Buscar no Cruzeiro

Buscar

Recife pode ser o seu primeiro destino de viagem pós-Covid

08 de Setembro de 2020 às 15:06

Conhecida pelas praias paradisíacas, pelo Carnaval exclusivo - ao ritmo de frevo e maracatu - e pela arquitetura do período colonial, a capital pernambucana e cidades vizinhas oferecem atrações para os visitantes durante todas as estações do ano. Crédito da foto: Divulgação

Recife, capital do Estado de Pernambuco, no Nordeste do Brasil, reúne tudo o que os turistas procuram: belas praias e uma série de passeios e roteiros sobre a parte histórica, cultural e gastronômica da cidade.

Além disso, a capital pernambucana é famosa pela praia de Boa Viagem e por uma das maiores festa de Carnaval do Brasil, com o famoso bloco Galo da Madrugada, que é considerado o maior do mundo. O bloco arrasta milhões para a folia ao som do frevo, ritmo tradicional da festa.

Outro atrativo de Pernambuco é a também famosa cidade de Olinda, próxima à capital. A cidade é conhecida pelos seus tradicionais bonecos gigantes, famosos no Carnaval, pelo frevo e o maracatu. Além de suas históricas ladeiras que fazem da cidade de Olinda o berço da cultura brasileira.

Recife reúne belas praias e uma série de passeios e roteiros sobre a parte histórica, cultural e gastronômica da cidade. Crédito da foto: Divulgação

Um passeio por Olinda inclui conhecer os casarões antigos da cidade como os conventos, mirantes, ateliês, museus e igrejas.

Segundo o guia de turismo, Marco Antônio Cardoso de Almeida, que atua há 18 anos na profissão, depois de meses parado, o setor turístico retoma suas atividades em Recife, adotando todas as medidas de segurança recomendadas pelas autoridades sanitárias e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “Todos os guias de turismo credenciados passaram por treinamento e possuem um selo de segurança, onde é possível atestar que cumprimos as regras recomendadas e os protocolos de segurança durante os passeios para prevenir a contaminação pela Covid-19”, afirma Marco.

Sorocabano que adotou a capital pernambucana para morar e trabalhar, Marco conhece como ninguém os roteiros turísticos de Recife. Para ele, um dos principais cartões postais da cidade é certamente a famosíssima praia de Boa Viagem.

O guia afirma que é preciso seguir as orientações sobre o risco de tubarões na praia, mas que respeitando o limite recomendado (de água na cintura) o banho de mar é totalmente seguro, sobretudo na praia de Boa Viagem. “Recife é uma cidade alegre, pra cima e alto astral. E o povo recifense é hospitaleiro e gosta de turistas”, destaca Marco.

Uma praia para cada tipo de visitante

As praias, sem dúvida, são alguns dos principais atrativos de Pernambuco. Além da Boa Viagem, em Recife, outras famosas praias encantam turistas brasileiros e estrangeiros por conta de suas exuberantes belezas.

Uma das mais procuradas pelos turistas é a praia de Porto de Galinhas, distante cerca de uma hora da capital pernambucana. A praia é famosa pelos seus recifes de corais, que formam belas piscinas naturais com águas cristalinas, e que proporcionam mergulhos incríveis aos visitantes.

Piscina e corais são atração em Porto de Galinhas. Crédito da foto: Divulgação

Outra praia imperdível do litoral de Pernambuco é a Praia dos Carneiros, localizada na cidade de Tamandaré. Ela é considerada uma das mais bonitas do Brasil. O local ainda possui uma bela capela, construída no final do século 17, que e fica de frente ao mar. “É um passeio imperdível”, destaca Marco.

Outro município que vale muito a pena a visita é Cabo de Santo Agostinho, que faz parte da Região Metropolitana de Recife. “Com belas praias e mirantes cinematográficos, a região ainda conta com um setor histórico super interessante”, aponta o guia.

Uma viagem no tempo por igrejas e museus

Recife também é conhecido por suas igrejas históricas como o complexo de edifícios do Convento e Igreja de Santo Antônio. “Há uma capela dourada muito visitada por turistas estrangeiros, com altar e teto de cedro folheado a ouro na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, que faz parte do complexo”, aponta o guia Marco Antônio Cardoso de Almeida.

Conforme o guia, as igrejas antigas de Recife são exemplos típicos da cultura barroca do século 16. A igreja Madre de Deus reúne mobiliário e colunas douradas, típicas do barroco. Localizada no centro histórico, a igreja chama atenção pelas várias imagens de anjos e o dourado de suas colunas retorcidas.

Estilo barroco da Igreja Santo Antônio chama atenção. Crédito da foto: Divulgação

Outra igreja imperdível é a Basílica e Convento de Nossa Senhora do Carmo, que estão localizados no bairro de Santo Antônio, também no Centro. Ao lado fica a Igreja de Santa Tereza da Ordem Terceira do Carmo.

Também merecem uma visita o Pátio de São Pedro, que é uma das atrações do centro histórico da capital pernambucana. O local reúne a Catedral de São Pedro dos Clérigos, o Memorial Chico Science e uma das filiais do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães.

E para quem aprecia arte e cultura, o passeio imperdível em Recife são os vários museus, como o Paço do Frevo e o Museu Cais do Sertão. Além do Instituto Ricardo Brennand, sediado em um complexo arquitetônico em estilo medieval, composto por museu, pinacoteca e biblioteca.

Há ainda a antiga olaria da família do ceramista Francisco Brennand, que foi transformada em ateliê e museu. O local abriga suas esculturas e pinturas, além de um passeio pelo belo jardim projetado por Burle Marx.

Roteiro une história e gastronomia

Recife tem roteiros turísticos cheios de história, cultura e gastronomia. O guia turístico Marco Antônio Cardoso de Almeida recomenda um passeio imperdível de catamarã -- espécie de barco com dois cascos -- pelo rio Capibaribe. O percurso inclui as três ilhas do centro da capital pernambucana -- Santo Antônio, Recife Antigo e Boa Vista -- e as famosas pontes, sendo nove no total.

“Passa por dentro da cidade e por vários pontos turísticos e históricos de Recife, como o Palácio do Campo das Princesas, que é a atual sede administrativa do poder executivo estadual e chegou a ser sede do governo da República, na época do presidente Arthur da Costa e Silva, em 1967.

Bem próximo ao palácio fica o famoso prédio do Teatro de Santa Isabel, localizado na Praça da República. O teatro de arquitetura neoclássica -- primeira metade do século 19 -- foi nomeado em homenagem à Princesa Isabel.

Também às margens do rio Capibaribe, a rua da Aurora é outra atração turística que abriga sobrados coloridos do século 19.

Outro passeio imperdível do Centro antigo de Recife é a famosa e colorida rua Bom Jesus, considerada a terceira rua mais bonita do Brasil. Nela estão a primeira sinagoga do Brasil, chamada Kahal Zur Israel, que virou o Centro Cultural Judáico, além da Embaixada dos Bonecos Gigantes (um museu sobre os clássicos bonecos do Carnaval de rua).

O guia Marco destaca que a paisagem urbana de Recife é cortada por canais e pontes que revelam parte da história da cidade, com suas igrejas e fortes, que contam a mistura dos domínios português e holandês no século 17.