Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Durante a pandemia, Clínica de Psicologia amplia atendimento

02 de Março de 2021

Ansiedade, depressão, angústia e sensação de estar contido, enclausurado, sufocado, tolhido da liberdade de poder sair e voltar a qualquer hora. Essas foram palavras e expressões bastante ouvidas pelas pessoas que vivenciaram, nesses últimos meses, a pandemia da Covid-19. Quem cumpriu à risca a orientação do isolamento sentiu essas sensações, de alguma maneira, depois de ficar tanto tempo sem sair de casa. O fato é que ficar trancado por tanto tempo levou a um aumento do número de pessoas que buscaram ajuda para superar esse momento tão sui generis da história recente.

Rejane Coan Ferreti Mayer, responsável técnica pela Clínica de Psicologia Serviço-Escola da Uniso. Foto: Paulo Ribeiro

De acordo com a psicóloga Rejane Coan Ferreti Mayer, responsável técnica pela Clínica de Psicologia Serviço-Escola da Universidade de Sorocaba (Uniso), um total de 401 pessoas passaram por 1.726 atendimentos, de 26 de março a 4 de dezembro de 2020. Tal trabalho só foi possível graças à aquisição de um gestor eletrônico, que possibilitou a realização dos atendimentos a distância.

A Clínica de Psicologia é um serviço de extensão universitária atrelado ao curso de Psicologia da Universidade, que atende gratuitamente a população de Sorocaba e região. O serviço faz parte do estágio clínico obrigatório dos alunos de último ano do Curso, com supervisão dos professores psicólogos.

Durante a pandemia, 67 estagiários do curso de Psicologia e 36 psicólogos formados pela Uniso, denominados “embaixadores” da Universidade, trabalharam voluntariamente para atender toda a demanda que se formou especificamente com a Covid-19.

Mayer explica que o Plantão Psicológico tem um foco emergencial. Após o acolhimento do paciente, é feita a avaliação para identificar se é um problema pontual, necessário só para aquele momento ou para ser trabalhado em algumas sessões, ou, ainda, se é um caso que precisa de encaminhamento à psicoterapia (tratamento psicológico). Caso seja necessária a psicoterapia, o paciente pode receber atendimento semanal por até um ano.

Serviços oferecidos

Psicologia Online. Atendimento emergencial online criado em março de 2020, voltado a pessoas com algum sofrimento psíquico. Os atendimentos são feitos por 36 psicólogos voluntários formados pela Uniso. “A ideia é que sejam feitos quatro encontros virtuais, mas a pessoa pode continuar sendo atendida pelo psicólogo, dependendo da necessidade e do que ambos definem durante o processo”, afirma a coordenadora do curso de Psicologia, professora doutora Sylvia Labrunetti. Se for um caso de maior demanda, o paciente pode continuar a ser atendido de maneira voluntária ou por um valor social. E-mail do serviço: [email protected]

PsicoApoio ao Colégio Dom.  A partir de uma necessidade apresentada pelo Colégio Dom, foi criado um braço do programa Psionline para dar suporte aos pais de alunos e funcionários daquela unidade. A demanda chegou como um pedido de ajuda, tendo em vista a identificação de um aumento da insegurança emocional devido à pandemia e questões de como lidar com o medo da doença, com as sobrecargas relacionadas ao isolamento e com as novas realidades domésticas, com filhos e pais fazendo suas atividades profissionais e escolares no mesmo ambiente. Os pais e funcionários se inscreveram por meio e-mail para passar pelo acolhimento e dar início ao atendimento.

Psicoterapia. Serviço de atendimentos clínicos à comunidade. Após a primeira avaliação e triagem, o paciente inicia a psicoterapia e pode continuar sendo assistido neste serviço por até um ano. O atendimento é feito por estagiários do último ano do curso de Psicologia da Uniso, com a supervisão de professores psicólogos.  Durante a pandemia, este serviço, que era presencial, teve continuidade por meios digitais, sem interromper o suporte aos pacientes que já estavam inscritos, e recebeu novos pacientes encaminhados pelo Psionline.

