Eleições 2020 Sorocaba e Região

Manhã de 2º turno é tranquila em Sorocaba

Os candidatos Jaqueline Coutinho (PSL) e Rodrigo Manga (Republicanos) já votaram

A manhã do segundo turno das eleições municipais em Sorocaba foi tranquila. Os candidatos Jaqueline Coutinho (PSL) e Rodrigo Manga (Republicanos), que disputam o posto, já votaram e agora aguardam o resultado que, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deverá ser divulgado até às 19h30.

A candidata a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) chegou por volta das 9h15 para registrar o voto na Escola Estadual Ezequiel Machado Nascimento, no Jardim Santa Rosália. Ela chegou acompanhada de seu vice, Roberto Freitas (PSB). Após votar, durante a entrevista coletiva em frente à escola Jaqueline afirmou estar confiante e ter feito uma campanha “honesta, de muito trabalho”. A candidata do PSL disse também esperar que a abstenção dos eleitores seja menor nesse segundo turno. Ela almoçaria com os pais e seguir, mais tarde, para o comitê, de onde acompanhará a apuração. Ainda sobre o pleito, Jaqueline diz esperar mais eleitores nas urnas neste segundo turno.

Rodrigo Manga (Republicanos) votou pouco antes do almoço. O candidato chegou no Colégio Objetivo às 11h20 acompanhado de apoiadores e familiares. Ele cumprimentou eleitores e outras pessoas que estavam na frente da escola. À imprensa o candidato falou sobre a expectativa para o resultado das votações. “Esse sentimento de esperança aumentou. Muitas pessoas que votaram em outro candidato que não ganhou votaram pela mudança. Sentimos um aumento dessas pessoas com a esperança de querer que Sorocaba volte a crescer novamente”, afirmou o candidato.

Sorocaba é o maior colégio eleitoral da região (RMS), com 485.962 eleitores, e única onde está sendo realizado o segundo turno para prefeito

12h21 – Até o momento, oito urnas precisaram ser substituídas em Sorocaba. Na 137ª zona, foram trocados dois equipamentos no Colégio Uirapuru, no Jardim Emília. Já na 342ª zona, as substituições foram na Escola Estadual Senador Vergueiro, no Centro, e no Centro de Educação Infantil Victoria Salos Lara (CEI-20), na Vila Haro. Na 343ª zona, as urnas foram substituídas no Centro de Educação Rubens Vieira (CEI-51), no Jardim Brasilândia, na escola Municipal Tereza Ciambelli, na Vila Nova Sorocaba, e na Flávio de Souza Nogueira, na Vila Fiori. Por fim, na 356ª zona, foi necessário instalar um novo equipamento de votação na Escola Estadual Mário Guilherme Notari, no Jardim Luciana Maria. (Vinícius Camargo)

12h09 – Nesta eleição, os eleitores estão se adaptando às regras de distanciamento social, além de poderem utilizar as novas tecnologias na hora do voto. É o caso da professora Karina Silva, 28 anos, que preferiu usar o E-título, em vez dos documentos de papel. “Foi mais prático. Consegui me adaptar bem, o aplicativo é muito fácil de usar. Devido à pandemia, para mim, foi mais fácil usar o celular do que usar o título”, comenta Karina, que votou na Escola Estadual Brigadeiro Tobias. (Colaboração Vinícius Lara/Uniso)

 

Leia mais  Plano SP: Região de Sorocaba entra na fase amarela nesta segunda

11h51 – O candidato Rodrigo Manga (Republicanos) chegando para votar no Colégio Objetivo, na região central da cidade, às 11h20. Ele estava acompanhando da família e apoiadores. Rodrigo Manga chegou para votar ao lado do vice, Fernando do Clube São bento, da esposa, Sirlange; da Mae, Zoraide; da filha Giulia e demais familiares.
(Colaboração Amanda Monteiro/Uniso)

Crédito da foto: Vinícius Fonseca

11h41 – Jaqueline Coutinho (PSL) deve almoçar com os pais e, em seguida, vai para o comitê de onde acompanhará a apuração dos votos. As informações foram passadas pela própria candidata durante entrevista coletiva concedida logo depois de votar, na Escola Estadual Ezequiel Machado Nascimento, no Jardim Santa Rosália.

