Buscar no Cruzeiro

Buscar

Veja como foram as eleições na parte da tarde em Sorocaba e região

15 de Novembro de 2020 às 12:04

Mais de 1,5 milhão de pessoas nas 27 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) vão escolher neste domingo (15) seus prefeitos e vereadores para os mandatos 2021-2024. A RMS tem 1.554.243 eleitores aptos a votar, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Sorocaba é o maior colégio eleitoral, com 485.962 eleitores, e única cidade onde poderá haver segundo turno para prefeito. As outras 26 cidades já definem o processo eleitoral neste domingo.

Leia mais:

Confira as últimas informações sobre as Eleições na Região Metropolitana de Sorocaba:

16h59 - O candidato a prefeito de Votorantim, pastor Luiz Carlos (PSL), que está circulando pelas escolas da cidade, esclareceu que mais cedo foram registradas discussões entre fiscais, mas nada que não tenha acontecido em anos anteriores. (Colaboração: Larissa Almeida / Uniso)

O candidato a prefeito de Votorantim, pastor Luiz Carlos (PSL), esclareceu que mais cedo foram registradas discussões entre fiscais. Crédito da foto: Cortesia / Larissa Almeida / Uniso

16h41 - Na escola municipal Maria Helena de Moraes Scripillitt, no bairro Votocel, em Votorantim, um homem foi flagrado por policiais militares portando uma pochete com santinhos. Ele foi encaminhado para a delegacia da cidade. Porém, após os fiscais analisarem a situação, o caso não foi classificado como crime, pois ele apenas portava os panfletos na bolsa e conversava com alguns eleitores. O homem não foi visto distribuindo o material, por isso foi liberado. Os policiais não divulgaram a identidade do homem. (Colaboração: Larissa Almeida / Uniso)

16h39 - De acordo com o depoimento de um munícipe de Votorantim, que preferiu não se identificar, o candidato a prefeito pastor Luiz Carlos (PSL) foi agredido em frente da escola Daniel Verano por um idoso que, aparentemente, acreditava que ele estava fazendo boca de urna no local. O pastor reagiu, porém o desentendimento foi apaziguado, sem maiores problemas.

(Colaboração: Larissa Almeida / Uniso)

O candidato à prefeitura de Votorantim pastor Luiz Carlos (PSL) foi agredido em frente da escola Daniel Verano por um idoso que, aparentemente, acreditava que ele estava fazendo boca de urna no local. Crédito da foto: Cortesia / Larissa Almeida / Uniso

16h20 - Na Escola Estadual Altina Júlia de Olivieira, localizada ao lado da Prefeitura Municipal de Mairinque, há uma grande movimentação de eleitores, com alguns dos candidatos aguardando em frente à escola ansiosamente pelo resultado. Mas a quantidade de santinhos poluindo as vias consequentemente aumentaram também. A candidata à vereadora Marina Moraes (PSD) diz estar ansiosa e confiante com o resultado das eleições neste ano. Ela foi professora e diretora escolar no município por muitos anos. Hoje, aposentada, acredita que os vereadores não deveriam exercer duas ou mais profissões simultaneamente, assim poderiam dar mais atenção para as funções do setor político. Ela, como mulher e negra, também ressalta a importância de ter representatividade na Câmara Municipal. (Colaboração: Beatriz Jarins / Uniso)

Santinhos poluem a rua da Escola Estadual Altina Júlia de Olivieira, em Mairinque. Crédito da foto: Cortesia / Beatriz Jarins / Uniso

16h01 - Na Escola Estadual Brigadeiro Tobias, o movimento durante a votação foi bem tranquilo ao longo de todo o dia. Em entrevista, César Correia Lima, um dos responsáveis do apoio logístico, disse que a população obedeceu aos horários e que não houve nenhum tipo de aglomeração. "Por aqui, tudo ocorreu de maneira tranquila. O pessoal da escola ajudou muito com as marcações. Ouve momentos de pico de pessoas, mas não chegou ter nenhuma confusão", comenta Lima. O único problema observado foi a quantidade de santinhos encontrados no chão. Os policiais militares de plantão no local disseram que tudo será analisado pela justiça eleitoral e que possivelmente foram pessoas que acabaram descartando o material no chão, nas proximidades da escola. (Colaboração: Vinicius Lara / Uniso)

Na Escola Estadual Brigadeiro Tobias, o movimento durante a votação foi bem tranquilo ao longo de todo o dia. Crédito da foto: Cortesia / Vinicius Lara / Uniso

