Turismo

Para curtir o Carnaval com ou sem folia

iagens reúne dicas para quem gosta de estar no meio da folia e também para aqueles que preferem fugir dela
Gruta do Anjo, em Socorro (SP), a 200 quilômetros de Sorocaba, e as Ilhas do Rosário, no litoral colombiano, são opções para aproveitar o feriadão do Carnaval longe da folia. Crédito da foto: Divulgação

 

Falta menos de um mês para o Carnaval, mas ainda dá tempo escolher onde ou como aproveitar o primeiro feriadão de 2020. Viagens reúne dicas para quem gosta de estar no meio da folia e também para aqueles que preferem fugir dela.

Capitais de folia

Rio, Salvador, Belo Horizonte, Recife e São Paulo têm, cada uma à sua maneira, folia no pé, durante e pós Carnaval. No Rio, são mais de 450 blocos de rua oficiais, e quem quiser acompanhar os desfiles do Grupo Especial na Sapucaí deve comprar ingresso com antecedência — desde R$ 270 em riocarnaval.com).

Em Salvador, a festa começa oficialmente em 21 de fevereiro: os blocos Fuzuê e Furdunço abrem a festa e depois os milhões de foliões se dividem entre os circuitos de Barra-Ondina e Campo Grande-Avenida Sete, centro histórico e bairros com blocos.

Leia mais  Aeroportos de São Paulo têm movimento tranquilo na véspera de carnaval

Recife segue um roteiro similar todo ano, com o Galo da Madrugada abrindo a folia no sábado (22) e shows no Marco Zero e em outros pontos espalhados pela cidade.

São Paulo, por sua vez, chega a 2020 com 865 blocos e cordões inscritos na Prefeitura, número 55,5% maior do que no ano passado. E há ainda os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial no Anhembi — ingressos desde R$ 90 em ingressosligasp.com.br.

Já em Belo Horizonte os blocos saem entre 8 de fevereiro e 1º de março. Também há os desfiles de escolas na avenida Afonso Pena.

Ilha do Rosário. Crédito da foto: Divulgação

Cartagena

Quatro dias são ideais para a cidade colombiana: de avião, 9 horas de São Paulo, contando a conexão, já que não há voos diretos. Fevereiro é verão e época de seca, ou seja, vantajoso para passear sem risco de chuva. Porém, prepare-se para o calor: a temperatura média fica entre 24 e 30 graus. Entre os passeios imperdíveis estão: visitar as Ilhas do Rosário de barco; o Castelo San Felipe de Barajas e o Palácio da Inquisição; explorar o comércio sob os arcos La Bóvedas, o centro e o que tem entre as muralhas; circular pelo Convento de la Popa; e, claro, curtir a praia.

Leia mais  Último dia de Carnaval em Sorocaba tem cultura zen, música e bloco

Socorro

Para quem quer fugir da bagunça e não quer gastar muito tempo com deslocamento, a cidade a 200 quilômetros de Sorocaba é ótima opção porque recebe bem casais, grupos de amigos e famílias com crianças. Socorro não fecha os olhos para a folia: costuma ter blocos tocando marchinhas e shows na Praça da Matriz. Mas tudo bem mais tranquilo, porque o forte da cidade é sua beleza natural contemplativa e adaptada para esportes radicais. E a lista de atividades é grande: banhos em cachoeiras, rafting no Rio do Peixe, trekking pelas grutas, rock view (salto de penhasco) na Pedra Bela Vista, trilhas, passeios de quadriciclo, stand up paddle, tirolesa, boia cross e diversão nos parques Monjolinho e dos Sonhos. (Da Redação, com Estadão Conteúdo)

Comentários