Buscar no Cruzeiro

Buscar

Cruzeirinho

Dia da Infância: celebrando a fase mais bonita da vida

Crianças do Projeto Renovar do Lar Escola Monteiro Lobato tiveram manhã especial com muita diversão

29 de Agosto de 2021 às 00:01
Cruzeiro do Sul [email protected]
Brincar é um direito da criança conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
Brincar é um direito da criança conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). (Crédito: CORTESIA)

Brincar é um direito da criança, como determina o artigo 16 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É coisa séria e necessária para a vida saudável dos pequenos. Acaba com o tédio, fortalece vínculos, desenvolve autocontrole, estabelece regras e limites, promove a criatividade e imaginação, desenvolve a atenção e o raciocínio e estimula o desenvolvimento infantil.

Por isso, as quase 150 crianças que participam do Projeto Renovar, mantido pelo Lar Escola Monteiro Lobato, em Sorocaba, comemoraram o Dia da Infância com muitas brincadeiras em uma manhã especial. Foram muitas atividades, como o Jogo da Memória, com duas versões de cartas: contendo expressões faciais relacionadas a emoções e os 10 Direitos da Criança e do Adolescente (veja ao lado). O Henrique, de 10 anos, por exemplo, acertou 16 emoções no jogo e adorou a brincadeira. Já a Clara, de 13 anos, memorizou alguns dos direitos mais importantes: o de receber amor, de não trabalhar, de brincar, e o direito à educação.

Já no Jogo das Argolas, as crianças eram estimuladas a encaixar as argolas nas garrafas coloridas representando as emoções e, assim, expressar e compartilhar o que vivenciam em seu dia-a-dia; A voluntária Fabiana Pacheco, professora de dança do estúdio que leva seu nome, proporcionou um momento de relaxamento e dança livre com muita música, agito e alegria à garotada. Também teve cama elástica e guloseimas como algodão-doce.

A data foi celebrada pela garotada com diversão, jogos, brincadeiras, danças e guloseimas. - CORTESIA
A data foi celebrada pela garotada com diversão, jogos, brincadeiras, danças e guloseimas. (crédito: CORTESIA)

Os pequenos, é claro, adoraram. “O melhor de ser criança é que você pode brincar e se divertir. É muito bom ser criança!”, disse o Marcos, de 7 anos. O Caio, de 8 anos, resumiu o Dia da Infância como “um dia muito legal, bem divertido, onde todas as crianças podem brincar”. Para ele, ser criança tem momentos bons e momentos ruins. “Os bons é quando você pode curtir coma família, fazer um monte de coisa com a sua família, e os ruins é quando você não tem ninguém para conversar, quando você se sente sozinho.”

A Luiza, de 11 anos, disse ter vivido um dia muito divertido. “Eu adorei as brincadeiras, o algodão doce, ver que meus amigos estão aqui também, que voltaram muitas pessoas, e é isso, achei incrível e sensacional!”, contou.

Os estímulos que a criança recebe na infância são importantes porque auxiliam em vários aspectos do seu desenvolvimento como raciocínio, linguagem, socialização, autoestima e no desenvolvimento de suas habilidades motoras. Além disso, elas também usam o brincar para se comunicar, entender e socializar. E aí, você já brincou ou estimulou uma criança a brincar hoje?

Os 10 direitos da criança

1 - Direito à educação;
2 - Direito de brincar;
3 - Direito de receber amor;
4 - Direito de não trabalhar;
5 - Direito a ter uma família;
6 - Direito a ter um nome;
7 - Direito em ser socorrido em primeiro;
8 - Direito a ser protegido;
9 - Direito ao lazer;
10 - Direito à alimentação

Data foi criada pelo Unicef

Criança brasileira tem seus direitos protegidos por leis. - CORTESIA
Criança brasileira tem seus direitos protegidos por leis. (crédito: CORTESIA)

O Dia da Infância foi criado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) com o propósito de refletir sobre as condições de vida das crianças no mundo. No Brasil, a criança tem seus direitos protegidos por leis na Constituição Federal de 1988 e no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA):

Art. 227 da CF-88: “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão”.

Art. 4º do ECA: “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”.

Art. 5º do ECA: “Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais”. 

Projeto Renovar atende 150 crianças

Ações englobam arte, cultura, esporte, lazer, recreação, meio ambiente e estudos. - CORTESIA
Ações englobam arte, cultura, esporte, lazer, recreação, meio ambiente e estudos. (crédito: CORTESIA)

O Lar Escola Monteiro Lobato de Sorocaba, existente há 75 anos, é uma organização social que atua na área da assistência social atendendo crianças e adolescentes de Sorocaba e Votorantim com a oferta de serviços, atividades e campanhas através do Projeto Renovar. A ação oferece serviços como alimentação, atendimento social e psicologia social além de promover atividades de arte, cultura, esporte, lazer, recreação, meio ambiente e responsabilidades com os estudos.

O diretor de projetos sociais da entidade, Vanderlei da Silva, relata que o projeto trabalha com o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, ensinando conceitos de cidadania. “Reforçamos a importância da família e dos estudos, além do combate ao trabalho infantil e à violência, para que as crianças estejam preparadas para todas as situações e tenham informações de como assegurar os seus direitos”, elenca.

Tal como o Dia da Infância, a entidade promove diversas ações e campanhas em prol dos atendidos. Uma delas é a Campanha Natal Solidário “Kit Incentivo aos Estudos”, que arrecada conjuntos de materiais escolares para todos inscritos. Para contribuir, os interessados podem entrar em contato pelos telefones (15) 3221-4970 e (15) 99188-1782, com Érika ou Ricardo, ou pelo e-mail: [email protected] Uma opção é realizar a doação no valor correspondente à compra do kit (R$ 80) para a conta da instituição: Banco do Brasil, agência 0191-0, conta-corrente 1226-2 -- CNPJ 71.492.318/001-85. (Eric Mantuan)

Galeria

Confira a galeria de fotos