fbpx
Educare

Oito alimentos que devem ser evitados na noite anterior ao Enem

Médico são-roquense lista o que se deve evitar consumir à noite para descansar o suficiente
Alimentação errada na noite de sábado (9) pode prejudicar desempenho dos estudantes no Enem
Alimentação errada na noite de sábado (9) pode prejudicar desempenho dos estudantes no Enem. Crédito da foto: Divulgação

 

O médico são-roquense Mauricio Egydio listou oito alimentos que são prejudicais ao descanso e devem ser evitados antes de dormir. As dicas são particularmente úteis aos mais de cinco milhões de estudantes que devem fazer neste domingo (10) a segunda prova do Enem-2019. Estudos mostram que a falta do descanso ideal acarreta a redução do nível de concentração e a redução do desempenho físico e mental.  Outra consequência direta do consumo desses oito alimentos à noite é o ganho de peso não-intencional.

Leia mais  Comer bacon emagrece, garante médico de São Roque

 

Experiente em  trabalhar a longevidade de seus pacientes a partir da alimentação, Egydio confirma que alguns alimentos podem prejudicar o descanso e até levar ao sobrepeso. Por isso, o médico recomenda evitar comer à noite alimentos estimulantes e calóricos.

Vilões do sono e do Enem

• Cafeína: presente no café, chá mate e refrigerantes a base de cola;

• Termogênicos: neste grupo, os principais alimentos a serem evitados à noite são canela, gengibre e pimenta;

• Açúcar: o alerta a quem vai fazer o Enem – e para todas as pessoas, é claro – vale para os doces em geral;

• Gorduras artificiais: estão presentes na maioria dos alimentos industrializados;

Leia mais  Enem: ônibus terão esquema especial neste domingo (10) em Sorocaba

 

• Frituras: todos os tipos de frituras devem ser evitados à noite, porém, os podem causar mais prejuízos ao descanso são as batatas fritas e os salgadinhos em geral;

• Alimentos calóricos: neste grupo estão os pães, massas, pizzas, tortas e salgadinhos industrializados;

• Refeições pesadas: todas devem ser evitados, principalmente a lasanha e a feijoada.

• Excesso de líquidos: neste caso, os problemas aos candidatos do Enem são causados pela interrupção do sono repetidas vezes durante a noite para eliminar o excesso.

De acordo com o médico Maurício Egydio , de maneira geral, os oito alimentos listados acima podem acelerar o metabolismo. Isso acontece porque agem como estimulantes ou porque fazem o organismo gastar mais energia para digeri-los.

Comer à noite engorda

Além dos estudantes às vésperas do Enem, as dicas de Egydio sobre alimentação à noite interessam para todas as pessoas por outro motivo. O médico cita uma pesquisa da Universidade de Oregon que comprova a relação entre alimentação noturna e o sobrepeso. O estudo constatou que comer tarde da noite engorda, pois consumir alimentos calóricos perto da hora de dormir predispõe à estocagem de energia.

Leia mais  Reaplicação do Enem pode ser solicitada por quem teve problemas para realizar a prova

 

O Dr. Steven Shea, autor da pesquisa, explica que “nós simplesmente não gastamos tanta energia depois de uma refeição noturna em comparação com as refeições matinais”. Ele acrescenta que, ao guardar energia, a pessoa dorme menos e ambas as práticas contribuem para o ganho de peso.

A nutricionista Copelli também aconselha a evitar alimentos calóricos e gordurosos antes de dormir, como lasanhas, feijoadas e frituras.

Dormir cedo, descansar tempo suficiente e substituir alimentos altamente calóricos por aqueles de baixa caloria ao jantar tarde da noite pode contribuir para a perda de peso, segundo a pesquisa.

Comentários

CLASSICRUZEIRO