Buscar no Cruzeiro

Buscar

Para matar a saudade dos bichos

25 de Outubro de 2020 às 00:01
Jéssica Nascimento [email protected]

Para matar as saudades dos bichos O aniversário do Quinzinho teve uma festa, com direito a bolo, presentes e parabéns. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (20/10/2020)

O Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros é reconhecido como um dos cartões-postais de Sorocaba. O zoológico reúne cerca de 1.000 animais de aproximadamente 250 espécies, inclusive as ameaçadas de extinção. E com a flexibilização da quarentena, o zoo voltou a receber os visitantes depois de quase sete meses de portas fechadas. Agora, crianças, jovens e adultos podem matar a saudade da bicharada.

E quem foi ao Quinzinho de Barros na última terça-feira (20) teve uma grande surpresa. Os pequenos ficaram impressionados com a festa de aniversário de 52 anos do parque, com direito a bolo, presentes e parabéns. As crianças se divertiram com a reação dos bichos, que ganharam uma homenagem especial. Ao todo, sete espécies de animais, incluindo macaco-prego, macaco-aranha-de-testa-branca, tigre-de-bengala, onça-pintada, elefante, arara azul e lhama, receberam mimos comestíveis. A ideia era levar um pouco de ‘diversão’ aos habitantes do zoo.

Para matar as saudades dos bichos Bruno, Júlia, Rodrigo e Karina Jorjetto acompanharam toda a programação de aniversário. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (20/10/2020)

A Júlia Jorgetto Boaventura, de 5 anos, e o irmão Rodrigo Jorgetto Boaventura, de 2 anos acompanharam toda a programação de aniversário e até cantaram parabéns para o zoo junto com a equipe do zoológico “Eu não sabia que ia ter aniversário. Foi muito legal”. A pequena correu de recinto em recinto ansiosa para ver a entrega dos bolos e dos presentes. “Até cansei de correr. Eu nunca tinha visto isso antes. Os macaquinhos são os meus preferidos. Eles fazem bastante barulho e são divertidos. Eles comeram o bolo rapidinho”.

[gallery columns="2" size="medium" ids="297518,297517"]

O macaco-prego ganhou um bolo de frutas todo enfeitado, com itens da dieta da espécie, como melancia, manga, banana e maçã. Os irmãos Davi Mendes Maganhato, de 2 anos, e Enzo Mendes Maganhato, de 5 anos, acompanharam de perto e ficaram de boca aberta quando os macacos começaram a pular de alegria ao ver o bolo. “Foi uma surpresa. Achei muito legal ver os macaquinhos destruindo o bolo. Eles comeram tudo”, conta Enzo. Os dois fizeram até piquenique junto com os pais. “A gente trouxe frutas, docinhos e salgadinhos. É muito divertido. Fazia tempo que a gente não vinha”, contam.

Para matar as saudades dos bichos Davi e Enzo Mendes Maganhato gostam dos macaquinhos. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (20/10/2020)

O casal de elefantes ganhou uma abóbora decorada especialmente para a ocasião. A Gabriela Mota Lima, de 7 anos, de São Bernardo do Campo, prestigiou o momento e ficou tão vidrada com os animais que quase nem piscava. “Eles comeram quase que a abóbora inteira, mas tem que comer de pedacinho em pedacinho”, alerta. Essa foi a primeira vez que ela e o irmão Gustavo Mota Lima, de 11 anos, visitaram o zoo. Eles foram com a prima Heloísa Lima Madeire, de 4 anos, de Itupeva, que também gostou dos elefantes. “Eles são bem grandes e bonitos”.

Para matar as saudades dos bichos Gabriela Mota Lima, que mora em São Bernardo, e Heloísa Lima Madeire, de Itupeva. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (20/10/2020)

Mas a realização da criança foi ver os tigres-de-bengala e as onças-pintadas recebendo uma caixa de papelão, com carne de frango e erva de gato escondidas em meio à alfafa. Os felinos, principalmente o filhote de onça-pintada, cativaram os pequenos ao rolar pelo recinto brincando com as caixas. Esses foram os animais preferidos de Gabriela. “Eu gosto mais deles porque eles têm dentes afiados. E eu também sou muito brava”, confessa ao contar que gostou muito de passear pelo zoológico e conhecer os bichos. (Jéssica Nascimento)