Casa e Acabamento

O que é e como se usa o piso vinílico?

Piso vinílico ou piso PVC é um piso leve, aplicado de preferência sobre contrapiso liso, normalmente com cola específica
O que é e como se usa o piso vinílico?
A aplicação do vinílico é simples e rápida se o piso estiver preparado. Crédito da foto: Divulgação

Piso vinílico ou piso PVC descrevem o mesmo material: piso composto de PVC (cloreto de vinila), minerais e aditivos, que pode vir em mantas, em placas ou réguas. É um piso leve, aplicado de preferência sobre contrapiso liso, normalmente com cola específica. O piso vinílico chama a atenção por agregar benefícios que vão da instalação prática e rápida ao conforto de não se preocupar com o ’toc-toc’ dos passos, tornando-se uma das principais alternativas ao tradicional piso frio das construções e reformas brasileiras.

Leia mais  Pouco explorado, bambu tem amplas possibilidades na arquitetura

 

Embora não seja um tipo de piso novo, é preciso conhecer as especificidades do produto para garantir que, da compra ao uso no dia-a-dia, tudo corra bem.

Em geral, o mercado de vinílicos oferece opções modulares – réguas e placas – ou monolíticas, em mantas, com diferentes dimensões, estampas e cores. A maior parte dos modelos de placas e réguas é aplicada com adesivo e possui juntas secas, mas há a opção de vinílicos com sistema de encaixe, conhecidos como ’clique’, que dispensam o uso de adesivo.

O que é e como se usa o piso vinílico?
Vários tipos e cores de piso vinílico da Tarkett aplicados no mesmo local. Crédito da foto: Tarkett do Brasil / Divulgação

Os pisos são normalmente comercializados por metro quadrado, em revendas especializadas, que podem ou não oferecer também o serviço de instalação – os fabricantes não costumam oferecer esse serviço. Ao comprar, verifique se as características do piso, como a espessura e a classificação de uso, são compatíveis com a rotina do espaço desejado. Outra dica importante é escolher a cor com base na amostra física do produto, pois imagens digitalizadas ou impressas podem trazer grandes variações de tons.

Onde pode ser instalado?

O vinílico pode ser instalado em bases que devem estar limpas, niveladas, secas, curadas e impermeabilizadas, se necessário. Um das facilidades desse piso é a possibilidade de aplicá-lo por cima de determinados revestimentos, desde que estejam preparados para tal.

Ele pode ser aplicado sobre cimento, lajes de concreto, cerâmica e porcelanato, além de mármores e granitos polidos. Evite instalações sobre ardósia comum, cimento queimado, madeira, tacos, laminados, parquets, cerâmicas desniveladas, com placas soltas e/ou juntas maiores que 5 mm. Neste caso, é preciso remover e refazer o contrapiso antes de aplicar o vinílico. Nunca instale em áreas externas ou abertas.

Fique atento: ao contrário do que ocorre na instalação de pisos laminados ’clicados’, os vinílicos com sistema de encaixe não precisam de um espaço entre o piso e a parede para dilatação.

A espessura do piso pode variar entre 2 milímetros e 5 mm, o que influencia muito no preço e na resistência do material. Em geral os de 2 mm e 3 mm são indicados para uso residencial, e o de 5 mm para áreas comerciais e de maior circulação. Dependendo da espessura e composição ele pode ficar levemente marcado por saltos e objetos pontiagudos, por isso é essencial verificar a especificação do fabricante antes de comprar. Para evitar danos à superfície, evite arrastar móveis pesados e acrescente feltro aos pés de mesas e cadeiras.

O que é e como se usa o piso vinílico?
Piso vinílico com encaixe ‘clique’, da Durafloor. Crédito da foto: Divulgação

Uma dúvida frequente diz respeito à possibilidade de lavagem, por esta estar associada ao hábito de limpar os cômodos com água corrente. Com exceção dos modelos com sistema ’clique’, os vinílicos colados podem ser lavados, mas não podem ficar com água empoçada, o que causaria o descolamento das peças ao longo do tempo. Após a instalação de pisos colados, é preciso aguardar ao menos sete dias antes de lavá-lo, pois este é o tempo de cura do adesivo.

E, para saber mais sobre o assunto, vá para http://bit.ly/DuvidasPisoVinilico (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO