Buscar no Cruzeiro

Buscar

Destino

Com planejamento, cruzeiros podem ser acessíveis a todos

10 de Agosto de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
Cruzeiro permite conhecer vários destinos em uma viagem.
Cruzeiro permite conhecer vários destinos em uma viagem. (Crédito: Divulgação )

Cruzeiro acessível - Fazer uma viagem de cruzeiro está cada vez mais acessível ao consumidor brasileiro. Promoções, opções de parcelamento sem juros e a tarifa em real são um dos atrativos que permitem férias inesquecíveis com bom custo-benefício e com a possibilidade de conhecer diferentes lugares em uma única viagem. Para se planejar financeiramente, o primeiro passo é a organização. A dica para o viajante é que ele destine uma pequena parte de sua renda exclusivamente para adquirir o roteiro desejado, como se estivesse pagando a prestação de um bem. A temporada de cruzeiros no Brasil vai de novembro a abril, assim consultar um agente de viagens, os sites das agências ou operadoras de turismo é um bom caminho para conhecer as tarifas e as datas disponíveis. O diretor comercial da Costa Cruzeiros, Ruy Ribeiro, destaca que o consumidor deve também ficar sempre atento às promoções, assim como realizar a compra com antecedência.

Espanha para brasileiros - Estudantes brasileiros com vistos válidos para cursos de longa duração já podem viajar para a Espanha, de acordo com novas regras divulgadas para a entrada de estrangeiros. O programa pode ser de intercâmbio de diversas formas, como idioma espanhol, graduação, pós, mestrado e doutorado, desde que a duração seja superior a três meses. Além dos brasileiros com autorização para estudar no país, também passam a ser aceitos viajantes do Brasil que sejam cônjuges, pais ou filhos de espanhóis e que estejam viajando eles ou que irão encontrá-los lá na Espanha. Todos têm de cumprir quarentena de dez dias na chegada, independentemente de estarem totalmente vacinados. Após esse prazo, o viajante está dispensado do isolamento, sem necessidade de realização de PCR. Quem quiser encurtar o período de quarentena no país da Europa pode fazer um PCR no sétimo dia. Se o exame der negativo, está liberado para sair normalmente.