Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Flick acredita em classificação do Bayern diante do PSG

12 de Abril de 2021

Para avançar, bávaros precisam de dois gols de diferença contra o PSG. Crédito da foto: CHRISTOF STACHE/various sources/AFP)

Depois da derrota por 3 a 2 para o Paris Saint-Germain no jogo de ida, o Bayern de Munique tenta deixar os fantasmas internos para trás e conquistar uma vaga para as semifinais da Liga dos Campeões nesta terça-feira (13), às 16h, no Parque dos Príncipes. O técnico Hans-Dieter Flick acredita que é necessário ser eficiente nas conclusões para conseguir o feito.

"Tivemos muitas oportunidades no jogo de ida, mas não fomos eficientes. Temos que fazer melhor. Sabemos que não será uma tarefa fácil, mas vamos jogar tudo para ganhar. Amanhã (terça-feira) temos que ter certeza de que somos tão eficientes quanto o Paris foi no primeiro jogo", iniciou o treinador.

"Já conquistamos três títulos nesta temporada. A equipe mostrou uma grande mentalidade. Queremos ir para as semifinais amanhã e ganhar o título da Bundesliga", complementou.

O artilheiro Robert Lewandowski voltou a correr em campo nesta segunda-feira, mas não retorna para a decisão. A previsão é de voltar daqui a três jogos apenas. Já Goretzka, Lucas Hernández, Coman, Boateng e Musiala devem atuar depois de se recuperarem de problemas físicos. A escalação, porém, não está confirmada.

"Sempre gostei de fazer quebra-cabeças e sabemos como queremos jogar. Muitas vezes é mais difícil quando você tem mais jogadores disponíveis. Então, quando você tem menos peças no quebra-cabeça, é um pouco mais fácil", avaliou o comandante, que deve escalar Sané como substituto de Lewa.

Para avançar, o Bayern de Munique precisa vencer por dois gols de diferença ou fazer pelo menos quatro. Novo 3 a 2 leva a disputa para a prorrogação.

Fora dos gramados

Se Flick está confiante dentro dos gramados, fora deles a situação é conturbada. Em entrevista ao jornal alemão "Bild", o ex-jogador Matthäus declarou que o diretor de futebol do Bayern, Hasan Salihamidži?, e o técnico não têm mais como trabalhar juntos, por pensarem diferente.

Entre os principais pontos de colisão está a montagem do atual elenco, com contratações e saídas divergentes.