Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Governo suspende todas as atividades esportivas em São Paulo

11 de Março de 2021

Corinthians e Ponte Preta fazem o jogo dos ‘aflitos’ Corinthians teve surto recente de Covid-19 de casos dentro de seu elenco. Crédito da foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Governo do Estado de São Paulo decidiu paralisar os jogos de futebol entre os dias 15 e 30 de março devido ao aumento de restrições da fase vermelha. O anúncio foi feito no início da tarde desta quinta (11) pelo governador João Doria (PSDB) e envolve também todas as outras modalidades esportivas.

O anúncio vem no pior momento da pandemia de coronavírus no país. Ontem (10), o Brasil registrou novo recorde, com 2.286 mortes em 24 horas, sendo que São Paulo é um dos destaques negativos, por isso a suspensão das competições e atividades esportivas no Estado. O jogo desta quinta (11) entre Palmeiras e São Caetano, porém, está mantido e acontecerá às 19h, no Allianz Parque, assim como as partidas do próximo final de semana (dias 13 e 14 de março).

A medida vai na contramão do que foi pedido pela Federação Paulista de Futebol e a própria CBF, que afirmaram que os jogos são um ambiente seguro em relação ao coronavírus.

"Estamos em uma fase emergencial. Tem prejuízo para todos os setores. Tem um sofrimento para toda a sociedade, toda a atividade econômica. Em relação ao futebol, estamos atendendo a um ofício, uma recomendação do Ministério Público Estadual. Isso fugiu da nossa alçada", afirmou João Medina, do Centro de Contingência do Covid-19.

Ainda nesta quinta, os clubes da primeira divisão do estadual se reunirão para debater os próximos passos, inclusive a possibilidade de jogar em outros estados, que não estão com essa restrição. Além da paralisação do futebol, São Paulo também não permitirá cultos religiosos e instituiu toque de recolher entre 20h e 5h, por exemplo.

Até o momento, o Campeonato Paulista teve três rodadas disputadas, restando ainda nove da fase de grupo, sem contar as quartas, semis e final. No país, ainda estão acontecendo os outros estaduais, a Copa do Brasil e a Libertadores, com jogos em diversos estados. No ano passado, o Paulistão foi paralisado em março devido ao aumento da Covid e retornou apenas em julho. (Da Redação)