Cruzeirinho

Carrinho de rolimã: o brinquedo que é uma verdadeira aventura

Construir e andar de carrinho de rolimã é uma atividade que agrada as crianças e também os adultos
O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Na Vila Santana, os adultos, com saudade da brincadeira, resolveram voltar para as ruas com seus carrinhos. Crédito da foto: Divulgação

Uma divertida brincadeira de antigamente está voltando com tudo em Sorocaba: andar de carrinho de rolimã! Esse tipo de carrinho é feito com madeira e o maior barato dele é você mesmo montar o seu.

Confeccionar dá um certo trabalho, porque tem de cortar a madeira, lixar, pintar… Mas vale muito a pena.

Esse processo de “fabricar” o seu próprio brinquedo é o que faz com que ele seja ainda mais especial. Mas vale um recado aqui: a presença de um adulto para esse serviço é fundamental.

Primeiro porque você poderá contar com uma ajudinha básica (claro!) e depois porque precisará usar ferramentas como furadeira e martelo, e como são coisas perigosas, não é aconselhado fazer sozinho. Depois de tudo pronto, é só curtir!

Outro fato legal dessa brincadeira é que ela não é apenas para crianças, mas também para adolescentes e adultos. Isso mesmo. Na Vila Santana, por exemplo, tem um grupo de adultos com idades em torno dos 50 anos, que resolveu se reunir e relembrar a fase da infância. Eles fizeram seus carrinhos e agora sempre se reúnem para brincar.

Com o objetivo de incentivar pais e filhos a fazerem algo juntos, a Prefeitura de Sorocaba começou um projeto de divulgação do carrinho de rolimã. São realizadas oficinas para todos aprenderem a fazer e também é reservado um dia para reunir a galera e finalmente andar de carrinho pela rua. É a maior aventura!

A reportagem do Cruzeirinho falou com crianças que participaram da oficina. Agora elas contarão pra você como foi a experiência. De repente, se achar interessante, dá para ir em outra oportunidade!

Leia mais  Histórias e oficinas num só canal

Dupla dinâmica

O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Giliard está ensinando o filho Felipe como se faz um carrinho. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Tal pai, tal filho. Giliard de Jesus Prieto está preparando um carrinho para poder se divertir sempre com o filho, o Felipe, de 8 anos. Só que eles pretendem fazer igualzinho da infância de Giliard, ou seja, querem ter um super carrão, com direito a banco e volante!

A dupla pretende disputar o concurso da Prefeitura, que será no dia 25, e quem sabe ganhar o título de “Carrinho mais criativo”. Felipe já fez o dele na oficina que teve domingo passado, dia 11. E gostou de aprender, porque é a primeira vez que mexe com ferramentas. “Achei interessante”, disse.

Como Felipe já andou de kart, ele tem prática com carrinho e por isso não está com medo de se machucar. Giliard considera esse momento muito importante, por compartilhar suas experiências com o filho e porque agora as novas gerações vão conhecer o tal do carrinho de rolimã.

Passeio gratuito está com inscrições abertas

O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Giuliana já está equipada, com seus patins, para o Passeio de Rolimã e Similares. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Giuliana Aparecida Ferreira Prieto, 12 anos, curte muito andar de patins, mas disse que gostaria de ter tido a oportunidade de fazer um carrinho de rolimã. Ela pretende participar de uma oficina numa próxima data. Enquanto isso não acontece, irá com o primo Felipe (o menino do carrinho com volante) no passeio que a Prefeitura promoverá. Sim! Pode participar quem tem patins, skate, patinete e outros equipamentos que não sejam motorizados.

O Passeio de Rolimã e Similares, iniciativa da Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), será no dia 25 de novembro, a partir das 9h, no Empreendimento Linc, localizado na rua Joyce C. de Paula, próximo à Arena Ibiti Futebol Society. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 20.

Os participantes serão homenageados com troféus nas seguintes categorias: “Mais idoso”, “Mais jovem”, “Carrinho mais criativo”, “Maior equipe organizada” e “Maior torcida organizada”. Uma comissão julgadora formada por cinco pessoas vai avaliar os participantes.

Leia mais  Bottas supera Hamilton na Áustria e conquista a 1ª pole na temporada da F1

As pessoas inscritas deverão comparecer no dia do evento com 30 minutos de antecedência, munidas de documentos para assinar a sua inscrição e o termo de responsabilidade de direito sobre o uso de imagem.

Além do domingo passado, foram realizadas outras quatro oficinas para a construção do carrinho de rolimã no mês de outubro. Se você não participou e ainda quer ir, mas com seu próprio carrinho, na internet tem várias dicas de como fazer. Corra que ainda dá tempo!

Para se inscrever para o passeio basta preencher a ficha de inscrição do link https://goo.gl/forms/u7R2rfGOS8w8rLid2. Mais informações podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone (15) 3211-0143.

Um poderoso BMW

O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Nícolas teve a ajuda do pai, Válter, para fazer seu carrinho. Crédito da foto: Acervo Pessoal

O Nícolas Silva Claro, de 8 anos, está planejando sair por aí com um BMW. Isso mesmo, ele quer deixar seu carrinho bem poderoso e por isso já planejou colocar adesivo dessa marca. Ele, juntamente com seu pai Válter e a mãe Elaine, capricharam no visual. Por isso lixaram bem, para na hora da pintura dar tudo certo com a cor. “Vou pintar de azul”, diz Nícolas.

O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Crédito da foto: Acervo Pessoal

É a primeira vez que faz um carrinho de rolimã. “Foi cansativo. Eu lixei, coloquei os pregos, as rodinhas, mas achei legal.” De tudo o que fez, o que Nícolas mais gostou foi de colocar as rodinhas. Foi espertinho porque em seguida veio a hora de testar. Veja na foto a felicidade dele!

Leia mais  Ovo pré-histórico gigante é encontrado na Antártica

Família unida para fazer os carrinhos

Na família Gomes, até a Olívia, bebê com apenas um aninho, participou da oficina de carrinho de rolimã. Mas como? Observando tudo atentamente, mas aí cada um trabalhava um pouco e se revezava nos cuidados com a pequena. Márcio Luiz Ferreira Gomes e a esposa Cássia Fernanda, contam que fizeram questão de levar os filhos. Além de Olívia, eles têm o Joaquim, de 7 anos, e a Sofia, de 5.

O brinquedo que é uma verdadeira aventura
Sofia e Joaquim estão na montagem final de seus carrinhos. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Márcio, o pai, disse que lembrou muito de sua infância. Quando criança, ele brincava bastante com o carrinho na rua da sua casa, numa época que ainda não tinha tanto veículo assim e nem passavam em alta velocidade. O filho mais velho, Joaquim, disse que o pai contava pra ele sobre como era e tinha curiosidade. Agora já sabe. Mais que isso: sabe na prática. “Lá na oficina tem furadeira, então eu mesmo fiz os furos e também parafusei.”

Joaquim comentou que queria muito ter um carrinho e nem imaginava que um dia ele mesmo iria fazer. Ainda falta colocar o freio, as rodinhas e pintar. Ele está ainda decidindo se será de azul, verde ou vermelho.

Já sua irmã, a Sofia, se dedicou a lixar bem o carrinho dela. “Eu cansei. Deu um trabalhão”, conta a menina. Sobre a cor do seu primeiro carro, já está decidido: será roxo. Agora os irmãos estão na expectativa para passear. E fazem planos de ir sempre com seus “veículos” no Parque das Águas. (Daniela Jacinto)

Comentários