11h18 – Assim como no primeiro turno, a escola estadual Lauro Sanchez, na Vila Carol, manteve um local para entrada e outro para saída dos eleitores. Além disso, a escola tem disponibilizado álcool em gel, assim como mantém o chão demarcado com giz para que os eleitores mantenham o distanciamento de 1,5m. (Colaboração Carol Fernandes/Uniso)

Escola reservou um portão para entrada e outro para saída para reduzir risco de contaminação entre os eleitores. Crédito da foto: Carol Fernandes/Uniso)

10h52 – Na escola estadual Hélio Del Cistia, uma das escolas adaptadas para Pessoas com Deficiência Física (PCD) em Sorocaba, os eleitores cadeirantes enfrentam uma grande dificuldade. Há um mês a fiação do elevador foi roubada e desde então não está funcionando. Gilmar, 49 anos, pai de Fernando, 23 anos, que é cadeirante, contou que precisou carregar seu filho com a cadeira por dois lances de escadas para que ele pudesse votar. Uma funcionária da escola, que preferiu não se identificar, disse que ofícios já foram encaminhados para que o conserto seja realizado, mas nada foi feito até o momento. (Colaboração Ana Carolina Fragoso/Uniso)

10h32 – A candidata a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) chegou por volta das 9h15 para registrar o voto na Escola Estadual Ezequiel Machado Nascimento, no Jardim Santa Rosália. Ela chegou acompanhada de seu vice, Roberto Freitas (PSB). (Da Redação)

Candidata Jaqueline votou em escola no Jardim Santa Rosália. Crédito da foto: Vinícius Fonseca

10h27 – 17 milhões de pessoas baixaram o e-Título até este sábado (28), um recorde desde que o aplicativo foi criado pela Justiça Eleitoral. Ele pode ser usado, entre outras funções, para: identificação do eleitor na hora da votação, já que mostra a foto do eleitor (opção disponível apenas para quem já fez a biometria); conferência do local da votação e justificativa de voto na data da votação (para pessoas que não estão em seu domicílio eleitoral). Atenção: quem não se insere nesse critério deve justificar seu voto comparecendo a um cartório eleitoral ou pelo site Justifica (www.justifica.tse.jus.br), em até 60 dias após a realização de cada pleito. (Da Redação)

10h15 – O problema com o teclado da seção 19 da Escola Estadual Senador Vergueiro, na Vila Hortência, em Sorocaba, foi resolvido antes mesmo do início da votação e não gerou grandes transtornos. Os eleitores que votam nessa seção apenas precisam aguardar um pouco mais, até a urna vinculada ao equipamento começar a funcionar. (Vinícius Camargo)

Leia mais  Idosos a partir dos 83 anos serão vacinados neste sábado (27)

9h44 – A Seção de Assuntos Civis da Polícia Militar de Sorocaba informa não ter registrado, até o momento, ocorrências relacionadas às eleições municipais. (Da Redação)

Escola de Aparecidinha registra pouca movimentação. Crédito da foto Cristina Marcolino/Uniso

9h40 – Escola Municipal Ronaldo Campos de Arruda, no bairro Aparecidinha, com pouco movimento hoje. Os voluntários foram orientados a não falar com a imprensa. (Colaboração Cristina Marcolino/Uniso)

 

 

9h35 – Mais de 38 milhões de eleitores voltam às urnas hoje (29) para eleger os prefeitos e vice-prefeitos das 57 cidades brasileiras em que a disputa será definida no segundo turno. São 18 capitais e 39 municípios com mais de 200 mil eleitores, onde nenhum dos candidatos recebeu a maioria absoluta dos votos válidos para se eleger no primeiro turno, realizado no último dia 15 de novembro. (Da Redação)

9h33 – Os voluntários escalados para trabalhar no colégio Uirapuru comentam que o segundo turno está mais calmo do que o primeiro. A organização do colégio foi mantida nos mesmos padrões do primeiro turno, prevenção para evitar aglomerações, disponibilização de álcool em gel e exigência do uso de máscara por todos que acessam a escola. (Colaboração Inaiê Mendonça Garcia/Uniso)

9h21 – A rua do colégio Uirapuru está cheia de carros como estava no primeiro turno das eleições. Mas não são registradas filas nos corredores da escola e agora que as pessoas já sabem onde votam, não estão parando para se informar com os funcionários. (Colaboração Inaiê Mendonça Garcia/Uniso)

8h58 – Na escola Guiomar Camolesi de Souza, no bairro Maria Eugênia, poucos eleitores chegaram até o momento e sem problemas para identificarem suas sessões, diferente do primeiro turno que logo de manhã já havia uma grande fila por conta da dificuldade de se localizarem. As ruas nas proximidades da escola se encontram limpas e sem sinais de santinhos jogados. (Colaboração Ana Fragoso/Uniso).