15h24 - Na Escola Municipal Lauro Alves de Lima, em um bairro mais distante do centro de Votorantim, o fluxo está regular e sem aglomeração. Ao falar com o diretor e alguns eleitores, ficou clara a satisfação com a ampliação do horário e a indicação preferencial para o grupo de risco para o período da manhã, medidas adotadas por conta da situação atípica desse ano. (Colaboração: Larissa Almeida / Uniso)

Na Escola Municipal Lauro Alves de Lima, em um bairro mais distante do centro de Votorantim, o fluxo está regular e sem aglomeração. Crédito da foto: Cortesia / Larissa Almeida / Uniso

15h17 - Na Escola Estadual Daniel Verano, um dos maiores pontos eleitorais de Votorantim, a movimentação está alta desde o primeiro horário. Dentro da escola, a fiscalização está falha, o que acabou permitindo aglomerações nos corredores. A quantidade de santinhos nos portões da escola é significativa, com destaque para a propaganda do atual prefeito da cidade; há também adesivos de outros candidatos pelos muros. (Colaboração: Larissa Almeida / Uniso)

Na Escola Estadual Daniel Verano, um dos maiores pontos eleitorais de Votorantim, a movimentação está alta desde o primeiro horário. Crédito da foto: Cortesia / Larissa Almeida / Uniso

15h11 - Na Escola Professor Francisco Coccaro, no bairro do Éden, o movimento está tranquilo. Mas alguns eleitores estão relatando dificuldades para baixar o aplicativo e-título para poder justificar. (Colaboração: Cristina Marcolino / Uniso)

Na Escola Professor Francisco Coccaro, no bairro do Éden, o movimento está tranquilo. Crédito da foto: Cortesia / Cristina Marcolino / Uniso

14h38 - Em São João Novo, bairro da cidade de São Roque, em frente da Escola EMEF Sônia Maria Abreu Ghilardi, o começo de tarde foi menos movimentado. O destaque negativo é por conta dos santinhos que ficaram jogados no chão, sujando mais uma eleição municipal. (Colaboração: Lucas Vargas / Uniso)

Santinhos são jogados no chão em mais uma eleição municipal em São Roque. Crédito da foto: Cortesia / Lucas Vargas / Uniso

14h25 - Na Escola Estadual Professor José Reginato, zona oeste de Sorocaba, a movimentação está tranquila. As ruas estão todas limpas, sem santinhos no chão. Os eleitores estão respeitando todas as medidas recomendadas, levando canetas e álcool gel individual. (Colaboração: Fernanda Sena / Uniso)

Na Escola Estadual Professor José Reginato, zona oeste de Sorocaba, a movimentação está tranquila. Crédito da foto: Cortesia / Fernanda Sena / Uniso

14h17 - Votação tranquila na Escola Municipal Getúlio Vargas, no Centro. Por volta das 14h, não havia filas nas seções. Para quem vai de carro e moto, a rua Rio de Janeiro com Avenida Eugênio Salerno está fechada, com acesso apenas para pedestres. (Colaboração: Evenize Batista / Uniso)

Rua Rio de Janeiro com Avenida Eugênio Salerno está fechada, com acesso apenas para pedestres. Crédito da foto: Cortesia / Evenize Batista / Uniso

14h - Na escola Altina Júlia de Olivieira, em Mairinque, a movimentação segue com baixo fluxo e sem aglomeração, porém, a troca das seções causou certa confusão nos eleitores que dispensaram um tempo procurando por suas salas. (Colaboração: Giovanna Lupianes Pião / Uniso)

Na escola Altina Júlia de Olivieira, em Mairinque, a movimentação segue com baixo fluxo e sem aglomeração. Crédito da foto: Cortesia / Giovanna Lupianes Pião / Uniso

13h44 - Votação segue tranquila também na Escola Professor Marco Antônio Mencacci, no bairro Aparecidinha. Fluxo de eleitores está bastante baixo e seguindo as normas de segurança. (Colaboração: Cristina Marcolino / Uniso)

Votação segue tranquila também na Escola Professor Marco Antônio Mencacci, no bairro Aparecidinha. Crédito da foto: Cortesia / Cristina Marcolino / Uniso

13h42 - Com a eleição atípica por causa da pandemia, a orientação é usar o aplicativo de celular "E-Título”. A ferramenta promete ser mais prática na hora votação. O casal de advogados Francine Contó Costa, 38, e Renê Costa Contó, 47, aprovou o uso do aplicativo e elogiou a rapidez. "Bem mais prático, rápido e super interessante", comenta Renê. Os dois votaram no Colégio Objetivo, Centro de Sorocaba. Já Francine lembrou que os dois se preparam para seguir as recomendações e escolher o melhor candidato. "A gente pesquisou o melhor candidato tanto vereador quanto prefeito, fazendo o que todo mundo tem que fazer, para ter uma cidade melhor e um futuro melhor”, afirmou. (Colaboração: Vinicius Lara / Uniso)

