Cruzeirinho

Ys IX: Monstrum Nox aposta em receita que dá certo

Ys IX: Monstrum Nox aposta em receita que dá certo
Adol Christin e Dogi tentam sobreviver em mundo fantasioso e futurista com uma pitada medieval. Crédito da foto: Divulgação

Há décadas, as adaptações de animes e mangás para jogos de videogame expande aventuras em animações para histórias mais envolventes. A receita também dá liberdade para a criação de produtos novos e originais, sem sem ser necessariamente uma adaptação, mas que bebem na mesma fonte. Esse é o caso de Monstrum Nox, lançado oficialmente apenas no Japão em 2019 e para o mundo todo em fevereiro de 2021. Sendo o 16º título da saga que teve início ainda na década de 80, Monstrum Nox mistura animes e games em um formato de RPG e exploração. Em seu vasto mundo fantasioso e futurista — com uma pitada medieval — vivem monstros, criaturas mitológicas e personagens cativantes. Seu sistema de combate permite “upar” níveis como os mais notáveis RPGs da atualidade. A trilha sonora, orquestral e temática, acompanha a história dos protagonistas Adol Christin e Dogi, dois espadachins que precisam sobreviver nesse mundo cheio de perigos. Nele, irão conhecer diversos personagens e tentar proteger um reino de uma ameaça de outra dimensão. (Colaborou Stephen Stekker)

Leia mais  O maior lagarto brasileiro
Ys IX: Monstrum Nox aposta em receita que dá certo
Crédito da foto: Divulgação
Comentários