Mix Turismo

Inverno traz atrações em dobro em Campos do Jordão

Com programação reformulada, as mais de 100 atrações deste ano abrangem de música erudita a pop
Inverno traz atrações em dobro
Vila Capivari é um dos atrativos imperdíveis de Campos do Jordão. Crédito da foto: Divulgação / Secretaria Estadual de Turismo

Outro destino festivo imperdível nesta época do ano é Campos do Jordão. Localizado na Serra da Mantiqueira, a 270 quilômetros de Sorocaba, o municípios que é um dos principais destinos de inverno do país, sedia até 28 de julho o 50º Festival de Inverno. Com programação reformulada, as mais de 100 atrações deste ano abrangem de música erudita a pop — com apresentações de Carlinhos Brown, Lenine, Fafá de Belém, Toquinho e Diogo Nogueira. Os espetáculos ocorrem em igrejas, capelas, auditórios e na Vila Capivari.

Além da música e do clima ameno, a cidade conhecida como “Suíça brasileira” tem inúmeras outras atrações para oferecer aos visitantes. O roteiro pode começar pela Vila Capivari. Ponto de encontro dos turistas, o local reproduz o glamour do Alpes, com direito a bares e restaurantes em meio às construções com arquitetura europeia. O local também concentra lojas de malhas e as tradicionais chocolatarias. Durante o Festival de Inverno, a praça central do bairro fica ainda mais atraente com os constantes espetáculos e apresentações culturais que acontecem em sua concha acústica.

Leia mais  São Roque abre a temporada da alcachofra

Teleférico – Ainda no Capivari, o turista pode apreciar a vista e o clima de Campos do Jordão em um passeio de teleférico. Do alto do Morro do Elefante, para onde o turista é levado, ele encontra uma das vistas mais bonitas da região. O passeio de 560 metros demora cerca de cinco minutos.

Bondinho – Os bondinhos são outras atrações muito procuradas de Campos do Jordão. O turista pode optar por dois roteiros: entre as estações Emílio Ribas e Abernéssia ou entre a estação Emílio Ribas e a parada no Portal, respectivamente com 30 minutos e uma hora de duração.

Auditório Cláudio Santoro – Inaugurado em 1979, é palco para concertos de música clássica e espetáculos de dança e teatro. O espaço tem capacidade para 814 pessoas. Do lado de fora fica o Museu Felícia Leirner, um espaço ao ar livre com diversas esculturas da artista.

Leia mais  Elvis precisa de um lar

Palácio Boa Vista – Construído entre 1938 e 1964, o edifício em estilo medieval é uma das residências oficiais dos governadores paulistas e também um centro cultural. Possui grande acervo artístico e cultural, como mobiliários dos séculos 17 e 18, antiguidades, esculturas, peças decorativas, objetos religiosos, e obras de artistas contemporâneos, como Tarsila de Amaral, Anita Malfatti, Aldo Bonadei e Di Cavalcanti.

Outros locais que não podem ficar fora do roteiro em Campos do Jordão: Morro do Elefante, com 1.800 metros; Parque Amantikir Garden, que reúne 28 jardins de várias partes do mundo e mais de 700 espécies de plantas; o Tarundu oferece 33 atividades em meio à natureza; e o Horto Florestal. (Da Redação, com Secretaria Estadual de Turismo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO