Turismo

Castelo encantado

Hotel de Araxá oferece experiência de uma imersão nos anos dourados
Castelo encantado
Crédito da foto: Admir Machado

Ao cruzar a fronteira de São Paulo e Minas a caminho de Araxá (MG) você já percebe uma mudança de ares, de sons e de paisagens. A estradinha vai serpenteando pelas colinas, aumentando a expectativa da chegada. O sobe e desce, curva pra lá, curva pra cá, pontes estreitas sobre “corginhos” e uma vegetação tropical de altitude, bem diferente, toma conta das janelas do carro. É a Serra da Canastra que começa a despontar e mostrar sua silhueta graciosa. É o primeiro cartão de visita para quem vai em direção às terras dos antigos índios araxás que habitavam a região.

Leia mais  Romantismo nas montanhas em Campos do Jordão

 

A cidade é relativamente pequena, com cerca de 105 mil habitantes, gente pacata e com aquele sotaque “mineirin”. Pela estrada, antes de entrar à parte urbana, as placas avisam a aproximação do destino: vire à esquerda. De repente você começa a descer para um vale de mata exuberante e logo vê entre as árvores a fachada de um grande castelo, imponente, majestoso. É o Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá.

O hotel, que oferece 283 acomodações em diferentes configurações, é cercado por jardins projetados pelo paisagista Roberto Burle Max, o que já é uma atração à parte. O estilo arquitetônico do castelo é o neoclássico, com colunas e arcos, típicos das antigas construções coloniais da América espanhola. Ao entrar no amplo salão onde está a recepção, a gente se sente hóspede da realeza. É preciso de uma mapa em mãos para se localizar e acessar os salões de chá, do café da manhã e das refeições, o Scotch Bar e os corredores que levam às termas, aos jardins, piscinas climatizadas e ao grande lago artificial encostado no hotel.

Volta ao passado

Castelo encantado
Piscina emanatória garante momentos de relaxamento. Crédito da foto: Admir Machado

No segundo andar, as suítes preservam o lindo mobiliário dos anos 40, que combinam com o pé-direito alto, com pisos originais do prédio, que começou a ser construído em 1938 e foi finalizado em 1944, sendo inaugurado com pompas pelo então presidente Getúlio Vargas. Naquela época, o hotel até sediou um cassino, quando o jogo ainda era permitido no Brasil.

O charme do hotel está na sua grandiosidade e nos detalhes dos lustres antigos, afrescos, janelões, vitrais, nas peças importadas dos banheiros muito bem preservadas. Você respira passado, aquela atmosfera glamourosa dos anos dourados.

Lazer para adultos e crianças

O Grande Hotel de Araxá atende bem a todos os perfis de hóspedes. É destino de casais, famílias com crianças e grupos da Melhor Idade, que ficam maravilhados com as instalações. Enquanto as crianças menores ficam com a equipe de recreação em inúmeras atividades lúdicas, os adultos podem se divertir com passeios a cavalo, de caiaque, pedalinho, stand-up paddle, bicicleta, arco e flecha ou mesmo fazer caminhadas suadáveis pelos jardins, apreciando toda a diversidade da natureza que cerca o hotel, onde tucanos e maritacas fazem a festa nos galhos das árvores.

Castelo encantado
Salões amplos e luxuosos são características do hotel Tauá. Crédito da foto: Admir Machado

É um lugar de descanso e contemplação, especial para relaxar à beira da piscina e recarregar as baterias.

Comidinhas mineiras

O hotel oferece diárias com pensão completa, que inclui café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar (bebidas à parte). As delícias da cozinha mineira são destaque do menu, mas também pode-se saborear outros pratos da culinária brasileira e internacional. Esqueça a balança e abuse do pão de queijo quentinho, do doce de leite, queijos e da tradicional feijoada de sábado, com todas as guarnições e pertences separados. Se “pesar a consciência” é só fazer aquela caminhada gostosa e se exercitar nas atividades de hidroginástica para queimar as calorias.

Saúde do corpo e da mente

Castelo encantado
Grande mandala no centro das termas é local de inspiração. Crédito da foto: Admir Machado

A atração principal de Araxá são as termas, que oferecem tratamentos especiais com banhos de lama, de águas termais, sulforosas e radioativas usadas em tratamentos medicinais, estéticos e energizantes. No caminho para as termas, anexas ao hotel, você já muda a vibração, respira fundo e deixa o silêncio do ambiente acalmar o pensamento. Salas privativas acolhem os hóspedes que agendam sessões de hidroterapia, banhos de lama negra e massagens (tratamentos cobrados à parte). No centro das termas está a grande mandala de energia com um lounge de relaxamento coberto por lindos vitrais. É um convite à meditação. Acesse o site do hotel (www.tauaresorts.com.br) e saiba mais.

Páscoa Iluminada: um show de luz e emoção

Castelo encantado
Fachada do hotel vira uma grande tela de projeção com cenas da paixão de Cristo. Crédito da foto: Admir Machado

Shows emocionantes também são atrações neste mês de abril (até dia 21) no Grande Hotel Araxá, unindo efeitos especiais com projeções na fachada do hotel, música e teatro, que encantam o público. O espetáculo Páscoa Iluminada é considerado o maior evento temático de Páscoa no Brasil. A montagem “Jesus: Paixão, Vida e Luz” mostra em show de cores e sons toda a trajetória de Cristo, do nascimento à ressurreição.

O público também pode assistir ao Cantare Lago Show com apresentações de cantores líricos, atores e lindas projeções em uma cortina de água no lago do hotel. A programação ainda inclui um divertido baile real de época com banda, dançarinos e performances, além de um teatro de Páscoa para toda a família e a Vila do Coelhinho para divertir as crianças. Vale a pena curtir cada espetáculo e aproveitar ao máximo todos as maravilhas desse castelo encantado. Confira trecho do espetáculo. (Admir Machado)

Comentários

CLASSICRUZEIRO