Buscar no Cruzeiro

Buscar

‘Mundo dos Dinossauros’ é tema de férias no Parque da Água Vermelha

19 de Julho de 2019 às 09:49

Prefeitura de Sorocaba Crianças analisam fósseis dentro do Parque da Água Vermelha, em Sorocaba. Crédito da foto: Prefeitura de Sorocaba (19/7/2019)

Terminam nesta sexta-feira (19) as atividades do descobrimento do “Mundo dos Dinos”, no Parque da Água Vernelha, em Sorocaba. Participam 40 crianças, de 6 a 10 anos de idade.

Durante a atividade, as crianças fazem a interação com os pais, com a natureza e participam de uma busca pelos fósseis dentro do parque. As inscrições já estão encerradas.

O curso começou na terça-feira (16). Os participantes conheceram a floresta do Parque da Água Vermelha e sua biodiversidade. Teve bate-papo com os monitores, com os participantes e com os responsáveis sobre como era o “Mundo dos Dinossauros”, suas características, hábitos alimentares e muito mais.

As 40 crianças foram divididas em quatro grupos e receberam os nomes dos dinos: o grupo Tiranossauro Rex (T-Rex), do Triceratops, dos Brontossauros e do Velociraptor. Teve oficina com a confecção de “Diorama”, uma floresta foi montada dentro de uma caixa de sapatos, confecção de dinossauros com dobraduras, massinha caseira, papel crepom, entre outros materiais. Os participantes puderam levar o “Diorama” para casa.

Os pais levaram para casa uma tarefa familiar. Dentro de uma garrafa pet com miniaturas de dinos, que aumentam de tamanho em contato com a água, foi levada para casa para a atividade em família. A ideia é a observação em família das características do dino que irá surgir depois do aumento do seu volume em contato com a água.

O formato da dentição e das estruturas corpóreas darão para identificar se o dino é herbívoro, carnívoro ou onívoro. Através das patas, se é de um ser aquático ou terrestre. “A intenção é a discussão da extinção desses animais jurássicos em comparação com os animais que hoje estão em processo de extinção, da Mata Atlântica e do Cerrado”, explica a educadora ambiental, Viviane Rachid. “A interação com os pais neste processo de aprendizagem, é fundamental!”, ressalta.

[irp posts="101314" ]

 

Já na quarta-feira (17), foi discutida a importância do profissional paleontólogo, o cientista que estudas os fósseis. Neste dia, os participantes fizeram buscas de ossos e esqueletos dos Bronquiossauros e do Velociraptor. Todos os participantes equipados com luvas, óculos, régua e outros instrumentos de medição.

Crianças participam de atividades nas dependências do Parque da Água Vermelha. Crédito da foto: Prefeitura de Sorocaba

“Com as explicações das estruturas ósseas dos esqueletos dos dinossauros em comparação com esqueleto humano que tem no Parque, o “João”, mostramos as diferenças das funções corpóreas, adaptadas ao meio ambiente”, comenta a educadora ambiental. “Eles participaram das trilhas das pegadas dos dinos e chegaram ao ninho do T- Rex e do Veloceraptor e descobriram como estes animais nasciam”.

Muitas atividades interativas com o meio ambiente para mostrar a importância da natureza. “Estes animais estão extintos, mas o que podemos fazer para a preservação dos animais?” questiona.

O Parque Natural da Água Vermelha está localizado na rua România, 150, no Jardim Europa e está aberto para visitação das 8h às 17h. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (15) 3221-6643. (com informações da Prefeitura de Sorocaba)