Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

São Bento empata com Guarani e conquista primeiro ponto no Paulista

13 de Março de 2021
Marina Bufon [email protected]

Guarani e São Bento ficaram no 0 a 0 no Brinco de Ouro, em Campinas. Crédito da foto: Neto Bonvino/São Bento.

O São Bento foi até Campinas, no estádio Brinco de Ouro, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, e, enfim, conquistou seu primeiro ponto na competição após empate por 0 a 0 contra o Guarani. Com o resultado, o time comandado por Edson Vieira ainda é o lanterna do grupo B, enquanto o Bugre foi a cinco pontos, em segundo no grupo D.

O goleiro Gabriel Mesquita mal tocou na bola no primeiro tempo, já que os donos da casa quem investiram mais para tentar abrir o marcador, com pelo menos três chances claras, uma delas resvalando na trave. No retorno do intervalo, apesar de uma leve melhora do Bentão, que teve dez dias entre o último compromisso e este jogo, o Bugre continuou mandando na partida, criando mais chances, mas sem sucesso. O placar manteve-se 0 a 0.

O Governo de São Paulo proibiu competições esportivas no Estado entre os dias 15 e 30 de março como uma forma de conter os avanços do coronavírus, em uma fase ainda mais restritiva do plano. Até o momento, a Covid-19 matou mais de 275 mil pessoas no país.

O próximo compromisso do São Bento seria nesta quarta-feira (17), em jogo atrasado contra o Palmeiras, em Sorocaba. Já o Guarani enfrentaria a Ferroviária no sábado (20), fora de casa. Acompanhe as atualizações sobre o Campeonato Paulista e demais torneios esportivos durante a pandemia no portal.

Primeiro tempo

Após um início cauteloso, a primeira chance mais perigosa foi dos donos da casa, em cruzamento da direita para Renanzinho, que acabou não alcançando a bola, aos sete minutos. Depois, em jogada ensaiada entre Bidu e Andrigo em cobrança de falta, Luiz Daniel caiu firme para fazer a defesa.

O São Bento permaneceu no meio de campo, com trocas de passes infrutíferas. Uma delas deu errado, o contra-ataque foi armado com Renanzinho cruzando, mas Andrigo pegou mal na bola. Perto dos 19, o camisa 10 partiu de trás, totalmente livre, e soltou uma bomba, que resvalou na trave e foi para fora.

O primeiro chute ao gol do Bentão, ainda que longe de levar perigo, aconteceu apenas aos 27 minutos, com Daniel Costa. Depois disso, novamente as ações partiram dos jogadores do Bugre, mas Ruan levou perigo em chute forte da entrada da área já nos acréscimos.

Segundo tempo

O relógio não marcava nem 30 segundos da volta do intervalo, e Luiz Daniel precisou se esticar para realizar a defesa para o chute de Andrigo. Com uma postura diferente, o São Bento tentou ir para cima, duas vezes com Leilson, que entrou no lugar de Rusch, e ficou mais tempo com a bola, tentando trocar passes.

O Guarani melhorou depois de alguns erros e sustos e, aos 19 minutos, livre, Júlio César chutou à direita do goleiro visitante, mas foi para fora. Pouco depois Bruno Sávio pegou em cheio e a bola explodiu na trave, em momento de pressão. Com isso, o Bugre cresceu, com chances de Andrigo e novamente de Sávio. Mesmo com outras tentativas de abertura do placar, os donos da casa não conseguiram converter em gol. (Marina Bufon)

FICHA TÉCNICA

Guarani 0 x 0 São Bento

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Paulista

Local: estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)

Data e Horário: 13 de março de 2021, às 16h30

Árbitro: Ilbert Estevam da Silva

Assistentes: Fabrini Belivaqua Costa e Leandro Matos Feitosa

VAR: Luiz Flavio de Oliveira

Cartão amarelo: Bruno Leonardo (São Bento)

GUARANI: Gabriel Mesquita; Eder Sciola, Romércio, Airton, Bidu; Rodrigo Andrade (Bruno Silva); Andrigo (Matheus Souza), Tony (Júlio César), Índio, Renanzinho (Pablo); Bruno Sávio (Rafael Costa). Técnico: Allan Aal.

SÃO BENTO: Luiz Daniel; Victor Guilherme (Gabriel), Dirceu, Marcão, Pablo; Escobar, Julio Rusch (Leilson), Daniel Costa (Fábio Bahia), Diego Tavares, Ruan (Bruno Leonardo) e Geovane Itinga (Allan Dias). Técnico: Edson Vieira.