Casa e Acabamento

Qual tecido é o mais adequado para sua cortina?

Qual o melhor tecido? Opções são voil, blackout, oxford, renda, linho e jacquard
Qual tecido é o mais adequado para sua cortina?
As cores usadas na cortina devem complementar a decoração, e não se impor a elas. Crédito da foto: Reprodução da Internet

Você sabia que existem diferentes tipos de tecido para cortina? E que cada um deles é ideal para um ambiente? Pois é, além de complementar a decoração, o tecido para cortina é responsável pela quantidade de luz que entra na casa – veja aqui.

Leia mais  A gambiarra em condicionadores de ar pode matar!

 

Tecidos para cortinas mais grossos, como o blecaute, bloqueiam praticamente toda a luz do ambiente, enquanto os mais finos deixam a casa iluminada o dia inteiro. É por isso que é importante considerar vários tipos de tecido, antes de escolher o que colocar em cada cômodo da casa.

Se você está em busca de saber qual tecido para cortina usar em casa, aqui você encontrará um guia completo, com dicas para acertar na escolha. Confira e depois se inspire com os modelos que separamos de exemplo para decoração.

Qual o melhor tecido? Vamos ver características do voil, do blackout, do oxford, da renda, do linho e do jacquard.

Voil: O voil é o mais leve e fino de todos. Geralmente, é usado em ambientes que podem receber bastante luz ao longo do dia, como a sala de estar e a cozinha. Além disso, caso a decoração do ambiente esteja muito “pesada”, com muitas cores e detalhes, o voil pode ser a mais indicada para equilibrar a decoração e garantir a harmonia do local. Por isso, se você quer uma cortina mais neutra e leve, aposte no voil. Ficará lindo!

Vale lembrar que o voil possui apenas as cores básicas. Caso você queira algo mais elaborado e estampado, precisará apostar em outros tecidos mais pesados, como o tecido para cortina blecaute.

Qual tecido é o mais adequado para sua cortina?
O voil é um tecido que permite a passagem da luz e traz leveza ao ambiente. Crédito da foto: Reprodução da Internet

Blecaute: O tecido blecaute é o oposto do voil. Enquanto o voil é transparente, o blecaute é usado justamente para bloquear totalmente a luz do sol. Para isso, ele é pesado e grosso. Contudo, o blecaute possui várias estampas e cores diferentes para criar uma decoração diferenciada. Se você é do tipo que não gosta de acordar com a luz do sol, é o tecido ideal. Ele é ideal para o quarto de bebê. Os bebês que dormem durante o dia poderão ficar mais confortáveis no quarto escuro e aconchegante.

Oxford: Assim como o blackout, o oxford é mais grosso e possui uma grande variedade de cores. Ele possui um ótimo caimento. No entanto, o oxford não bloqueia tanto a luz quanto o blackout. Ele é um meio termo.

Renda: Caso a ideia seja ter uma decoração mais delicada, você pode apostar no tecido renda. Use um tecido por baixo da renda, para que o desenho apareça e a luz não entre diretamente no ambiente.

Linho: O linho é o mais indicado para acompanhar outros tipos de tecido, para formar diferentes composições. Ele é super neutro,e perfeito para ambientes arejados. Sua única desvantagem é que ele desfia com facilidade. Não misture tecidos para cortinas muito diferentes e de cores contrastantes. O linho, inclusive, é ótimo para balancear os tons. Caso queira apostar em cores mais fortes na decoração, use ele.

Jacquard: O jacquard tem um aspecto mais encorpado, com estampas e detalhes ricos. Por isso, se a ideia é ter um ambiente bem decorado e elegante, vale a pena usá-lo. Além disso, é uma ótima opção para quem está em busca de uma janela que bloqueie a luz na medida certa, garantindo uma decoração de casa maravilhosa em todos os detalhes.

Comentários

CLASSICRUZEIRO