Brasil é levada do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Conceição Aparecida, no bairro de Aparecidinha, até a Catedral Metropolitana de Sorocaba, na praça Coronel Fernando Prestes. Todos os anos, o caminho é acompanhado por milhares de fiéis que, em um ato de fé, agradecem pelas graças alcançadas e renovam seus pedidos.

Em 2021, o cenário foi diferente. Para manter a tradição na cidade, a imagem da santa foi levada de carro do Santuário até a Catedral pelo arcebispo de Sorocaba, Dom Júlio Endi Akamine. Todo o trajeto foi feito sem o acompanhamento de fiéis na romaria ou qualquer tipo de carreata. “Decidimos não fazer a romaria para evitar a transmissão da Covid-19, mas decidimos trazer a imagem para manter a tradição”, explica Dom Júlio.

Leia mais  Família procura por homem que desapareceu em Sorocaba

Segundo pesquisadores, a tradicional romaria remonta ao final do século retrasado, em 1899, como voto religioso realizado durante um surto de febre amarela que matou centenas de pessoas na cidade. O então pároco monsenhor João Soares estipulou a realização anual das romarias, duas vezes por ano: após 1º de janeiro, a imagem retorna da Catedral Metropolitana para a capela de sua origem no segundo domingo de julho. Em 1918, a cidade foi atingida por outra epidemia, de gripe espanhola que, segundo publicação do Cruzeiro do Sul naquele período, causou mais de 300 mortes na cidade.

Arcebispo Dom Julio Endi Akamine faz oração na catedral de Sorocaba após a chegada da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Crédito da Foto: Cortesia / Padre Tadeu Rocha Moraes

Em 2021, com a pandemia de coronavírus, manter a tradição religiosa ganha um sentido ainda mais importante para a igreja católica na cidade. “A romaria surgiu por conta de uma epidemia e foi a forma como os católicos colaboraram na época, junto com a medicina. Esse ano não pudemos fazer a romaria, porque distantes evitamos a proliferação e combatemos o vírus de forma responsável. A Covid-19 também se combate com a fé, confiando na proteção de Nossa Senhora”, diz o arcebispo.

Leia mais  Um dia na História

A imagem permanece na Catedral até o segundo domingo de julho, quando retorna para o Santuário em Aparecidinha. A realização da romaria nessa data ainda está indefinida. “Não podemos atropelar as coisas. Vai depender de uma vacina segura para toda a população, meio mais eficaz para poder superar essa emergência da pandemia”, explica.

Celebrações em 1º de janeiro

A missa no Santuário foi realizada às 7h e transmitida ao vivo por rádio e pelas redes sociais. A entrada de fiéis para acompanhar a celebração presencialmente foi limitada a 227 pessoas, de forma a garantir o distanciamento social dentro da igreja.

Missa no Santuário de Aparecidinha foi realizada durante a manhã, com limite de fiéis. Crédito da Foto: Divulgação / Pascom

A imagem da santa chegou na Catedral pouco antes das 9h, quando foi colocada no altar. Em seguida, Dom Julio fez a primeira oração no local. A previsão é de que sejam realizados terços às 10h e às 11h. A missa, também celebrada pelo arcebispo, será feita às 12h, com limite de 170 pessoas dentro da igreja.

Segundo o pároco Tadeu Rocha Moraes, a cerimônia poderá ser acompanhada por fiéis, porém, seguindo os protocolos de segurança contra o novo coronavírus. Todos devem usar máscaras, higienizar as mãos com álcool gel e respeitar o distanciamento social. A missa também será transmitida pela internet e pela TV COM. (Jomar Bellini)

Comentários