Uniso Ciência

Jornal Uniso Ciência mostra como consertar um coração

A publicação apresenta o resultado das principais pesquisas científicas desenvolvidas pela Uniso

A 11ª edição do Uniso Ciência, publicada neste domingo (26/4), nas versões impressa e digital do Cruzeiro do Sul, traz um estudo na área de engenharia de tecidos voltado à recuperação do coração infartado. Destaque da publicação, esse foi o tema mais votado na enquete online que colocou onze pesquisas para a escolha do público.

Cerca de 300 mil brasileiros são vitimados por ataque cardíaco a cada ano, dos quais 70% sobrevivem, segundo dados do Ministério da Saúde. É uma ocorrência grave que impõe como desafio a restauração do músculo cardíaco lesionado pelo infarto.

A Uniso conta com um equipe de pesquisadores que se dedicam ao tema no LaBNUS, o Laboratório de Biomateriais e Nanotecnologia da Universidade, localizado no Parque Tecnológico de Sorocaba.

Leia mais  Nanotecnologia a favor de uma agricultura mais sustentável
Aluna segura um dos scaffolds que está sendo estudado para a regeneração do tecido cardíaco. Foto: Paulo Ribeiro

A Uniso conta com um equipe de pesquisadores que se dedicam ao tema no LaBNUS, o Laboratório de Biomateriais e Nanotecnologia da Universidade, localizado no Parque Tecnológico de Sorocaba.

Além de promover avanços como esse, a tecnologia pode nos surpreender de outras maneiras. É o caso da beleza e da riqueza de detalhes das imagens produzidas por um microscópio eletrônico de varredura (MEV), que tem capacidade de ampliação de até 300 mil vezes e está instalado no Laboratório de Processamento de Imagens e Sinais da Uniso (Lapisus) da Uniso. Para quem está curioso, clicando neste link é possível acessar diversas imagens feitas pelo equipamento, como uma folha de árvore ou um fio de cabelo.

Ainda sobre estruturas microscópicas, outro tema desta edição aborda os desafios no combate à resistência bacteriana, um grave problema de saúde pública em todo o mundo. O estudo foi conduzido num grande hospital público na cidade de Sorocaba, o CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba). O objetivo foi verificar, a partir de uma base de dados, como funciona na prática a prescrição de antibióticos controlados.

Leia mais  Nanotecnologia a favor de uma agricultura mais sustentável

E, por fim, uma análise de como as Ciências Humanas são um campo de reflexão fundamental para a compreensão do mundo em que vivemos. Sobre esse assunto, apresentamos a perspectiva do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Uniso, uma das áreas em que se concentram as pesquisas relacionadas às Ciências Humanas. Os cursos de  Mestrado e Doutorado da área estão voltados ao estudo das mídias — que são compreendidas num sentido bastante amplo, referindo-se tanto à comunicação de massa quanto às relações interpessoais.

Sobre o Uniso Ciência

O Uniso Ciência é um projeto de divulgação científica da Universidade de Sorocaba, que visa compartilhar o resultado das pesquisas desenvolvidas nos quatro Programas de Pós-Graduação da Instituição: em Ciências Farmacêuticas, Comunicação e Cultura, Educação, e Processos Tecnológicos e Ambientais.

O projeto contempla um jornal, veiculado na edição impressa do Cruzeiro do Sul a cada três meses (com a versão digital disponível neste aplicativo do Cruzeiro do Sul), um canal online (jornalcruzeiro.com.br/uniso-ciencia), além de uma revista bilíngue semestral Science@Uniso.

Leia mais  Nanotecnologia a favor de uma agricultura mais sustentável

Comentários