fbpx
Casa e Acabamento

Na cozinha planejada: fogão ou cooktop?

Na cozinha planejada: fogão ou cooktop?
O fogão embutido, com forno, fica integrado ao balcão. Crédito da foto: Gui Morelli / Divulgação

Uma das decisões a ser tomada na cozinha planejada é se vai ser equipada com fogão ou cooktop. A escolha passa pelo tamanho e estilo do ambiente, o quanto as pessoas cozinham, além da fonte de alimentação: gás ou energia elétrica.

Antes de escolher entre o fogão tradicional e o cooktop, é preciso considerar a metragem e o estilo da cozinha, além do uso do eletrodoméstico, diz a arquiteta Carina Korman, do escritório Korman Arquitetos. Ela indica vantagens e desvantagens de cada um e dá dicas para a instalação.

A principal vantagem do fogão, que pode ser de piso ou embutido, é que já inclui o forno. “Há pessoas que preferem ter o fogão tradicional a cooktop e forno, justamente por estar tudo no mesmo eletrodoméstico. Em cozinhas muito pequenas o fogão se adapta melhor pois, por ser uma peça única, requer menos espaço”, conforme Carina. O modelo de embutir, que fica integrado à marcenaria, confere um bom acabamento e cabe mesmo em projetos mais sofisticados. Porém, uma restrição do fogão é que ele funciona apenas a gás.

Leia mais  Móveis e objetos preservam memórias em apartamento

O cooktop, por sua vez, é versátil e pode ser uma opção para cozinhas grandes ou pequenas. Tudo depende se será acompanhado por um forno. “Em cozinhas maiores, o cooktop e o forno funcionam bem. Podemos instalar o primeiro na bancada e o segundo em uma torre numa altura que facilite o uso”, sugere a arquiteta. Por outro lado, usar só o cooktop é uma alternativa para quem cozinha pouco ou mora sozinho. O visual é mais moderno e há modelos a gás, elétricos e por indução (ondas eletromagnéticas que geram calor).

Na cozinha planejada: fogão ou cooktop?
O cooktop pode ser elétrico, a gás e por sistema de indução eletromagnética. Crédito da foto: Gui Morelli / Divulgação

Parecido com o fogão, a versão a gás do cooktop tem as bocas tradicionais e aceita qualquer tipo de panela. O cooktop elétrico, por sua vez, aquece rápido e permite controlar melhor a temperatura das panelas. Para esse modelo, é mais recomendado usar panelas com fundo de vidro ou cerâmica. O terceiro tipo também é elétrico, mas funciona por indução eletromagnética. Ele não tem bocas e a panela só aquece se estiver posicionada na zona de cocção. As panelas precisam ser de material magnético, com fundo de liga de ferro.

Leia mais  Quais são os tipos de janela para banheiro?

Em uma cozinha em que fogão ou cooktop e forno vão ficar embutidos, o projeto de marcenaria exige atenção. “Todo eletrodoméstico embutido precisa de espaço de respiro. É preciso verificar sempre o manual do fabricante, pois cada um tem uma especificação”, orienta a arquiteta.

A marcenaria pode ser de MDF ou compensado, enquanto a bancada pode ser composta de pedras naturais como mármore e granito, ou ainda Corian (material sintético) e aço inox, por exemplo, sugere Carina.

Comentários