Educare Sorocaba e Região

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista

Estrutura educacional deverá atender 500 alunos no próximo ano letivo
Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
O colégio ocupará área exclusiva próximo ao Centro Administrativo da FUA. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (16/10/2020)

Com mais de duas décadas de história, o Colégio Politécnico terá uma segunda unidade localizada no Alto da Boa Vista. Um dos braços da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), o colégio se consolidou como uma instituição reconhecida pela comunidade, alunos e ex-alunos e agora dá mais um passo para se tornar uma das maiores da cidade. Com as obras iniciadas, a nova unidade será instalada no prédio onde também fica o jornal Cruzeiro do Sul e terá capacidade para atender cerca de 500 alunos já no próximo ano letivo.

A unidade Alto da Boa Vista seguirá o mesmo sistema e método de ensino adotados ao longo dos anos pelo Colégio Politécnico. Em 2021, o colégio oferecerá educação infantil, com maternal a partir de 2 anos, e ensino fundamental, do primeiro ao nono ano. Já em 2022, com a finalização das obras, a previsão é de que o colégio ofereça a grade curricular completa, do ensino infantil ao ensino médio.

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
A unidade Alto da Boa Vista do Politécnico vai funcionar junto ao jornal Cruzeiro do Sul. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (16/10/2020)

Antes mesmo da inauguração, a segunda unidade do Colégio Politécnico já tem recebido pais interessados em realizar a matrícula dos filhos. É o que conta a diretora do colégio, Sidnei Silva. Para ela, a nova unidade representa o reconhecimento e o fortalecimento do trabalho educacional que a FUA tem oferecido aos cidadãos ao longo de sua existência.

“A cidade cresceu muito ao longo desses 20 anos, o trânsito está cada vez mais complexo. O centro da cidade está sobrecarregado de serviços que oferece. Em razão de tudo isso, a FUA, que dispõe de um espaço físico maravilhoso e acreditando no futuro e na educação, decidiu construir mais uma unidade, justamente em um local que possa atender melhor à comunidade estudantil e contribuir com a expansão da cidade”, reforça Sidnei.

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
Paulo de Almeida. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (28/7/2020)

Para o gestor do jornal Cruzeiro do Sul, Paulo Rogério de Almeida, esse novo projeto representa a ampliação da atuação da filantropia da Fundação Ubaldino do Amaral na área de educação. “Vamos otimizar esse espaço de forma planejada”. Com o aumento do número de estudantes, consequentemente haverá um acréscimo de bolsistas”, destaca o gestor ao explicar que o percentual de bolsas é proporcional ao número total de alunos. Ele ainda destaca que a nova unidade também disponibilizará todos os benefícios concedidos aos assinantes do jornal Cruzeiro do Sul e colaboradores da Fundação Ubaldino do Amaral .

Leia mais  Unidade Ipanema da Casa do Cidadão retoma atendimento presencial dia 11

O projeto

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
José Gustavo Barreiros. Crédito da foto: Erick Pinheiro (2/4/2019)

O projeto arquitetônico da unidade Alto da Boa Vista foi desenvolvido pelo arquiteto José Barreiros e conta com 40 salas de aulas, pátio coberto, refeitório, parquinho infantil, campo de futebol society, quadra poliesportiva e anfiteatro, aproveitando todo o espaço ocioso do prédio. “As salas terão cerca de 50 metros quadrados, com iluminação e ventilação natural. Os espaços são pensados para facilitar a comunicação entre alunos e professores”. O acesso para o colégio será feito onde hoje se encontra o estacionamento externo do jornal Cruzeiro do Sul.

Segundo Barreiros, as obras serão dividias em duas fases. A primeira será voltada para a instalação de nove salas de aulas convencionais, dois laboratórios de informática e o espaço especial com seis salas para atender as crianças da educação infantil, além do espaço para recreação. “Nessa etapa, a unidade escolar terá ao todo 860 metros quadrados. Vai ser uma obra rápida para reformar os espaços internos pensados para as crianças”. O projeto final deve ser concluído em dezembro de 2021, com capacidade para atender cerca de dois mil alunos, do ensino infantil ao ensino médio.

Missão social

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
César Augusto Ferraz dos Santos. Crédito da foto: Fábio Rogério (28/7/2020)

Com a criação da nova unidade, a Fundação Ubaldino do Amaral ampliará suas iniciativas voltadas a educação, um dos pilares da instituição. É o que conta o presidente do Conselho de Administração da FUA, César Augusto Ferraz dos Santos. Segundo ele, uma série de fatores levou a Fundação a unir esforços para a instalação do colégio no Alto da Boa Vista, incluindo a localização privilegiada do imóvel próprio, a demanda reprimida por escolas na região e o fato da unidade central estar praticamente lotada.

