Casa e Acabamento

O que são e quais as vantagens das lâmpadas LED?

LED (Light Emitting Diode) é um componente eletrônico que gera luz com baixo consumo
Hoje já se encontram lâmpadas LED em vários formatos e potências, substituindo com vantagem as incandescentes e fluorescentes. Crédito da foto: Pxhere

Existem muitas situações em que há desperdício de energia, com a má utilização e aproveitamento da energia gerada. Este é um tema muito importante, pois a produção de energia pode causar danos ao meio ambiente; assim, a energia disponível deve ser bem usada.

Com esse intuito, o governo federal criou alguns programas de eficiência energética, tais como o Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica), Conpet (Programa Nacional de Racionalização de uso de derivados de Petróleo e Gás Natural), e o Programa Brasileiro de Etiquetagem. É nesse cenário que as lâmpadas LED ganharam destaque, por apresentarem vantagens quanto à economia de energia.

Leia mais  Cores e iluminação, um casamento perfeito!

 

LED (Light Emitting Diode) é um componente eletrônico que gera luz com baixo consumo. As lâmpadas LED necessitam de menor quantidade de potência para gerar o mesmo fluxo luminoso de uma lâmpada incandescente, e não usam reator.

Estes são alguns dos benefícios que as lâmpadas LED apresentam:

Qualidade de luz visivelmente confortável

Baixa geração de calor

Não emite raios ultravioleta e infravermelho

Possibilidade de troca de incandescente por LED, pois as bases são do mesmo tamanho

Economia de até 80% em relação às lâmpadas incandescentes

Maior durabilidade

Fácil descarte e reciclagem por não conter chumbo ou mercúrio

Como as lâmpadas LED funcionam:

O que são e quais as vantagens das lâmpadas LED?
Crédito da foto: Reprodução Internet

As lâmpadas LED não possuem filamento, o que faz com que elas durem mais, e não produzam tanto calor. Por dentro dessa lâmpada existe um diodo (o diodo semicondutor é um dispositivo eletrônico feito de silício ou germânio que tem como função transformar corrente alternada em corrente contínua), que produz luz quando é percorrido por energia elétrica.

Existem modelos tubulares, bolinha, bulbo, milho, vela e rosca. Estas variações existem para facilitar a troca de lâmpadas mais comuns pelas LED.

Uma lâmpada LED de 3 W, por exemplo, pode substituir uma lâmpada fluorescente de 6 W e uma incandescente de 20 W, por exemplo, por ser mais eficiente; sua durabilidade chega até 25 mil horas – as lâmpadas incandescentes têm vida útil estimada em 1.000 horas, e as fluorescentes podem durar de 10 a 15 mil horas.

Ao usar uma lâmpada LED os benefícios não se restringem apenas a quem consume, mas também ao meio ambiente. A constituição das lâmpadas LED é 95% feita de materiais reciclagens, o que torna o descarte desta lâmpada fácil.

Comentários
Assuntos