Cruzeirinho

Olhe para o céu!

"Nuvem feliz" fala de uma nuvem que, ao contrário das colegas chorosas, não vê motivo pra derramar lágrimas
Olhe para o céu!
Crédito da foto: Reprodução

Vanessa Marconato Negrão

Uma curiosidade das mais genuínas nas crianças pequenas é a de entender o ciclo da água. A expressão de surpresa e as sobrancelhas erguidas de quem agora sabe porque cai água do céu é uma das minhas maiores motivações da educação infantil. O formato das nuvens, a grandeza do céu, a fantasia da infinitude do espaço, tudo isso, visto sob os olhos das crianças, ganha cores mais vivas, inspira poesia.

E o céu foi também a inspiração para “Nuvem feliz”, publicado pela Editora 34, escrito por Alice Ruiz e ilustrado pela artista plástica Edith Derdyk. O livro fala de uma nuvem, que ao contrário das colegas chorosas, não vê motivo pra derramar lágrimas. Permanecia flutuando mundo afora, prestando atenção no mundo e brincando com o vento. Mas será que as nuvens podem ser felizes para sempre?

Leia mais  Um livro cheio de emoções
Olhe para o céu!
Crédito da foto: Reprodução

Alice Ruiz, poeta das maiores, foi mostrar a lua cheia para seu neto León — que tinha então um ano e sete meses — e, no caminho, explicou a ele que era uma bola no céu. Assim que a viu, ele gritou “gol no céu”. Alice fez dessa fala preciosa uma poesia. E espera, que o neto permaneça olhando para o céu.

Crianças, nunca deixem de olhar para o céu!

Vanessa Marconato Negrão é professora e apaixonada por literatura infantil

Comentários