No bairro Maria Eugênia, as ruas nas proximidades da escola se encontram limpas e sem sinais de santinhos jogados. Crédito da foto: Ana Fragoso/Uniso

8h47 – Na CEI 13 Aluísio de Almeida, no bairro Brigadeiro Tobias, os eleitores não encontraram dificuldades para votar nessa manhã de domingo. Movimento tranquilo nas ruas. Nenhum santinho jogado na porta da escola. O bairro também recebe pessoas de outros lugares de Sorocaba e conta com quatro zonas eleitorais para atender a população. Segundo Kátia Bello, apoio logístico há mais de dez anos, a CEI preparou para receber as pessoas. “Foi montada toda uma estrutura de ordem sanitária com distanciamento, adesivos no chão e álcool gel”, conta Kátia”. (Colaboração Vinícius Lara/Uniso)

 

Em Brigadeiro Tobias movimentação é tranquila. Crédito da foto: Vinícius Lara/Uniso

8h40 – Em todas as escolas percorridas pela equipe do Cruzeiro do Sul até o momento, os protocolos sanitários de segurança e prevenção à Covid-19 são respeitados. Os eleitores, agentes da Justiça Eleitoral e demais profissionais usam máscaras de proteção e respeitam o distanciamento. Além disso, há displays de álcool em gel para higienização das mãos nos locais de votação.

Leia mais  Capivaras são soltas de forma irregular em Sorocaba; uma aparece morta

8h29 – Na Escola Estadual Dr. Júlio Prestes de Albuquerque (Estadão), no Centro, há apenas quatro seções de votação. O movimento de eleitores no local também é baixo. Não há filas.
Segundo o integrante da equipe de apoio logístico Léo Francisco Lopes, 38 anos, o fluxo de pessoas está tranquilo desde o início da votação, às 7h. No primeiro turno das eleições municipais, a escola registrou problemas por conta da transferência de algumas seções para a Escola Municipal Dr. Getúlio Vargas, na Vila Santa Terezinha, e vice-versa, bem como devido ao agrupamento de outras. Porém, neste domingo, não houve impasses nesse tipo, afirmou Lopes.

8h15 – As ruas ao redor das três escolas percorridas pelo jornal Cruzeiro do Sul até o momento estão limpas. Não há “lixo eleitoral” (santinhos) nas proximidades dos locais de votação. (Vinícius Camargo).

Diferentemente do primeiro turno, não houve derramamento de santinhos nos locais de votação. Crédito da foto: Vinícius Fonseca

8h02 – Na Escola Municipal João Francisco Rosa, na Vila Angélica, a movimentação também é tranquila e não há filas. Não houve nenhum problema no local e a votação segue regularmente, segundo José Carlos de Meira, 45 anos, integrante da equipe de apoio logístico da Justiça. Eleitoral. (Vinícius Camargo)

7h52 – A professora Denise Cristina Magrini de Souza, 59 anos, e o marido, o aposentado Maurilo Vieira de Souza, de 62, levaram menos de cinco minutos para votar na Escola Municipal Dr. Oswaldo Duarte, no Wanel Ville, local de votação que concentra o número de eleitores de Sorocaba. (Vinícius Camargo)

Denise e Maurilo: votação tranquila. Crédito da foto: Vinícius Fonseca

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nelson Arruda foi o primeiro a chegar para votar. Crédito da foto: Vinícius Fonseca

7h13 – O prestador de serviço Nelson Arruda, de 64 anos, foi o primeiro a chegar na escola, por volta das 5h55. Ele vota, justamente, na seção em que houve problema no equipamento.  Apesar de não ser mais obrigado a votar, Arruda decidiu fazê-lo, mesmo no dia de seu aniversário, por considerar importante exercer o seu direito democrático. “Eu tenho saúde. Então, tenho que cumprir o meu dever”, disse. (Vinícius Camargo)

7h09 – Antes da abertura dos locais de votação em Sorocaba, um teclado da seção 19 da Escola Estadual Senador Vergueiro, na Vila Hortência, apresentou problema. Com isso, a urna vinculada ao equipamento não inicializou. Há uma goteira na sala de aula onde fica a seção, e o equipamento molhou em razão da chuva registrada na noite de sábado (28). Antes das 7h, uma equipe da Justiça Eleitoral, em um carro de apoio cedido pela Prefeitura de Sorocaba substituiu o teclado. (Vinícius Camargo)

Equipamento precisou ser substituído: crédito da foto: Vinícius Fonseca

 

 

 

 

 

 

 

 

6h58 – A Escola Estadual Senador Vergueiro, na Vila Hortência, registra fila de eleitores, a maioria idosos, instantes antes da abertura dos portões.

Cerca de 15 minutos antes da abertura dos portões, eleitores formaram fila em frente à escola Senador Vergueiro, na Vila Hortência. Crédito da foto: Vinícius Fonseca

 

 

 

 

Comentários