Sorocaba e Região

Jaqueline exonera assessora de Brasília e mais 13 comissionados de Crespo

Todos ocupavam cargos de confiança no governo do prefeito cassado José Crespo (DEM)
Mudanças atingem principalmente o sexto andar do Paço Municipal. Crédito da foto: Erick Pinheiro/Jornal Cruzeiro do Sul

A prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PTB), exonerou nesta segunda-feira (5) a assessora externa da Prefeitura em Brasília, Jane Cláudia Santin Martins, e outras 13 pessoas que ocupavam cargos de confiança no governo do prefeito cassado José Crespo (DEM). As portarias foram publicadas no Jornal Município de Sorocaba.

Câmara estuda ouvir a assessora da Prefeitura alocada em Brasília
O então prefeito José Crespo e a assessora externa Jane Claudia Santin Martins. Crédito da Foto: Divulgação/Secom Sorocaba

A maioria dos nomes exonerados tinha funções no sexto andar do Paço e era diretamente ligada ao então prefeito, como Carlos Henrique de Mendonça, que deixa o cargo de Chefe de Gabinete do Poder Executivo. Ele acompanhava Crespo desde quando ele era parlamentar e também ficou conhecido no episódio em que distribuiu coxinhas para servidores em frente à casa do democrata, durante uma manifestação em 2017. O cargo passa a ser ocupado por Alexandre Lombardi, que já estava assessorando Jaqueline Coutinho.

Leia mais  Por 16 votos a 4, Câmara cassa o mandato do prefeito José Crespo

 

Ainda do sexto andar, Jéssica Pedrosa foi exonerada da Assessoria de Assuntos Internacionais da Chefia do Poder Executivo. Os diretores de área Raphael Pironi de Souza, Follguy Sanches Garcia, Sandra Teixeira da Fonseca e Carolina Gonçalves Magoga perderam seus cargos, e Fernando Marques pediu demissão.

A lista de exonerações ainda conta com Alexandre Hugo de Moraes e Maria Cassiane de Souza, que já foram secretários municipais. Marina Elaine Pereira, ex-titular da Saúde, deixou a Ouvidoria-Geral do Município. Os diretores de área Rosângela Arcuri, Aliane Francisco Mendes e Liliana Jesus não integram mais o governo, e Silvio Saraiva de Souza foi exonerado a pedido.

Durante a tarde, antes da publicação do Jornal do Município, a prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) foi questionada pelo Cruzeiro do Sul sobre as exonerações. “Nós precisamos, não só com relação aos secretários, mas daqueles que trabalham com a gente (…) que trabalhar com aquelas pessoas que têm o mesmo perfil que você tem, uma similaridade, um entendimento que partilham da mesma postura sua de administração”, afirmou.

Conforme Jaqueline, a confiança foi um dos motivos para a mudança. “Não que os servidores [exonerados] não sejam bons. Muito pelo contrário. Mas eu preciso de pessoas da minha confiança”, alegou. Além disso, a chefe do Executivo ainda afirmou que pretende reduzir o número de pessoas no sexto andar: até então, eram doze pessoas.

Secretariado

As portarias também oficializam as mudanças de secretariado anunciadas na sexta-feira (2): Ana Lúcia Sabbadin foi substituída por Roberta Gislaine Aparecida da Penha Severino Guimarães Pereira na Secretaria dos Assuntos Jurídicos e Patrimoniais (SAJ) e Rosângela Arcuri Pacheco deixou a Secretaria de Licitações e Contratos (Selc), onde entra Marlene Manoel da Silva Leite. (Da Redação, com informações de Marcel Scinocca)

Comentários