Buscar no Cruzeiro

Buscar

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira

08 de Novembro de 2020 às 00:01
Jéssica Nascimento [email protected]

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira Projeto homenageia a obra do artista plástico brasileiro Isaac de Oliveira. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Galhos secos, folhas de árvores, papel crepom e materiais recicláveis. Todos esses itens podem se transformar em lindas obras de arte, basta usar a criatividade. É o que os alunos do segundo ano do ensino fundamental da Escola Municipal Prof. Benedicto Cleto, no Jardim Novo Horizonte, zona norte de Sorocaba, ensinam ao usar esses materiais para reproduzir mudas artificiais de ipê, a árvore símbolo do Brasil. A atividade faz parte do Projeto Colorindo Nossa Escola e todos os trabalhos foram expostos para embelezar o ambiente escolar.

Para confeccionar as mudas, os pequenos se inspiraram na lenda do ipê e nas obras do artista plástico brasileiro Isaac de Oliveira, conhecido por retratar com cores fortes a natureza sul-mato-grossense. Junto com a família, as crianças criaram as obras usando vários materiais. A Nathally Marques Santos da Silva, de 7 anos, contou com a ajuda da mãe para fazer a árvore, utilizando galho seco, palito de dente e papel crepom. “Demoramos quatro dias para terminar. Foi trabalhoso, mas divertido. Ficou lindo. Gostei do resultado”, conta, ao dizer que a parte mais difícil foi colar os palitos de dente.

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira Nathally Marques usou galho seco, palito de dente e papel crepom. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Antes de criar a árvore, Nathally viu alguns vídeos com as obras do artista brasileiro. “Ele trabalha com tinta, mas decidi usar papel crepom para representar as flores. Ficou bem parecido”. Ela conta que a turma toda estudou sobre o ipê, árvore símbolo do Brasil, que floresce entre julho e setembro. “Essa árvore é muito bonita. Ela tem muitas flores. O ipê branco é o meu preferido. Eu já vi um em Sorocaba”.

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira O ipê preferido do Nicolas Pietro Sampaio é o amarelo. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

O Nicolas Pietro Souza Sampaio, de 7 anos, também gostou de aprender um pouco mais sobre o ipê. “Essa é a única árvore que fica florida no inverno. Ela se destaca na floresta. Eu acho essa árvore bem bonita, ela deixa a cidade colorida e dá para tirar foto. Tem um ipê na chácara do meu vô”. Nicolas se inspirou no seu ipê preferido, o amarelo, para fazer o projeto. “Eu peguei os gravetos e os papéis amarelos, minha mãe ajudou a montar a árvore. Usamos cola de madeira e areia de mentira”, conta.

Para Nicolas, as obras de Isaac de Oliveira são muito bonitas. “Eu gostei desse artista. O projeto de todo mundo ficou legal. Vamos deixar a escola mais colorida”. O menino nunca imaginou que conseguiria fazer uma árvore com gravetos. “Eu aprendi que é possível usar coisas recicláveis para fazer artesanato. Eu gostei muito de fazer essa obra. Levei dois dias para terminar”. Nicolas gostou tanto do projeto que vai fazer outra árvore para presentear a avó. “A minha vó queria uma igual, vou fazer para ela”.

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira A Hellena Picinim Ribeiro gosta mais do ipê roxo. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

A Hellena Picinim Ribeiro, de 8 anos, contou com a ajuda de toda a família para fazer o projeto. “Meu pai pegou um galho de árvore. Nós colocamos dentro de uma garrafa pet que minha mãe cortou. Eu desenhei várias pétalas para fazer as flores. E minha mãe colou com cola quente. Meu projeto ficou parecido com uma árvore de verdade”, conta. Hellena achou a atividade difícil, mas gostou de aprender coisas novas. “O ipê é diferente, ele começa a florescer no inverno. A maioria das árvores só floresce na primavera. No sítio do meu vô tem um ipê roxo, esse é o meu preferido. Eu acho a natureza muito bonita”, frisa.

Crianças criam obras de arte inspiradas no artista Isaac de Oliveira Thiago Henrique Oliveira conta, brincando, que colou até o dedo. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Já o Thiago Henrique Oliveira, de 8 anos, nunca tinha visto um ipê antes do projeto. Para fazer sua árvore, Thiago usou folhas, galhos, isopor, cola quente e tinta guache. “Minha mãe me ajudou. Colei até o dedo. Foi muito divertido. Deu muito trabalho, mas conseguimos. Aprendi que a gente precisa se esforçar bastante para conseguir o que quer”, frisa.

O menino também gostou de conhecer os trabalhos do artista Isaac de Oliveira. “Achei muito divertido. Ele ensina muitas coisas sobre a natureza, como cuidar bem dela e não destruir”. Thiago diz ser muito importante preservar a natureza. “Nós dependemos muito da natureza, porque é ela que dá o ar para a gente respirar. Precisamos dela para sobreviver. As pessoas deveriam cuidar mais. A natureza deixa o mundo mais bonito. Não podemos desmatar. A poluição prejudica a saúde”, reforça. (Jéssica Nascimento)