Suplementos Turismo

Preste atenção nos detalhes do contrato antes de assinar com a agência

A companhia paga ao viajante quando ele for colocado em espaços definidos pelo governo do país para tratamento de Covid-19
Indenização por hospitalização não é item básico. Crédito da foto: Divulgação

Além dos valores de cobertura do seguro saúde, vale ficar atento a todos os detalhes dos planos. Por exemplo, das três categorias da Affinity para despesas com a nova doença, duas incluem hospital cash. “Trata-se de uma indenização por hospitalização”, explica Valéria Pereira, gerente de Produtos da empresa. A companhia paga ao viajante quando ele for colocado em espaços definidos pelo governo do país para tratamento de Covid-19, como os hospitais de campanha, não em instituições já existentes; o benefício é válido para internações de no mínimo 48 horas e no máximo 15 dias.

Os preços de seguro-viagem sempre dependem do destino, do total de dias da viagem, da cobertura escolhida e dos serviços contemplados no contrato. “Temos três categorias com valores desde US$ 1,63 até US$ 8,38 por dia. O mais simples tem cobertura no valor de US$ 5 mil. Já o segundo possui cobertura de US$ 30 mil, 15 dias de hospital cash e ainda traslado de corpo ou restos mortais devido à Covid-19”, diz Valéria. (Estadão Conteúdo)

Leia mais  Destinos oferecem baixo risco de aglomerações

 

Comentários