Cruzeirinho

Aprendendo com as árvores

“A força da palmeira” é um conto popular africano, desses que são passados de pai pra filho
Aprendendo com as árvores
Crédito da foto: Reprodução

Vanessa Marconato Negrão

Desde criança eu tenho uma relação de reverência com as árvores. As vejo como a essência da vida, do amor, da esperança. Tanto que no meu último aniversário ganhei de minha mãe uma árvore de presente. Um Manacá que já veio florido. Foi, sem dúvida, o presente mais bonito que eu já ganhei (livros, desenhos e florzinhas também me amolecem o coração). E justamente por isso este livro me ganhou já no título: “A força da palmeira”.

Leia mais  Um pai de presente

 

Trata-se de um conto popular africano, desses que são passados de pai pra filho, ao pé do ouvido. Se espalhou pelo norte da África, na região de Magreb, que se forma pelos países de Marrocos, Tunísia, Argélia, Mauritânia e Líbia. Magreb significa “lugar onde o sol se põe”. Talvez por isso, as ilustrações de Anabella López fiquem entre o laranja do poente e o negro da noite.

Aprendendo com as árvores
Crédito da foto: Reprodução

A história fala de uma palmeira que lutou contra o seu destino, que apesar das dificuldades da vida, supera as suas dores, fincando fundo suas raízes e crescendo. E essa história de coragem me lembrou um poema de Olavo Bilac: “O homem, a fera e o inseto, à sombra delas vivem, livres de fomes e fadigas. E em seus galhos abrigam-se as cantigas. E os amores das aves tagarelas”.

Temos muito o que aprender com a natureza. “A força da palmeira” é da editora Pallas Mini.

Vanessa Marconato Negrão é professora e apaixonada por literatura infantil

Comentários