fbpx
Casa e Acabamento

Na onda do ‘faça você mesmo’, móveis caseiros ganham espaço

Fabricar os próprios móveis pode ser um exercício antiestressante de criatividade e motivação pessoal
Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
As grandes redes de material de construção dispõem de serviços que cortam as madeiras no tamanho pedido pelo cliente. Crédito da foto: Divulgação

Fabricar você mesmo um móvel de madeira pode, mais que gerar economia, ser também um exercício antiestressante de criatividade e motivação pessoal — inclusive, para outras pessoas da família. Além de ter um móvel novo em casa, feito do seu jeito — com o orgulho de ser o criador da peça — é uma oportunidade para ensinar os filhos a manejar algumas ferramentas, com o devido cuidado é claro.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
A cama de paletes é um móvel fácil de fazer e que foge do tradicional. Crédito da foto: Divulgação

Os setores de madeira em lojas de materiais de construção e decoração são comuns atualmente. Nesses espaços são vendidas tábuas, sarrafos, paletes, chapas, pregos, parafusos, cola e tudo o mais que é necessário à marcenaria básica, para montar nichos, estantes, mesas, prateleiras, armários, criados-mudos, baús e até camas. É o conceito do faça você mesmo, ou “do it yourself” (DIY) em inglês, que nos últimos anos vem ganhando mais adeptos no Brasil e em outros países.

A ideia é começar com algo básico, como uma banqueta por exemplo, e depois partir para móveis maiores ou que exigem maior habilidade. Há muitos projetos na internet, em sites como Pinterest ou mesmo de redes de lojas, que podem ser adaptados conforme o espaço disponível em casa ou mesmo o gosto pessoal de quem está fazendo.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
As mesas de centro ou de canto são pequenas e podem ter “a cara” do dono. Crédito da foto: Divulgação

As madeiras são vendidas sob medida. A rede de lojas Leroy Merlin tem um serviço exclusivo de marcenaria com atendimento e assessoria personalizados para os diferentes usos da madeira. Nele é possível receber instruções de cortes e acabamentos, por exemplo.

A Leroy Merlin, em seu blog, colocou exemplos de uma série de móveis de madeira relativamente simples que podem ser feitos em casa, sem ajuda de profissionais.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
Nas estantes e prateleiras de parede, vale usar a imaginação em busca de formas inusitadas. Crédito da foto: Divulgação

A cama de paletes é um móvel que foge do tradicional. Alguns paletes são juntados conforme o tamanho do colchão, de solteiro ou casal. Ela pode ficar no nível do piso ou então mais alta, colocando-se os pés. Como há frestas nos paletes — como em um estrado de cama comum — pode-se fechar a parte superior, que não fica sob o colchão, com chapas de madeira.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
As prateleiras podem ser fixadas nas paredes com parafusos e buchas, “mãos francesas” ou cremalheiras; as mesas de centro podem ser combinadas com outros materiais, como vidro e metal. Crédito da foto: Divulgação

Nas estantes e prateleiras de parede, vale usar a imaginação para buscar formas inusitadas. Uma sugestão é apostar na assimetria a fim de não repetir padrões. As prateleiras podem ser fixadas nas paredes com parafusos e buchas, “mãos francesas” ou cremalheiras, que permitem que sejam colocadas em alturas diversas. Elas podem ser instaladas em vários cômodos da casa, como quartos, escritórios, área de serviço e até na sala de estar.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
As prateleiras podem ser fixadas nas paredes com parafusos e buchas, “mãos francesas” ou cremalheiras; as mesas de centro podem ser combinadas com outros materiais, como vidro e metal. Crédito da foto: Divulgação

As mesas de centro ou de canto de salas de estar geralmente são peças pequenas e que podem ser combinadas com outros materiais, como vidro e metal. A madeira rústica, de demolição, também vai bem dependendo do estilo de decoração do ambiente. Caixotes de madeira e paletes também podem ser usados para essa finalidade, criando um visual mais despojado.

Curtindo a onda do ‘faça você mesmo’
As prateleiras podem ser fixadas nas paredes com parafusos e buchas, “mãos francesas” ou cremalheiras; as mesas de centro podem ser combinadas com outros materiais, como vidro e metal. Crédito da foto: Divulgação

O móvel, talvez, mais simples de ser montado artesanalmente é a banqueta. Com algumas variações, vira uma pequena mesa, aparador ou criado-mudo. As partes são o tampo, pés e reforço. Eles podem ser pintados, mas a maioria dos adeptos do “faça você mesmo” prefere deixar a cor da madeira aparente ou então envernizar.

Suportes para vasos, floreiras e pequenas adegas ajudam a compor a decoração de varandas e áreas gourmet, assim como “pegboards” para ferramentas e utensílios de cozinha. Os pegboards são painéis com ganchos ou suportes para objetos diversos.

Entre outras sugestões de móveis de madeira feitos artesanalmente, sugeridas pela Leroy Merlin, estão fruteiras, luminárias, extensores de mesa, sapateiras, bancos, rack e organizador de objetos.

 

Comentários