Cruzeirinho

Olhar para o céu pode ser fonte de diversão e conhecimento

Lua, estrelas, dinossauros e piratas estão todos ali, basta reservar um tempo para observar
O que você vê, quando olha para o céu?
Mélanie reconhece, no céu, sua avó, que para ela virou uma estrela. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Vivemos num mundo cheio de belezas, mas acabamos nos acostumando a elas de tal forma que nem sempre paramos para admirá-las. O céu, por exemplo, diariamente proporciona verdadeiros espetáculos, mesmo quando chove. No entanto, nada se compara a vê-lo de noite, todo estrelado. Já durante o dia, nem é preciso ter muita imaginação para observar as nuvens formando diferentes tipos de figuras. Há quem tenha se surpreendido com dinossauros, piratas, corações e até galinha d’angola! Hoje, o Cruzeirinho mostra um pouco do que as crianças têm observado ao direcionar seus olhinhos lá para o alto.

A Mélanie Cristina Ferreira Lima, 8 anos, afirma que gosta muito de ver as estrelas. Ela consegue identificar as Três Marias e uma outra bem especial, que tem um brilho diferente. “É a minha avó, que virou uma estrela”, conta. O nome da sua avó é Regina e Mélanie sabe exatamente onde a estrela que se tornou fica localizada.

Mélanie também admira muito a Lua, principalmente quando ocorre o fenômeno superlua rosa. Recentemente, no dia 7 de abril, foi possível observar. Durante o fenômeno, a Lua chega mais perto da Terra, então é possível vê-la até 14% maior e quase 30% mais brilhante.

Mélanie também comenta que já viu um eclipse. Para quem não sabe, existem dois tipos, o solar e o lunar. O eclipse solar ocorre quanto a Lua fica entre o Sol e a Terra, projetando a sua sombra sobre a Terra. Quando o Sol é completamente tampado pela Lua, ocorre o eclipse solar total. É quando o dia vira noite por alguns minutos. Já o eclipse lunar ocorre quando a Lua entra na região da sombra da Terra, gerada pelo Sol, e essa sombra vai cobrindo a Lua, podendo tampá-la totalmente.

Durante o dia, Mélanie diz que já viu o trenó do Papai Noel e duas renas. “E um coração também.”

Leia mais  Um casal e seu ninho

Planetas, estrelas e anjos

O que você vê, quando olha para o céu?
Lucca e Vinícius conhecem detalhes sobre o céu com o aplicativo SkyView. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Lucca Leite da Costa, 7 anos, gosta de olhar pro céu porque, além de achar legal, mata a curiosidade e aprende coisas novas. Isso porque ele observa o céu com a ajuda do aplicativo SkyView. Basta apontar para o local que deseja, que ele mostra descrições sobre estrelas e planetas. “Conheço o Cinturão de Órion, é onde tem as Três Marias, sabia?”, conta.

Lucca também tem informações sobre o Cruzeiro do Sul. “Antigamente, quando não existia bússola, as pessoas se guiavam por essa constelação para saber onde estavam os pontos norte, sul, leste e oeste”, explica.

Outra coisa que Lucca aprendeu é que Plutão deixou de ser considerado um planeta e agora é classificado como planetoide. Aliás, para não confundir planetas com estrelas, aqui vai uma dica: os planetas têm um brilho fixo, já as estrelas ficam piscando (cintilando, na linguagem da astronomia). Outra diferença é que as estrelas ficam sempre na mesma posição. Já os planetas se deslocam.
O Lucca ainda contou que outro dia foi fazer uma atividade na escola em que deveria responder qual é o planeta mais quente. Ele perguntou aos pais, que disseram ser Mercúrio, pela proximidade com o Sol, mas Lucca desconfiou que era Vênus e acertou. “Mesmo sendo o segundo mais perto do Sol, isso acontece porque em Mercúrio tem água”, diz.

Seu irmão, Vinícius, de 5 anos, ainda é muito novo e não tem tanto conhecimento quanto Lucca, mas já está aprendendo bastante coisa. Ele afirma que conhece as Três Marias e gosta muito de admirar a Lua. No domingo passado, dia 10, o céu ficou cheio de satélites e o pequeno, fazendo uso de sua imaginação, encontrou uma linda explicação. Bem naquele momento, ele estava falando com a reportagem e então disse: “Não são satélites, são anjos, porque eles têm uma coroinha que estou vendo. Também têm uma espatulazinha pequenininha amarela e o corpinho branco.”

Leia mais  Receitas divertidas e saudáveis para fazer em casa

Já durante o dia, Vinícius disse que viu nuvens com diversos formatos. “Vi cachorro, gato, um T-Rex (tiranossauro), pirata do Caribe, um prédio, um carro e uma galinha d’angola”.

Cores do entardecer

O que você vê, quando olha para o céu?
Valentina e Catarina adoram observar o céu no entardecer. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

O entardecer, quando o céu fica com várias cores, é o que Catarina Gomes Caldini Sisternas Fiorenzo do Nascimento, de 5 anos, mais gosta de admirar. É quando ocorre o pôr do sol. Catarina disse que também curte ver o céu à noite, mas não lembra os nomes das estrelas.

Sua irmã mais velha, a Valentina, de 9 anos, também gosta muito de admirar o céu. “É bonito e tem uma boa paisagem para desenhar”, comenta ela, que costuma desenhar bastante.

Valentina afirma que desenha tanto o dia como a noite, mas assim como sua irmã, prefere o céu no período da tarde, quando está escurecendo. “Porque fica com uma cor bonita, rosada e alaranjada.”

Entre as estrelas que conhece, estão a Ursa Maior e a Ursa Menor. Ela afirma que foi aprendendo aos poucos, pela TV e na escola, durante conversas com os amigos.

Leia mais  Você conhece as plantas medicinais?

Sobre observar formatos das nuvens, ela afirma que costuma fazer isso mais quando está com tédio. “Porque aí não tem nada pra fazer e isso é relaxante”, diz.

Valentina só deita no chão para ficar observando as nuvens quando está calor e o chão fresquinho. Ela já viu formatos de bebê, coelho e coroa.

Conhecimento premiado

O que você vê, quando olha para o céu?
Maria Clara já viu as nuvens em formatos de bichos e personagens. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

A Maria Clara Rufca Novais, 8 anos, é outra criança que entende bastante sobre o céu. Ela inclusive tem diversos certificados e premiação conquistados na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. “Ganhei medalha por ter tirado a melhor nota”, conta. Ela tem aula de astronomia na escola desde o 1º ano e disse que a professora costuma levar os alunos ao planetário.

Entre as estrelas que conhece, ela cita a Intrometida — é a quinta estrela da constelação Cruzeiro do Sul. Maria Clara também citou a constelação de Leão, a Ursa Maior e Ursa Menor e as Três Marias, entre outras.

Admiradora da Lua, apesar de gostar mais da cheia, ela acha interessante quando fica na fase crescente. “Porque parece o sorriso do personagem do gato, da história da Alice”, justifica.

Maria Clara também admira o céu quando o Sol está se pondo. Ela já viu as nuvens formarem diversos formatos de bichos e de personagens de desenho. “Vi um ganso da família do Patinho Feio, vi elefante e também o Papai Noel.” (Daniela Jacinto)

Comentários