Turismo

Praia do Forte tem de tudo um pouco, como piscinas naturais

Antigo vilarejo de pescadores, o lugar se transformou em destino turístico badalado
Praia do Forte tem de tudo um pouco
Programa favorito é nadar entre peixes coloridos nas piscinas naturais da praia de Papa-gente – Foto: Divulgação / praiadoforte.org.br

Para quem prefere o lado ensolarado da Bahia, um destino imperdível é a Praia do Forte. Cercada de paisagens de tirar o fôlego, esse paraíso tropical localizado no município de Mata de São João, integra a chamada Linha Verde, a cerca de 80 quilômetros ao norte do Centro Histórico de Salvador. Antigo vilarejo de pescadores, o lugar se transformou em destino turístico badalado, com uma das melhores infraestruturas do litoral brasileiro.

As principais atrações do lugar, como não poderia deixar de ser, concentram-se nas belas praias, piscinas naturais, coqueirais (uma de suas marcas registradas), lagoas, cachoeiras, trilhas, reservas ecológicas, campos de golfe, pousadas, hotéis e resorts de luxo, em meio às construções centenárias, além, é claro, da célebre simpatia dos habitantes locais.

Mas, não é só isso. O turista que não perde a oportunidade de ir às compras tem muito o que ver na atraente vila. As ruas estreitas e aconchegantes são repletas de lojas de todos os tipos, desde aquelas dedicadas a roupas de grife até os famosos suvernires baianos.

Ecologia

Preservação da natureza é outra marca registrada da Praia do Forte. Berço do Projeto Tamar — preservação das tartarugas — o vilarejo abriga a Reserva Ecológica Sapiranga. O local possui sete trilhas que devem ser percorridas na companhia de um guia cadastrado. São vários os meios de se desbravar o local. Você pode ir a pé, a cavalo, de bicicleta ou de bugues e quadriciclos.
Outros passeios interessantes são o Centro de Estudo Ambiental Klaus Peters, um banho refrescante no rio Pojuca — onde também é possível praticar rafting e tirolesa — e curtir a lagoa Açu.

Cultura

A região preserva tradições populares e uma herança culinária riquíssima, que combina hábitos indígenas e lusitanos com ingredientes trazidos da África pelos escravos. Os destaques ficam por conta das rodas de capoeira, samba-de-roda, maculelê e artes marciais. Tradição peculiar são as caretas da Praia do Forte, que se repetem anualmente entre fevereiro e abril. Neste período, homens de todas as idades percorrem as ruas como o corpo coberto por folhagens, usando mascaras representado animais e sinos nos pés.

No quesito mar, os destaques ficam por conta das praias do Lord, do Porto e do Papa-Gente. Esta última é um dos destinos mais procurados, pois concentra inúmeras piscinas naturais onde se pode mergulhar em meio a cardumes de peixes coloridos. (Da Redação, com agências)

Comentários

CLASSICRUZEIRO