Eleições 2020 Sorocaba e Região

Eleições: Veja como foi a votação durante a tarde em Sorocaba

485.962 pessoas na cidade de Sorocaba vão escolher seu prefeito ou prefeita para os próximos quatro anos

O segundo turno das eleições municipais em Sorocaba ocorre hoje (29). Os sorocabanos vão escolher o (a) novo (a) prefeito (a) da cidade. Os candidatos Jaqueline Coutinho (PSL) e Rodrigo Manga (Republicanos) disputam o posto. Os sorocabanos deverão saber o nome do (a) eleito (a) em até 2h30 após o término das eleições. A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que o resultado seja divulgado até às 19h30.

Sorocaba é o maior colégio eleitoral da região (RMS), com 485.962 eleitores, e única onde está sendo realizado o segundo turno para prefeito.

Leia mais:

16h57 – Maria de Jesus Lisboa foi uma das últimas eleitoras a comparecer a Escola Municipal Dr. Getúlio Vargas. Segundo ela, veio neste horário porque trabalha com marmitex, o que dificulta comparecer ao local mais cedo. (Colaboração Carol Fernandes/Uniso)

16h53 – Restando dez minutos para o encerramento da votação, últimos eleitores chegam à Escola Municipal Dr Getúlio Vargas, no centro de Sorocaba (Colaboração Carol Fernandes/Uniso)

16h41 – O movimento na Escola Estadual Flávio Gagliardi, no Jardim Saira, foi tranquilo o dia todo. A unidade está vinculada à Zona Eleitoral 342 e possui oito seções de votação, onde não foi registrada qualquer intercorrência. O mesário Isaias Vieira da Silva, que é analista de planejamento e tem 32 anos, viu pessoas de diferentes faixas etárias comparecendo para registrar o voto, sem maior destaque entre jovens, adultos e idosos. (Colaboração Giovanna Abbate/Uniso)

Leia mais  Após incêndio, Prefeitura interdita apartamentos no Carandá
ETEC Rubens de Faria e Souza. Crédito da foto: Colaboração Cézar Ribeiro/Uniso (29/11/2020)

16h26 – Na ETEC Rubens de Faria e Souza, localizada no Jardim Vergueiro, a movimentação foi pequena durante o dia e permanece assim restando menos de uma hora para o fechamento das urnas. Segundo os mesários que atuam na unidade, o fluxo de eleitores vem sendo considerado bem menor do que aquele registrado no primeiro turno. (Colaboração Cézar Ribeiro/Uniso)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

13h28 – O fluxo de pessoas para votar na Escola Estadual Brigadeiro Tobias permaneceu dentro da normalidade na parte da manhã. O diretor da escola, Sérgio Armênio, conta que a escola recebeu marcações no chão e que há funcionários com álcool em gel para atender aos eleitores. “Foi montado um esquema seguindo o protocolo da prevenção da Covid-19. O número de pessoas que compareceu para votar está surpreendendo, entretanto, não há filas e está seguindo num fluxo muito tranquilo. Eu recomendo que quem ainda não votou traga a sua caneta para a hora do voto, além das outras recomendações como o uso de máscaras. Se o eleitor tiver algum sintomas (de Covid), não saia de casa”, aconselha Armênio. (Colaboração Vinícius Lara/Uniso)

Leia mais  Justiça mantém transporte gratuito para idosos a partir de 60 anos em SP

13h08 – A prefeita e candidata Jaqueline Coutinho (PSL) acompanhou seu vice Roberto Freitas enquanto o mesmo votava na Escola Estadual Zélia Dulce de Campos Maia, no Parque São Bento. A prefeita, que busca a reeleição, disse que espera que o povo sorocabano vote com consciência e que analise a história de cada um dos candidatos para com a sociedade. “Estamos com a expectativa de que a população faça seu papel nas urnas com muita sabedoria”, acrescentou Jaqueline. (Colaboração Ana Carolina Fragoso/Uniso)

Crédito da foto: Colaboração Vinícius Lara/Uniso (29/11/2020)

12h59 – No CEI 13 Aluísio de Almeida, em Brigadeiro Tobias, houve muita tranquilidade na hora do voto. A maior dificuldade foi a falta de acessibilidade da escola. “Não é muito acessível. As portas da escola têm degraus, o lugar para chegar não é de fácil acesso por causa das calçadas e dos carros. A eleição foi bem tranquila sem filas e sem aglomeração, mas a acessibilidade deixa bem a desejar”. Comenta a dona de casa Graziele Cruz de Silva, 39 anos, que esteve acompanhando seu marido e funcionário público Fernando de Silva, 38 anos. Por conta de uma paraplegia, ele se locomove por cadeira de rodas. Sobre a importância de enfrentar as dificuldades para ir votar, Graziele comenta: “A gente tem que acreditar na melhoria da acessibilidade, da oportunidade e da igualdade”. (Colaboração Vinícius Lara/Uniso)

Leia mais  Santa Casa espera receber R$ 2 milhões para oncologia

 

 

 

 

 

12h48 – “A gente tem esse carinho, essa paixão pelo esporte da cidade. A gente acredita que com toda a nossa dedicação vamos melhorar muito e vamos ser muito competitivos. A cidade de Sorocaba precisa disso. Ela vive intensamente o esporte, só falta o apoio. Pode ter certeza que no governo de Rodrigo Manga isso vai acontecer”, diz Fernando Martins da Costa Neto, vice de Manga, que atuou como dirigente do Esporte Clube São Bento. (Colaboração Giovanna Abbate/Uniso)

 

Comentários