Cruzeirinho

Biguá

Biguá
Crédito da foto: Alexandre G. Franchin / Coaves

Nome popular: Biguá
Nome científico: Nannopterum brasilianus (Gmelin, 1789)

Você sabia que o Biguá é o melhor mergulhador da nossa cidade? Observe a foto! Ele é uma ave aquática e, por isso, podemos encontrá-lo nesse ambiente. Ele também é chamado de mergulhão, por mergulhar em busca de seu alimento, como crustáceos e peixes, sendo o bagre uma de suas espécies preferidas. Dê uma olhadinha no bico dele! É longo, fino e tem forma de gancho, que ele usa para “pescar”.

E as patas? Elas possuem grandes membranas entre os dedos, que são usadas para ajudá-lo a nadar. Apesar de geralmente fazer mergulhos rápidos, ele pode ficar até 40 segundos debaixo d’água. Quando ele some embaixo d’água em um lugar, só vai aparecer bem mais longe, mostrando apenas o pescoço para fora d’água.

Leia mais  A galinha dos ovos de ouro e seus filhos dourados

Após o mergulho, para secar suas asas, é comum vê-lo pousado com elas abertas para secar. Isso acontece porque suas asas não são impermeáveis, porque ele não possui uma glândula que produz óleo para não encharcar, chamada de glândula uropigial. Assim, quando mergulham, molham suas penas, podendo mergulhar mais rápido e atingir maiores profundidades.

Observe o corpo do biguá. Ele pode pesar em torno de 1,3 kg e atingir 75 cm de comprimento. Quando adulto, possui a cor preta, mas, quando jovem, é marrom escuro.

É um habitante de rios, lagos, represas, manguezais e nas cidades pode ser encontrado em parques com lagoas, como o Parque da Água Vermelha João Câncio Pereira, onde a foto foi tirada.

Faça sua parte

Ajude a conservar os corpos d’água (rios, córregos e lagos) onde esse animal vive e de onde retira seus alimentos.

Leia mais  Páscoa em casa pode ser bem divertida

Elaboração: Coaves Kids e Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade de Sorocaba (Sema)

Comentários