Turismo

Holambra em cores e formas

Famosa pelo cultivo de flores, a cidade reúne diversas atividades para os turistas
Holambra em cores e formas
O colorido das flores, os aromas, a arquitetura holandesa, tudo encanta os visitantes de Holambra. Crédito da foto: Divulgação

Mais conhecida pela beleza e o colorido das flores, a cidade de Holambra está repleta de curiosidades, a começar pelo nome: você sabia que Holambra é a soma das iniciais de HOLanda, AMérica e BRAsil?

Leia mais  Araçoiaba da Serra e Votorantim se tornam Municípios de Interesse Turístico

 

Com forte influência da colonização holandesa na arquitetura e gastronomia local, os habitantes transformaram essa aconchegante cidade em um pedacinho da Holanda em terras tropicais. Localizada a 125 quilômetros de Sorocaba, o município é famoso pelo cultivo de flores e a respectiva festa temática Expoflora, que acontece de 30 de agosto a 29 de setembro.

“É um dos maiores eventos de São Paulo”, afirma a coordenadora de comunicação da Expoflora, Vera Longuini. Em média, a feira recebe 300 mil pessoas em cinco finais de semana. Além disso, a coordenadora de comunicação lembra que durante a exposição são injetados nada menos de R$ 24 milhões em Holambra e nas cidades vizinhas em um raio de 80 quilômetros. “Holambra não tem uma rede hoteleira grande, por isso parte dos nossos visitantes se hospedam nos arredores”, diz.

Holambra em cores e formas
Trabalhadores dão toda a atenção às flores. Crédito da foto: Divulgação

Moinho Povos Unidos

Construído em 2008 para celebrar o aniversário de 60 anos da imigração holandesa, o Moinho Povos Unidos é o maior moinho típico de grãos da América Latina e um dos principais atrativos turísticos do interior do Estado de São Paulo. Com aproximadamente 38 metros, altura semelhante à do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o monumento oferece aos seus visitantes um mirante com visão panorâmica privilegiada da Capital Nacional das Flores, dos campos de produção e, ao longe, de municípios próximos a Holambra. São cinco andares temáticos abertos à visitação. Funciona às quartas, quintas, sextas, das 9h30 às 17h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h. Entrada: R$ 10 / meia-entrada: R$ 5 (professor, estudante e idoso). Crianças até 10 anos não pagam.

Holambra em cores e formas
Moinho oferece uma visão panorâmica da cidade e das áreas de plantio. Crédito da foto: Divulgação

Museu da Imigração

O Museu Histórico da cidade é uma oportunidade de voltar no tempo e relembrar a saga dos primeiros imigrantes holandeses, sua trajetória de uma Holanda devastada pela Segunda Guerra Mundial até a antiga Fazenda Ribeirão, onde o município foi fundado. Além de um grande acervo fotográfico, filmes e relíquias que vão de utensílios domésticos a tratores trazidos da Europa pelos colonos pioneiros, o museu oferece aos visitantes a experiência de vivenciar a realidade dos imigrantes em réplicas de casas de época tradicionais, com mobiliário totalmente original. Funciona aos sábados e domingos, das 10h às 17h. Ingresso custa R$ 3.

Passeio turístico

Holambra em cores e formas
Portal da cidade já é um convite para o turista. Crédito da foto: Divulgação

Com aproximadamente 40 km2 de área rural, a cidade é responsável por cerca de 50% do mercado florista do País, além de contar com diversos mercados especializados em vendas por varejo que garantem aos visitantes a oportunidade de levar para casa um pouco da magia das famosas flores holambrenses, diversas nas cores, cheiros, formas e tamanhos. Toda essa beleza que encanta brasileiros dos quatro cantos do país pode ser vista também, durante todo o ano, em passeios guiados pelos campos de produção. O valor médio dos passeios é de R$ 20 a R$ 40 por pessoa. Saiba mais em www.holambra.gov.br. (Da Redação, com informações da Secretaria Estadual de Turismo)

Comentários