Turismo

O Natal encantado de Curitiba

Capital paranaense oferece mais de 70 atrações alusivas à data, a maioria gratuita
O tradicional Coral Palácio Avenida reúne mais de 100 crianças, numa apresentação imperdível e emocionante. Foto: Marcel Scinocca

Ficar de varde, como se diz em Curitiba, ou ocioso, é algo que nenhum turista consegue fazer na capital paranaense. Com a extensa e emocionante programação natalina, então, o visitante precisará até de uns dias extras se quiser conhecer tudo que a cidade oferece. As atrações alusivas ao Natal começaram em 22 de novembro e vão até o dia 25 deste mês, Dia de Natal.

A apresentação com mais de 100 crianças de escolas municipais e de instituições de acolhimento, apoiadas pelo banco Bradesco, faz parte das principais atrações e, seguramente, é um dos espetáculos natalinos mais emocionantes do Brasil. Com 45 minutos de duração, o tema esse ano é “Tempo de Sonhar”. O espetáculo será apresentado até o dia 16 deste mês e é encerrado com uma queima de fogos de artifício. A entrada é gratuita, mas vale um aviso: quem quiser prestigiar a apresentação em pontos privilegiados e ou ver mais de perto a atração precisa chegar cedo, com pelo menos duas horas de antecedência. Há venda de camarotes, mas a compra também é antecipada. O evento chega a reunir 30 mil pessoas numa única noite.

O projeto foi iniciado há quase 30 anos pelo então banco Bamerindus. Mais tarde 1997 –, o banco foi vendido, mas as apresentações foram mantidas pelo HSBC. Com a aquisição do banco pelo Bradesco, em 2015, o coral no Palácio Avenida foi um dos compromissos mantidos pela instituição financeira.

Mais de 70 atrações natalinas

Confira parte da programação do Natal de Curitiba, que inclui mais de 70 atrações:

Vila de Natal Electrolux da Praça Santos Andrade – Feira com artesanato, gastronomia e uma roda gigante iluminada, todos os dias, até 23 de dezembro, entrada gratuita.

Coral Palácio Avenida – Natal do Bradesco 2018, até 16 de dezembro, entrada gratuita.

Natal do Paço 2018 – O Chefe da Fábrica – Diversas apresentações até 13 de dezembro, entrada gratuita.

Parada de Natal do Batel – Evento com carros alegóricos, figurinos exclusivos e trilha sonora gravada pela Orquestra Filarmônica de São Petersburgo (Rússia). Até 18 de dezembro, entrada gratuita.

Maria Fumaça do Natal – A locomotiva Maria Fumaça Mallet 204, com adereços natalinos, percorrerá vários bairros da cidade, até 15 de dezembro, com entrada gratuita.
As atrações do Natal de Curitiba vão até o dia 25 de dezembro. A decoração em boa parte da cidade ficará até 6 de janeiro. A agenda completa está disponível no site oficial: natal.curitiba.pr.gov.br.

Atrativa o ano todo

Árvores de Natal gigantes, recheadas de milhares de luzes, estão em vários pontos da cidade. Foto: Marcel Scinocca

Curitiba possui dezenas de atrações para qualquer época do ano. Segundo a Secretaria de Turismo da cidade, quatro milhões de turistas a visitaram em 2017. Não poderia ser diferente. A cidade leva o turismo a sério. Essa sensação se vê em todos os cantos e inclui vários aspectos como a ampla rede hoteleira, as dezenas de atrações históricas, ambientais e culturais, a gastronomia invejável e, é claro, o acolhimento do curitibano, que está em cada detalhe.

Há visitas que são obrigatórias para quem está na cidade. Uma dessas obrigações está relacionada com a Ópera de Arame, um dos pontos turísticos mais visitados de Curitiba. O local ganhou um projeto ousado com a iniciativa Vale da Música. Com preços populares, o projeto, em parceria com o Bradesco, Futura Fonte e DC Set Eventos, traz, por exemplo, atrações em um palco flutuante e móvel, no meio do lago da Ópera de Arame. Um teleférico, o primeiro de Curitiba, será inaugurado em breve. O local também tem espaço para gastronomia, incluindo a releitura de pratos típicos da região.

Falando em gastronomia, o roteiro na cidade inclui vários pratos de diversas regiões do mundo. O pierogi, pastel cozido de origem polonesa, é um deles. A culinária asiática, presença forte na cidade, é atração no restaurante Hai Yo, que fica no tradicional e requintado Grand Hotel Rayon. O Hai Yo, para se ter ideia, tem como chef o renomado Kazuo Harada, com atuação no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Em se tratando da culinária italiana, o Terrazza 40, no topo 40º andar de um dos prédios mais altos de Curitiba, traz receitas italianas originais e com a esplêndida vista panorâmica da cidade.

A visita ao Mercado Municipal de Curitiba também é indispensável. O local tem mais de 50 anos e conta com diversos tipos de comércio, incluindo espaço para produtos orgânicos. Uma das atrações no local é a loja Cativa Natureza, pioneira no Brasil a vender cosméticos com insumos rastreados, sem testes em animais ideais para veganos — ou uso de espécies vegetais em extinção.

A gastronomia também tem presença garantida no Mercado Municipal, incluindo o Anarco. O restaurante oferece como uma das sobremesas sorvete de goiaba com bacon. Ele é, digamos, polêmico, mas, certamente, a experiência é válida.

Para conhecer os principais atrativos, Curitiba conta com linha de ônibus exclusiva para turistas. Trata-se da Linha Turismo, que funciona sete dias por semana. Essa linha é composta por ônibus especial, de dois andares, que circula nos principais pontos turísticos. Com ela, é possível conhecer os parques, praças e prédios históricos. Circula a cada 30 minutos, percorrendo aproximadamente 44 km em cerca de 2 horas e meia.

*O repórter viajou a convite do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba (IMT), Curitiba Convention Bureau e BWT Operadora

Comentários

CLASSICRUZEIRO