Buscar no Cruzeiro

Buscar

Cortinas de trilho ou varão, qual a melhor escolha?

16 de Agosto de 2020 às 00:01

Cortinas de trilho ou varão, qual a melhor escolha? Suporte de varão é mais simples e fácil de instalar. Crédito da foto: Divulgação

Ao instalar uma cortina, vem a pergunta: qual será o tipo de suporte? Os tipos mais comuns são o de varão e o de trilho. Os dois têm suas características, vantagens ou desvantagens dependendo de quem dá sua opinião.

Com o suporte de varão, o procedimento é mais simples e há diversas opções de instalação. É mais fácil de colocar e tirar a cortina, além de fazer a limpeza. Essa fácil remoção contribui para uma mudança mais repentina de decoração, caso você queira trocar de cortina. Porém, em comparação ao trilho o varão pode deslizar com mais dificuldade.

Geralmente, os varões são de madeira ou plástico. Para combinar ou dar contraste com a cortina, há várias cores disponíveis. O modelo faz uso de argolas, ilhoses ou alças.

Os trilhos podem ser únicos, duplos ou triplos, na maioria das vezes metálicos. Quanto mais trilhos a movimentação é mais suave e também há opção de cortinas mais forro (duplas) ou triplas. Contudo, a remoção é complicada, pois exige ferramentas, o que dificulta a lavagem e manutenção.

Cortinas de trilho ou varão, qual a melhor escolha? Cortina ocupa toda a altura com o trilho suíço. Crédito da foto: Divulgação

Atualmente, por causa da busca da praticidade no lar, as cortinas de varão são as preferidas do mercado. A instalação é mais simples, mas por outro lado não é considerado um tipo de suporte sofisticado em decorações mais ousadas ou estilosas.

O modelo mais convencional de trilho não deve ficar aparente, pois não é muito apresentável. Eles são encobertos por molduras, também conhecidas como cortineiras, que podem ser de gesso (integradas à parede) ou de madeira ou outro material leve, muitas vezes forradas de tecido e da cor da cortina.

Uma alternativa atual e bastante indicada por decoradores é o trilho suíço. Os suportes são fixados no teto e não nas paredes. Com isso, as cortinas preenchem toda a altura. A decoração pode ser completada por uma moldura ou sanca de gesso. (Da Redação)