Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Porto Alegre, uma senhora que acabou de fazer 249 anos

30 de Março de 2021

Porto Alegre, uma senhora que acabou de fazer 249 anos A beleza do pôr do sol no Lago Guaíba. Crédito da foto: Renato Soares / Mturdestinos

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, completou 249 anos na última sexta-feira (26). A história registra que a cidade foi fundada em 1772, 20 anos depois da chegada de 60 casais açorianos enviados pelo rei de Portugal ao porto de Viamão para povoar o sul do Brasil. Com o tempo, passou a acolher alemães, franceses, italianos, espanhóis, africanos, poloneses, libaneses, entre outros. E hoje? Como está a capital dos Gaúchos? A reportagem pediu ajuda a Evandro Costa, guia local -- para revelar um pouco dos segredos e encantos de POA. Bora ver as dicas para viajar quando a pandemia permitir, tchê. Está tri legal!

Nascido e criado em Porto Alegre, Evandro Costa tem 27 anos e é guia de turismo e cofundador da Viva+POA. Ele detalhou uma opção de tour turístico com três dias de duração. “A capital gaúcha oferece opções para todos os gostos, desde os passeios convencionais, com visitas aos lugares mais conhecidos da cidade, até as opções mais diferenciadas, como uma caminhada noturna para conhecer as lendas urbanas da cidade”, disse.

O city tour sugerido por Evandro começa de manhã cedo, pelo centro histórico, no Mercado Público da cidade. “Um lugar que respira cultura e diversidade, onde tu poderás encontrar os mais variados hortifrutis, produtos coloniais, peixes e frutos do mar, além, claro, do nosso famoso chimarrão”, afirmou. “Na banca 25 tu poderás comprar tua cuia, bomba e erva mate, para experimentar esta famosa bebida típica entre os gaúchos. No mercado, tu também irás encontrar restaurantes históricos da cidade, como o Gambrinus e o Naval, com suas especialidades em frutos do mar”.

Seguindo no centro histórico pela rua dos Andradas -- que ainda é chamada de rua da Praia por antigamente estar à beira do lago Guaíba -, o passeio vai em direção à Orla Moacyr Scliar. “Neste trajeto tu poderás conhecer diversos museus e espaços culturais, como o Farol Santander localizado no prédio onde funcionou importantes bancos do Rio Grande do Sul”, detalhou, registrando que ali perto fica o Memorial do Rio Grande do Sul, além do Museu de Artes do RS, no prédio da antiga Delegacia Fiscal. “Todos ficam no entorno da Praça da Alfândega, um dos pontos de início da ocupação de Porto Alegre”, disse.

Porto Alegre, uma senhora que acabou de fazer 249 anos Casa de Cultura Mário Quintana recebeu o nome de um dos maiores poetas gaúchos. Crédito da foto: Renato Soares / Mturdestinos

Mais adiante ainda pela rua da Praia outros dois clássicos da cidade, a Casa de Cultura Mário Quintana, antigo Hotel Majestic, e a Igreja Nossa Senhora das Dores, a igreja mais antiga da cidade ainda de pé e que carrega uma das lendas urbanas mais famosas da capital, a lenda das torres amaldiçoadas. “Este aqui é para quem gosta de passeios não tão convencionais, então, fica a dica de fazer um tour sobre as lendas urbanas da cidade”, comentou.

No tour de aniversário, o turista segue até chegar na Orla Moacyr Scliar. “Tu poderás te deslumbrar com cenário perfeito entre o Lago Guaíba, nosso principal cartão-postal, e a infraestrutura do local”, disse, lembrando também as opções de ciclovias, passarelas sobre as águas do lago, quadras esportivas e um gramado amplo para sentar-se e tomar o chimarrão. “Tu poderás almoçar no POA 360 gastrobar, um restaurante panorâmico com vista para o lago”, sugeriu.

Depois do almoço, a sugestão é fazer um passeio de barco pelo lago Guaíba e conhecer as ilhas que fazem parte do Delta do Jacuí, uma unidade de conservação que preserva o ambiente natural no entorno da parte mais urbanizada da cidade. “O passeio acontece todos os dias às 15h independentemente do número de pessoas. Depois do passeio, bora relaxar, pegar a tua canga e se sentar na grama para admirar o espetáculo do pôr do sol no Lago Guaíba”, convidou o guia.

Porto Alegre também é famosa pela sua área verde: são mais de 600 praças e 9 parques espalhados pela cidade. O Parque Farroupilha, por exemplo, possui diversos recantos de descanso e contemplação, além de ser um verdadeiro museu a céu aberto, com esculturas e monumentos históricos da cidade. “Recomendo visitar o Brick da Redenção, uma feira ao ar livre de antiguidades, artesanatos, artistas plásticos e alimentação. A feira acontece desde 1979 aos domingos, na Avenida José Bonifácio, ao lado do parque”, explicou, citando também outros parques famosos da cidade: Moinhos de Vento e o Marinha do Brasil. (Da Redação com informações do Ministério do Turismo)