Cruzeirinho Suplementos

Para brincar sem sair de casa

A neuropsicóloga Bárbara Calmeto sugere seis brincadeiras do Método Montessori para valorizar a evolução natural dos pequenos
O método consiste na valorização da autoeducação e autonomia da criança. Crédito da foto: Divulgação

Com a pandemia, as férias de verão estão se concentrando em casa e encontrar distrações para as crianças tem sido um desafio diário para pais e responsáveis. Mas e se fosse possível criar brincadeiras que unissem ludicidade, aprendizado e diversão? A neuropsicóloga Bárbara Calmeto, do Autonomia Instituto, sugere seis brincadeiras do Método Montessori para valorizar a evolução natural dos pequenos, usando materiais que podem ser encontrados em casa:

– Corte círculos finos de um rolo de papel higiênico e peça para a criança encaixar em um tubo;

– Pinte 3 bandejas com cores diferentes ou desenhe símbolos variados e peça para que a criança coloque objetos com a mesma cor ou formato em cada uma das bandejas. Vale separar talheres também;

– Corte tiras de EVA e faça retângulos recortados em uma face de caixa de papelão. Depois, peça para a criança passar as tiras pelos recortes.

– Improvise uma pinça com hashi infantil ou use uma pinça maior mesmo e peça para que a criança encha um pote com algodão, pedaços de tecido, pedrinhas ou outros itens;

Leia mais  Lavadeira-Mascarada

– Pegue itens com diferentes formatos (tampinhas, blocos de madeira, cortadores de biscoito etc), desenhe o contorno deles em uma cartolina e peça para as crianças encontrarem a imagem correspondente a cada um;

– Preencha um prato com farinha de rosca e desenhe números com o dedo indicador. A criança pode seguir um molde. (Da Redação)

 

Comentários