Gestor eletrônico. Em dezembro de 2019, como parte de um programa de melhorias da Clínica de Psicologia, a Uniso adquiriu um gestor eletrônico, que permite a gestão do prontuário do paciente a distância. Por isso, o advento da pandemia e a necessidade de isolamento social não prejudicaram o trabalho, de forma que os pacientes inscritos continuaram sendo atendidos via computador ou celular.

Sigilo e segurança

A plataforma usada para salvar o prontuário dos atendidos, denominada Gestor Psi, é toda criptografada e atende às normas do Conselho Federal de Psicologia, de forma que somente o psicólogo que fez o atendimento do paciente tem acesso. “É muito mais seguro que um prontuário de papel que por vezes fica em um armário com chave”, afirma Mayer.

Os alunos recebem diversas informações e treinamentos teóricos e práticos em disciplinas do curso de Psicologia, bem como durante o período em que estão desenvolvendo a parte prática nos atendimentos da clínica.

Atendimento

Quem recebeu atendimento pelo serviço da Clínica-Escola da Universidade de Sorocaba elogia o trabalho feito e destaca a importância do atendimento em tempos tão difíceis como agora.  Os relatos são de duas pacientes mulheres, cujas identidades foram preservadas.

Paciente 1 - “Talvez o fato de eu já ter passado por terapia anteriormente tenha facilitado minha adesão, mas considero que o protocolo criado pela Clínica e a postura da profissional que me atendeu tenham sido primordiais para que houvesse segurança da minha parte. Desta forma, fiquei tranquila para entender que precisava de mais suporte especialmente para mim e para apresentar questões pessoais e familiares, além da relação com os filhos, que foi o que me levou a fazer a inscrição no programa. Fui atendida por cinco semanas e, além de ter um direcionamento bastante assertivo para minha relação com os filhos e com os desafios que eles me apresentavam, houve acolhimento também para minhas próprias questões”, comentou. E continua: “Com bons resultados em pouco tempo, me senti motivada a retornar para uma terapia presencial para olhar continuamente para as minhas questões emocionais, e fiquei muito satisfeita com esse direcionamento. Minha experiência com a Clínica de Psicologia da Uniso, especificamente com o serviço Psionline, foi bastante satisfatória. A maneira como foi ofertado o atendimento é mais um fator positivo. Ao divulgarem que era algo pontual e mencionarem questões que geraram identificação e sensação de acolhimento, favoreceram muito a decisão de me inscrever.”

Paciente 2 - “O atendimento da Uniso foi importante porque nesse período de isolamento e, principalmente, com aulas virtuais, a gente começa a acumular muitas tarefas porque o virtual permite isso, de você dar aulas, ter aula, fazer outras atividades concomitantes. Com o tempo, a gente precisa parar e entender que, apesar das possibilidades de se poder fazer muitas coisas ao mesmo tempo no virtual, o tempo, a demanda, a atenção que você precisa dar para cada coisa ainda é num tempo real. O atendimento foi importante para que eu conseguisse me organizar nas minhas atividades, entender que não dá para fazer tudo e que você tem um tempo de adaptação... A gente conseguiu estabelecer quais as adaptações que eu precisava para passar aquilo que eu fazia normalmente no presencial para o virtual e entender que são tempos diferentes. O mais importante desse atendimento foi conseguir dimensionar e me organizar dentro das minhas questões de trabalho, de estudo e de pesquisa. Além disso, foi importante também como um meio de companhia, já que nesse período de isolamento a gente não encontra mais as pessoas. Eu moro sozinha, então também é um momento de conversar, de compartilhar experiências e um pouco do dia a dia, mesmo que seja pelo virtual, para que a gente não se sinta tão isolada.”

Texto: Marcel Stefano