O casal de advogados Francine Contó Costa, 38, e Renê Costa Contó, 47, aprovou o uso do aplicativo "E-Título". Crédito da foto: Cortesia / Vinícius Lara / Uniso

13h35 - Eleitores também reclamam de filas na escola estadual José Mendes, na zona norte de Sorocaba. A estudante de engenharia, Ana Júlia Hermínio, conta que aguardou 40 minutos na fila para acessar a sala de votação, em que permaneceu apenas um minuto. De acordo com a eleitora, a escola tem apenas quatro seções para votação. (Colaboração: Carol Fernandes / Uniso)

Eleitores reclamam de filas na escola estadual José Mendes, na zona norte de Sorocaba. Crédito da foto: Cortesia / Ana Júlia Hermínio

13h32 - Pouco trânsito e circulação de pedestres em frente ao Colégio Salesiano. (Colaboração: Yasmin Oliveira / Uniso)

Pouco trânsito e circulação de pedestres em frente ao Colégio Salesiano. Crédito da foto: Cortesia / Yasmin Oliveira / Uniso

13h28 - Estacionamento exclusivo para idosos e pessoas portadores de deficiência, em frente ao Colégio Salesiano. O local também pode ser usado para embarque e desembarque, segundo o agente de trânsito da Urbes. (Colaboração: Yasmin Oliveira / Uniso)

Estacionamento exclusivo para idosos e pessoas portadores de deficiência, em frente ao Colégio Salesiano. Crédito da foto: Cortesia / Yasmin Oliveira / Uniso

13h14 - O candidato Flaviano Lima (Avante) chegou para à votação aproximadamente 12h22 no Colégio Salesiano, no Mangal. Ele estava acompanhado da esposa Monica. "Em Sorocaba, hoje, são três pesquisas registradas, as três são absolutamente diferentes. Então ninguém tem, a partir de agora, uma ideia do resultado que vamos ter em Sorocaba. Acredito que teremos uma surpresa. E eu tenho uma expectativa muito positiva que nós seremos essa grande surpresa aqui em Sorocaba. Cremos em Deus e no discernimento da população que nós vamos para o segundo turno e vamos fazer essa diferença", ressaltou. (Colaboração: Yasmin Oliveira / Uniso)

Candidato Flaviano Lima (Avante) votou no Colégio Salesiano, no Mangal. Crédito da foto: Cortesia / Yasmin Oliveira / Uniso

12h53 - O eleitor Carlos Alberto Juvencil, de 55 anos, também compareceu à escola estadual Lauro Sanchez, zona norte de Sorocaba, para as eleições municipais. Ele, que utiliza cadeira de rodas para se locomover, conta que não enfrentou dificuldades para acessar a escola e a sala de votação. (Colaboração: Carol Fernandes / Uniso)

O eleitor Carlos Alberto Juvencil, de 55 anos, não teve dificuldade para votar na escola estadual Lauro Sanchez. Crédito da foto: Cortesia / Carol Fernandes / Uniso

12h41 - Mesmo pertencendo ao grupo de risco, Aparecida Vargas de Oliveira, de 63 anos, fez questão de comparecer à escola estadual Lauro Sanchez, zona norte de Sorocaba, para escolher os políticos que administrarão Sorocaba pelos próximos quatro anos. "Nós temos uma obrigação civil de vir votar e ver se o Brasil tem uma melhora", afirma. Aparecida foi votar às 11h, pois não teve tempo de ir mais cedo. A recomendação era de que os idosos comparecessem das 7h às 10h aos locais de votação. (Colaboração: Carol Fernandes / Uniso)

Aparecida Vargas de Oliveira, de 63 anos, fez questão de comparecer à escola estadual Lauro Sanchez para votar. Crédito da foto: Cortesia / Carol Fernandes / Uniso

12h35 - Silvia Helena Pedroso Ramos Nogueira atua na coordenação de Apoio Logística da escola estadual Lauro Sanchez. Em 2020, ela conta que o apoio da escola foi importante para garantir que os eleitores votem com segurança no local. "A escola teve a ideia de mudar a via. Tem uma via de entrada e uma via de saída. Isso agilizou bastante", afirma. Na foto, Silvia está em frente à sala que, nas eleições anteriores, era utilizada para quem fosse justificar o voto. Nesta eleição, a sala é utilizada para esclarecer dúvidas. (Colaboração: Carol Fernandes / Uniso)

