Mix

Rock in Rio oferece três esfirras a R$ 20 e internautas reclamam

Confira os preços de produtos que serão vendidos durante o festival, no Rio de Janeiro
Rock in Rio oferece três esfihas a R$ 20 e internautas reclamam
Palco do Rock in Rio. Crédito da foto: Reprodução / Facebook / Rock in Rio

As portas do Rock in Rio 2019 vão se abrir na sexta-feira (27) e, além das atrações e shows, o público vai encontrar opções variadas de alimentação. Mas quanto será que vai custar comer no festival? Os preços dos produtos comercializados pelas empresas autorizadas pelo festival foram divulgados e surpreenderam internautas, que utilizaram as redes sociais para reclamar.

Se a escolha for por esfirras do Habib’s, o mínimo a se pagar é R$ 20 por um combo com três unidades. No Bob’s, o sanduíche Big Rock sai a R$ 20. Já o combo, que acrescenta 30 gramas de batatas Lays e um refrigerante de 350 ml, é vendido por R$ 32. No novato Ragazzo, três coxinhas são vendidas a R$ 20.

Já no caso das bebidas, os preços foram tabelados e seguem o padrão de 2017: o copo de 310 ml de água vai custar R$ 5, o refrigerante será R$ 8, a lata de energético Red Bull vai sair por R$ 10 e o 400 ml de chope da Heineken a R$ 13.

Mais popular

A Cidade do Rock deste ano concentra as opções de comida mais popular, com fastfoods como Bob’s, Geneal, Ragazzo e Habib’s.

Outro espaço em que será possível encontrar comida e bebida é ao lado do Palco Sunset, no Gourmet Square, que foi lançado na edição de 2017 e promete comida mais requintada e mais conforto, com uma área de dois mil metros quadrados climatizados e cerca de mil lugares em mesas.

Lá, os preços são um pouco mais salgados e há 13 restaurantes famosos na Cidade do Rio de Janeiro. Entre eles, o Aconchego Carioca, a Ella Pizzaria, o Restaurante Ojo, o Cão Véio e o Bar Eisenbahn.

Lanchinhos de casa

Para quem não pretende enfrentar as filas e quer economizar com a alimentação, o festival autoriza a entrada de lanchinhos de casa como biscoitos, sanduíches, barra de cereal, chocolates e frutas cortadas. Mas vale lembrar que tudo isso precisa vir embalado em sacos plásticos transparentes, de preferência do tipo “zip lock”.

Potes e embalagens rígidas não são permitidas, assim como qualquer tipo de bebida. Mas pensando na hora da sede, as garrafas de plástico transparentes sem tampa estão liberadas para serem utilizadas nos bebedouros gratuitos distribuídos pelo espaço do evento. (Juliana Martins – Estadão Conteúdo)

Comentários
Assuntos