“Entendemos que o Alto da Boa Vista agora é a bola da vez. E como tínhamos um espaço grande e ocioso no prédio, pensamos que ele seria melhor aproveitado com a escola. A FUA não poupará esforços para fazer uma escola de altíssimo padrão, com toda a tecnologia disponível no mercado a fim de fazer jus ao alto padrão de ensino que nosso colégio disponibiliza aos seus alunos”, destaca.

Leia mais  Quatro unidades estão com ocupação em 100%
Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
Silvio Cariani. Crédito da foto: Fábio Rogério (15/7/2019)

Foi pensando nisso que a entidade realizou um estudo de viabilidade do projeto, conforme conta o membro do Conselho de Administração da FUA, Silvio Carlos Cariani. “O espaço atual do colégio está um pouco pequeno. Por isso precisamos abrir novas frentes. O Poli 2 vai atender os anseios dos pais e da FUA com uma nova unidade totalmente moderna, com um novo conceito de educação”, salienta ao destacar que o projeto contribuirá com o ensino de Sorocaba.

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
Valdir Euclides Buffo Junior. Crédito da foto: Teófilo Negrão (30/7/2020)

O presidente do Conselho Superior da FUA, Valdir Euclides Buffo Junior reforça essa ideia ao destacar que é na escola que estabelecemos relações, formamos nossos valores e comportamentos e aprimoramos nossas habilidades e competências. “Está aí a importância do projeto da nova unidade do Colégio Politécnico. Somente através da educação teremos um mundo melhor e, por acreditarmos nisso, dedicaremos todos nossos esforços nessa empreitada. Precisamos continuar acreditando e transmitindo a mensagem de que vale a pena estudar, trabalhar e ser honesto. Que é preciso construir a vida, o futuro, o caráter, a família, as amizades e os amores. Sem a educação e o conhecimento, esta caminhada fica muito difícil”, frisa.

Matrículas

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
Quando toda a reforma estiver concluída, a nova unidade terá capacidade para atender aproximadamente 2 mil alunos. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (16/10/2020)

As matrículas para a nova unidade do Colégio Politécnico já estão abertas. Inclusive, várias já estão efetivadas. “Primeiramente, consultamos os pais dos nossos alunos, dando-lhes a oportunidade de optar pela unidade Centro ou Alto da Boa Vista. Nessa consulta não incluímos apenas os alunos do ensino médio”, destaca Sidnei.

De acordo com a diretora, os interessados em matricular os filhos na unidade Alto da Boa Vista devem entrar em contato com o colégio na unidade 1 das 8h às 18h, que está localizado na Rua Barão de Cotegipe, 400, no Centro. O agendamento pode ser realizado pelo telefone (15) 2101-7410. Nessa oportunidade, os interessados poderão ver o projeto arquitetônico e assistir a um vídeo explicativo sobre a nova unidade.

Leia mais  Câmara publica Lista de remunerações do Legislativo

História

Colégio Politécnico terá nova unidade no Alto da Boa Vista
Sidnei Silva. Crédito da foto: Emidio Marques (26/6/2019)

Inaugurado em 12 de fevereiro de 1999, o Colégio Politécnico soma mais de duas décadas de história e 8.135 alunos formados. A instituição de ensino nasceu para atender à vocação filantrópica e educacional da FUA e da Loja Maçônica Perseverança III. Hoje, o colégio conta com mais de mil estudantes matriculados.

Para a primeira e única diretora do Colégio Politécnico, Sidnei Silva, que cuidou de todo o processo de instalação da escola, o Poli cumpriu sua missão ao longo dos últimos anos. “Sempre atento às mudanças tecnológicas e sociais, o Politécnico avançou e se consolidou como uma instituição que se preocupa com a qualidade do serviço que oferece”.

Sidnei confessa que se sente parte integrante do Politécnico. “É quase um sentimento de mãe. Acalantei os sonhos do nascimento da primeira unidade. Hoje, esse filho está crescido, fortalecido e caminhando com suas próprias pernas. Agora, estamos trabalhando e sonhando à espera do segundo filho. O sonho é que esse segundo filho nasça forte, saudável e que possa abrigar crianças e jovens, que futuramente dirigirão nossos caminhos e a vida de nossa cidade”, ressalta.

Com a finalização das obras, a instituição terá capacidade para atender, em suas duas unidades, cerca de três mil alunos, aponta a diretora. “Os planos para a nova unidade serão os mesmos que sempre sustentaram nosso trabalho: o compromisso em oferecer um ensino de qualidade, através do qual nossos alunos possam compreender o local onde vivem, atuar nele e, assim, inventar um mundo melhor e se tornarem verdadeiros agentes da inovação e da transformação social. Esperamos que os cidadãos sorocabanos nos recebam com o mesmo carinho e respeito com que nos receberam em 1999”, finaliza. (Jéssica Nascimento)

Comentários