Silvia Helena Pedroso Ramos Nogueira atua na coordenação de Apoio Logística da escola estadual Lauro Sanchez. Crédito da foto: Cortesia / Carol Fernandes / Uniso

12h27 - A manhã foi bem agitada na Escola Estadual Prof. Sebastião Villaça, em Itapetininga. O maior local de votação da cidade recebeu muitos eleitores, que optaram por votar nas primeiras horas da eleição. Segundo Anderson Chagas Correa, convocado do TRE, a escola conta com 17 seções e mais de 6 mil eleitores são esperados ao longo do dia. A equipe que está trabalhando no local recebeu um treinamento especial para a pandemia, para dar as orientações necessárias aos eleitores. Todos os corredores da escola estão equipados com álcool em gel e marcações de distanciamento. Já os bebedouros e banheiros, estão interditados. O casal Jurandir e Alice Ribeiro, de 75 e 74 anos, mesmo não sendo mais obrigatório, compareceu para votar e cumprir o papel de cidadão. Eles disseram que, mesmo com a pandemia, não podiam deixar de votar, principalmente, por ser eleição municipal, ajudando a decidir o futuro da cidade.

Apesar de toda movimentação, as primeiras horas na escola seguiram normalmente, sem reclamações. Em frente à unidade de ensino, alguns carros foram multados por estacionar em local proibido. (Colaboração: Gabriela Couto / Uniso)

O casal Jurandir e Alice Ribeiro, de 75 e 74 anos, mesmo não sendo mais obrigatório, compareceu para votar na Escola Estadual Prof. Sebastião Villaça, em Itapetininga. Crédito da foto: Cortesia / Gabriela Couto / Uniso

12h19 - O candidato Rodrigo Manga (Republicanos) chegou para a votação às 12h14 no colégio Objetivo, no Centro. Esteve acompanhado da família, apoiadores e candidatos ao cargo de vereador. "Estamos confiantes. Temos uma chance real de resolver essa eleição ainda no primeiro turno. Nos últimos dias, tenho percebido uma crescente muito grande. Mas se for da vontade de Deus que aconteça o segundo turno, nós vamos trabalhar da mesma maneira, mantendo essa campanha limpa, sem ataque, apresentando propostas. Sorocaba precisa agora de atenção, de alguém que esteja agora ao lado da população", afirmou. (Colaboração: Amanda Monteiro e Cezar Ribeiro / Uniso)

O candidato Rodrigo Manga (Republicanos) votou no colégio Objetivo, no Centro. Crédito da foto: Cortesia /Cezar Ribeiro / Uniso

12h10 - O candidato Raul Marcelo (PSOL) votou no Colégio Dom Aguirre, no Trujillo. Ele chegou acompanhado da esposa próximo às 12h. "Estamos confiantes porque já disputamos a última eleição e fomos ao segundo turno com o pessoal do Crespo. Conhecemos bem a cidade e acompanho a vida pública em Sorocaba há 20 anos. O momento da cidade é muito difícil, muita gente não vai votar por medo da transmissão do coronavírus. Tivemos dificuldades para organizar reuniões por conta das normas sanitárias. A campanha que é marcada pela festa democrática que tem que ser, esse ano teve o diferencial pelo momento difícil. A saída, inclusive para acelerar a superação da pandemia, é a política. Estou com fé no futuro", disse. (Colaboração: Vinicius Lara / Uniso)

O candidato Raul Marcelo (PSOL) votou no Colégio Dom Aguirre, no Trujillo. Crédito da Foto: Cortesia/ Vinicius Lara / Uniso

12h07 - Na escola Municipal Léa Edy Alonso Saliba, na zona norte de Sorocaba, uma pequena aglomeração foi registrada do lado de fora. Os eleitores estão se acomodando em filas logo na entrada e os carros também estão tendo dificuldade para trafegar. (Colaboração: Fernanda Sena / Uniso)

Na escola Municipal Léa Edy Alonso Saliba, na zona norte de Sorocaba, uma pequena aglomeração foi registrada do lado de fora. Crédito da Foto: Cortesia / Fernanda Sena / Uniso

12h02 - O jornal Cruzeiro do Sul dá sequência cobertura das Eleições 2020 neste domingo (15) com as principais informações da Região Metropolitana no período da tarde. Clique aqui e confira como foi a votação durante a manhã.h23