Buscar no Cruzeiro

Buscar

Investimentos

Hotéis apostam em demanda e investem R$ 6,1 bilhões no Brasil

04 de Maio de 2021 às 03:57
Cruzeiro do Sul [email protected]
Acomodação diferenciam o Thermas de Olímpia Resorts By Mercure
Acomodação diferenciam o Thermas de Olímpia Resorts By Mercure (Crédito: Divulgação)

Hard Rock, Westin, By Mercure, Canopy, W, Tapestry Collection. Todos são nomes de hotéis que passam a existir no Brasil deste ano em diante. Apostando na demanda reprimida por viagens, as maiores redes do mundo seguem investindo no País.

Diante do prejuízo na pandemia, poderia se pensar que a situação mudaria nos próximos anos. No entanto, a 15ª edição do Panorama da Hotelaria Brasileira aponta que há 147 hotéis urbanos em desenvolvimento no País. O estudo da consultoria HotelInvest, em parceria com o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), conta com a participação de 34 das principais redes nacionais e internacionais presentes no Brasil. Com investimento total de R$ 6,1 bilhões, os empreendimentos têm inauguração até 2025, em 97 cidades.

“Quem desenvolve um hotel pensa em 30 anos. Tudo o que a gente está passando agora pode representar dois ou três. Mas, se tiver 27 anos bons, compensa. Não é a crise que vai invalidar. Ao contrário, dá a oportunidade de comprar terreno e insumos com preço mais baixo”, diz Pedro Cypriano, sócio-diretor da HotelInvest, que coordenou o levantamento.

“Viagens” apresenta nesta edição os principais investimentos e antecipa o que está por vir no setor hoteleiro nacional quando a pandemia passar. (Estadão Conteúdo)