Buscar no Cruzeiro

Buscar

Reestilização acanhada

Corolla híbrido ganha atualização e deve chegar ao País em 2023

12 de Junho de 2022 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
Por enquanto as atualizações estão disponíveis na Europa: na frente, o destaque é a nova grade e o conjunto óptico.
Por enquanto as atualizações estão disponíveis na Europa: na frente, o destaque é a nova grade e o conjunto óptico. (Crédito: DIVULGAÇÃO)

A 12ª geração do Toyota Corolla, carro mais vendido do mundo, acaba de receber uma reestilização de meia vida. No Brasil, o sedã médio estreou no fim de 2018 com o inédito sistema híbrido flexível. Ou seja, além de combinar motor a combustão e elétrico, pode ser abastecido com gasolina e/ou etanol. Pois a renovação, tal como era esperado, não traz grandes mudanças no visual. O sedã recebeu retoques no conjunto óptico e na grande frontal. Assim, as principais novidades estão na cabine e no conjunto propulsor.

Segundo informações da Toyota, houve evoluções importantes no sistema híbrido. Na Europa, há versões com motores de 1,8 e 2 litros, ambas de quatro cilindros a gasolina. Além da unidade de comando (PCU) mais moderna, o carro traz novo pacote de baterias de íons de lítio com maior capacidade. Dependendo do conjunto, o peso é até 18 kg menor que o anterior. O motor elétrico também foi aprimorado.

Com as atualizações, o Corolla 2023 apresenta melhor desempenho nas acelerações. Segundo a Toyota, a arrancada de 0 a 100 km/h está 1,7 segundo mais rápida na versão com o motor 1.8. No caso da híbrida, são necessários 7,5 segundos. Ou seja, uma ótima marca para um carro do tipo. Conforme dados da marca, não houve aumento de consumo e emissões. No Brasil, ao sistema também deve ser atualizado. Aqui, o Corolla traz motor 1.8 com tecnologia flexível.

O visual da cabine também não recebeu mudanças importantes. Entretanto, há boas atualizações nos sistemas eletrônicos para manter o modelo competitivo no mercado. O quadro de instrumentos, por exemplo, ganhou tela maior, de 12,3 polegadas. Já a do multimídia, no topo central do painel, passa a ter 10,5’ e recebeu recursos atualizados, como possibilidade de espelhamento sem fio dos apps Android Auto e Apple Carplay.

Além da PCU mais moderna, o novo Corolla traz novo pacote de baterias de íons de lítio com maior capacidade. - DIVULGAÇÃO
Além da PCU mais moderna, o novo Corolla traz novo pacote de baterias de íons de lítio com maior capacidade. (crédito: DIVULGAÇÃO)

A lista de tecnologias do sedã médio também está mais robusta como, por exemplo, carregador sem fio (por indução) para smartphones. Bem como novos recursos de segurança.

Entre eles, há uma função que impede acelerações involuntárias (Acceleration Suppression). Assim como o chamado Emergency Steering Assist, que ajuda o motorista a esterçar o volante mais facilmente em caso de risco de colisão. O novo Corolla tem ainda alerta de aproximação de ciclistas e outros veículos.

No fim de fevereiro, o Jornal do Carro, do Estadão, revelou que a Toyota iria renovar o Corolla brasileiro ainda em 2022. Pois a notícia está confirmada. Para isso, a marca japonesa já informou que investirá R$ 50 milhões na fábrica de Indaiatuba (SP). Ou seja, é certo que o modelo nacional receberá a reestilização apresentada na Europa.

Entretanto, a mudança no Brasil só deve ocorrer no ano que vem. Isso porque, de acordo com a Toyota, a renovação da fábrica começa neste ano. Ou seja, como a linha 2023 do sedã chegou recentemente às lojas, as atualizações feitas no modelo europeu devem demorar um pouco mais por aqui. (Estadão Conteúdo)

Galeria

Confira a galeria de fotos