Buscar no Cruzeiro

Buscar

Cemitérios não abrirão no Dia de Finados por causa da pandemia

27 de Outubro de 2020 às 00:08

Cemitérios não abrirão no Dia de Finados por causa da pandemia O Cemitério da Saudade, no Além-Linha, também não terá celebrações religiosas desta vez. Crédito da foto: Fábio Rogério (30/9/2019)

Os cemitérios municipais e particulares de Sorocaba permanecerão fechados no Dia de Finados, que ocorre na próxima segunda-feira, 2 de novembro. Por meio de nota, a Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) informa que os serviços dos cemitérios permanecem inalterados, porém, a visitação continua suspensa, conforme instrução normativa da pasta, em conjunto com a Secretaria da Saúde, publicada no dia 19, no Jornal Município de Sorocaba.

Diz a instrução normativa que “está mantida a suspensão da visitação em cemitérios, públicos e particulares, durante o estado de calamidade por conta da pandemia do novo coronavírus, em especial, no dia 02/11/2020, Dia de Finados”. Em Sorocaba, desde o dia 20 de março, os visitantes não podem mais ir aos cemitérios.

Cemitérios públicos e particulares

Além de dois cemitérios particulares, Sorocaba conta com quatro cemitérios públicos: Cemitério da Saudade, no bairro Além Linha; Cemitério da Consolação, na Vila Haro; Cemitério Santo Antônio, no Wanel Ville; e o Cemitério de Aparecidinha.

Cemitérios não abrirão no Dia de Finados por causa da pandemia O Cemitério Santo Antônio, no Wanel Ville, abrirá só para sepultamentos, como os demais. Crédito da foto: Luiz Setti (6/8/2013)

A pandemia também provocou alteração dos velórios em Sorocaba. De acordo com decreto nº 25.906, de 21 de setembro, é permitida a realização de velório ou funeral nos casos confirmados de Covid-19, quando o falecimento ocorrer fora do período de infectividade da doença, observando número de familiares presentes limitados a dez pessoas, durante toda a cerimônia, de preferência os familiares mais próximos, sem possibilidade de rodízio entre pessoas e tempo da cerimônia limitado a quatro horas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou ontem liberação de visitas a cemitérios durante o Dia de Finados, mas a decisão final sobre a permissão é das prefeituras.

“O nosso Centro de Contingência, com mais de 20 médicos e especialistas, não estabeleceu nenhuma restrição aos cemitérios. Recomenda expressamente a quem for, que usem máscara, evitem aglomerações e respeitem o distanciamento social”, destacou o governador.

Outras localidades brasileiras tomaram decisão semelhante, como Belo Horizonte e Brasília. Na capital federal, contudo, a arquidiocese local decidiu não realizar missas nos cemitérios, restringindo as celebrações a paróquias e capelas. (Felipe Shikama, com informações da Estadão Conteúdo)