Turismo

Patagônia é um convite à aventura

O território é um dos destinos turísticos mais instigantes da América do Sul
Patagônia é um convite à aventura
Diferente de qualquer outra região do planeta, o território de 1 milhão de quilômetros quadrados entre o Chile e Argentina está entre os destinos mais instigantes. Crédito da foto: Divulgação

Lindo, gelado e único no planeta. Assim é a Patagônia, um dos destinos turísticos mais instigantes da América do Sul. Ocupando 1 milhão de quilômetros quadrados — quatro vezes o tamanho do Estado de São Paulo — da Argentina e do Chile, ali tudo é superlativo, desde os picos brancos e gelados que se elevam na paisagem como gigantescas torres de castelos medievais, até a fervilhante vida animal concentrada em diferentes trechos.

O “território-continente” é acessível tanto para quem deseja se aventurar e descobrir novos caminhos com a mochila nas costas, quanto para aqueles que não abrem mão do conforto de um hotel e de passeios programados com infraestrutura turística. A região possui boa infraestrutura hoteleira e inúmeras agências de viagens especializadas em passeios locais.

Patagônia é um convite à aventura
Estendendo-se do rio Colorado à Terra do Fogo, a Patagônia possui boa estrutura hoteleira e cenários deslumbrantes. Crédito da foto: Divulgação

Além da natureza deslumbrante, a gastronomia merece destaque. Quase tudo é diferente, mas delicioso, começando pelo assado de cordeiro e empanadas. Os vinhos e chocolates da região completam o vasto cardápio que incluem pratos da culinária italiana. Na mala, evidentemente, o visitante não pode esquecer dos casacos, bonés, botas, calçados confortáveis, óculos de sol, protetor solar e capa de chuva, lembrando que durante o dia pode fazer calor em algumas épocas do ano.

Muito o que explorar

Patagônia é um convite à aventura
Crédito da foto: Divulgação

No lado do Chile este recanto paradisíaco começa ao sul de Puerto Monntt; pela Argentina a Patagônia começa ao sul do rio Colorado, o que inclui Bariloche e a Península Vales. Em comum é que os dois lados são separados pelos Andes em um cenário de geleiras e planícies somadas na última Era Glacial. As duas faces do território, no entanto, se juntam, para terminar na Terra do Fogo, estremo sul da América, onde fica o Cabo Horn.

Leia mais  Santiago, no Chile, é destino tendência em 2019

 

A Patagônia Argentina abrange cinco províncias (Tierra del Fuego, Santa Cruz, Chubut, Rio Negro e Neuquén) e está dividida em Andina e Atlântica. Montanhas, geleiras, florestas e lagos são o cenário da Patagônia Andina e fazem dela um lugar ideal para a prática de esportes de aventura. Seus pontos principais são Terra do Fogo, San Carlos de Bariloche e Parque Nacional Los Glaciares. Outros lugares interessantes são o Parque Nacional Lanín, as Termas de Copahue, Parque Nacional Laguna Blanca e San Martin de Los Andes.

Patagônia é um convite à aventura
Crédito da foto: Divulgação

A paisagem muda completamente a leste, onde extensas e áridas planícies litorâneas formam a Patagônia Atlântica. A região é um verdadeiro santuário ecológico: baleias brancas, orcas, lobos e elefantes marinhos, pinguins e outras aves marinhas se concentram, principalmente na Península Valdés. Outras reservas faunísticas importantes são Punta Tombo — com a maior concentração de pinguins magalhânicos –, Caleta Valdés, La Lobería, Camaronês, Reserva Natural Ría Del Deseado. Viedma, Río Gallegos, Trelew, Rawson, Puerto Deseado e Comodoro Rivadavia são as principais cidades desse lado. (Da Redação, com agências)

Comentários

CLASSICRUZEIRO